GOVERNO DO ESTADO

sexta-feira, 14 de maio de 2021

Paulo Câmara avalia números da pandemia com prefeitos do Agreste

 


O governador Paulo Câmara coordenou, na tarde desta sexta-feira (14.05), reunião por videoconferência com o presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), José Patriota, e prefeitos do Agreste para compartilhar os últimos dados da pandemia na região. Nas últimas duas semanas, o número de solicitações de UTI subiram 44% nos municípios da 2ª Macrorregião de Saúde, que engloba a maior parte do Agreste.

“A aceleração da doença na 2ª Macrorregião tem nos preocupado. Casos e solicitações de leitos de UTI têm aumentado em um movimento diferente do restante do Estado. Conversamos com os prefeitos para deixá-los a par da situação e informar que o Gabinete de Enfrentamento está avaliando as medidas a serem tomadas, inclusive com a possibilidade de novas restrições”, detalhou Paulo Câmara na reunião, da qual participaram cerca de 90 gestores, entre prefeitos e secretários municipais de saúde.

O secretário de Saúde do Estado, André Longo, explicou que os índices de casos e solicitações de UTI são os primeiros a demonstrar oscilação quando há aceleração da doença. E que uma sequência de semanas de aumento só pode ser interrompida com um conjunto de ações. “Casos e demandas de UTI aparecem antes do aumento de óbitos. Estamos totalmente focados no detalhamento dos dados da 2ª Macro, para definir como vamos interromper essa nova aceleração”, pontuou.

André Longo frisou ainda que ações com efeitos a curto prazo são necessárias neste momento. “Um incremento da vacinação é o que todos queremos para o Estado inteiro, mas isso só traria efeitos mais de um mês adiante, porque os efeitos da imunização só são sentidos 15 dias depois de as pessoas tomarem a segunda dose da vacina. Estamos considerando ações mais imediatas”, concluiu o secretário.

Mais 42,4 mil vacinas da Coronavac chegam a Pernambuco

 



Uma nova remessa da Coronavac/Butantan, com quatro volumes, totalizando 42,4 mil vacinas contra o novo coronavírus, chegou às 7h41 desta sexta-feira (14.05) a Pernambuco, em um vôo da Azul Linhas Aéreas. O novo quantitativo ficará armazenado no Programa Estadual de Imunização (PNI-PE) e será destinado aos municípios que oficializarem a necessidade de segundas doses.

“Vamos reservar essa nova remessa para assegurar que os pernambucanos recebam a segunda dose. Apesar de estarmos progredindo na vacinação no Estado, ainda há instabilidade por parte do governo federal na distribuição dos imunizantes. Por isso, temos buscado eficientizar ao máximo as doses que recebemos”, afirmou o governador Paulo Câmara.

De acordo com a superintendente de Imunização da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), Ana Catarina de Melo, o quantitativo de vacinas recebido na noite desta quinta-feira (13.05) já está sendo distribuído às Gerências Regionais de Saúde, fechando as pautas oficiais das segundas doses. E com a remessa de hoje, o Estado garante uma reserva técnica.

“Contudo, caso alguma cidade tenha utilizado mais vacinas como primeira dose, é preciso oficializar a informação, que será analisada pelo PNI-PE e pelo Conselho de Secretarias Municipais de Saúde. Com essas informações, faremos a divisão entre os municípios, de forma a não prejudicar a população, que precisa finalizar o esquema vacinal para ficar protegida contra a Covid-19”, explicou a superintendente.

Já somadas as doses que chegaram na manhã desta sexta, Pernambuco totaliza 3.451.830 vacinas contra a Covid-19 recebidas, sendo 1.959.160 da Coronavac/Butantan, 1.428.320 da Astrazeneca/Fiocruz e 64.350 da Pfizer/BioNTech.

Paulo Câmara convoca 1.085 novos profissionais para fortalecer a segurança pública


O governador Paulo Câmara homologou, nesta sexta-feira (14.05), a convocação dos 1.085 aprovados que irão reforçar os quadros da Polícia Civil, Polícia Militar (PMPE), Polícia Científica e do Corpo de Bombeiros de Pernambuco (CBMPE). Ao todo, são 750 profissionais para os cargos de soldados da Polícia Militar; 100 para os cargos de soldados do CBMPE; 80 oficiais, sendo 60 da PMPE e 20 do Corpo de Bombeiros; além de 60 concursados para os cargos de delegado da Polícia Civil e 95 para compor a Polícia Científica.

“Nossa intenção é iniciar os cursos de formação nos próximos 30 dias. A maioria dos profissionais deve estar reforçando o Pacto pela Vida ainda em 2021. Ano que vem, serão convocados mais 840 profissionais”, frisou Paulo Câmara. As organizadoras dos concursos estão autorizadas a publicar em seus sites os editais com os cronogramas de matrícula.

“Esse número se soma aos mais de seis mil policiais nomeados desde o início da gestão do governador Paulo Câmara. Neste ano de 2021, são 1.085 servidores da área de segurança que serão convocados para realização de matrícula, apresentação de documentos e início do processo de capacitação nas nossas academias”, detalhou o secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua.

Para possibilitar os cursos, as academias estão sendo preparadas dentro dos protocolos sanitários de distanciamento social estabelecidos pelo Governo de Pernambuco. Para proteger a saúde dos alunos, professores e funcionários das academias, as turmas serão menores e haverá higienização constante dos ambientes.

Ministério de Rogério Marinho é o campeão de emendas do "tratoraço"




A compra de tratores e máquinas agrícolas no governo de Jair Bolsonaro gerou polêmica e ficou conhecida como "tratoraço". O caso está sob investigação do TCU (Tribunal de Contas da União).

O campeão em dotação e execução orçamentária entre as emendas destinadas a estados e prefeituras é o Ministério do Desenvolvimento Regional, comandado pelo ex-deputado federal Rogério Marinho. A informação é do repórter Eduardo Militão em reportagem publicada hoje.

Ele supera as pastas da Saúde e Educação, até em tempos de pandemia, de acordo com levantamento do UOL em dados do Sistema Integrado de Planejamento e Orçamento (Siop), do Ministério da Economia.

Segundo o jornal O Estado de S.Paulo, o governo montou um esquema de distribuição de verbas no Congresso para aliados que votam com o Planalto. O ministério rebateu, dizendo que "repudia as acusações" de um orçamento secreto.

Ao UOL, a assessoria do ministério negou favorecimentos e afirmou que o volume se justifica porque o órgão tem atuação nacional em programas de habitação e saneamento.

Os relatórios mostram que, no orçamento de 2020 e de 2021, a pasta comandada por Rogério Marinho obteve R$ 10,7 bilhões em emendas de relator destinados a prefeituras e governos estaduais. Em 2020, os aportes previstos foram de R$ 4,7 bilhões. Em 2021, mais R$ 6 bilhões.

Os valores chegam a esse montante inclusive porque foram "turbinados" com uma elevação feita pelo Executivo e pelo Congresso, depois que a lei orçamentária do ano passado saiu do Legislativo. São os chamados créditos adicionais.

A dotação é uma autorização para gasto. Mas ele só acontece depois que o dinheiro é reservado ou empenhado. Nesse quesito, o ministério de Marinho fica à frente, empenhando R$ 4,6 bilhões em 2020. O da Saúde vem em seguida, com R$ 1,7 bilhão, enquanto o da Educação teve R$ 1,3 bilhão.

UOL

Boletim Covid-19 | Prefeitura de Garanhuns

BOLETIM_13.05.2021.jpeg


 A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, informa que foi confirmado um óbito por Covid-19, nesta quinta-feira (13), em Garanhuns. O caso é de uma pessoa de 63 anos, que veio a óbito no dia 20/04 em unidade da rede pública.

 

Também foram notificados 38 casos positivos da Covid-19. Mais 85 casos que se encontravam em investigação pela Vigilância Epidemiológica, junto às unidades notificantes, foram inseridos no sistema de informação. Mais 62 pessoas estão recuperadas, após cumprir o período de isolamento, e não apresentar mais sintomas da doença.

 

Outros 24 óbitos estão em investigação. Ao final do processo, os casos podem ser acrescentados ao boletim, se forem de pacientes que residiam em Garanhuns e confirmados para Covid-19; ou encaminhados para registro pelos seus municípios de origem, e/ou descartados.

 

Até hoje, 24855 pessoas foram vacinadas com a primeira dose e 12032 pessoas foram vacinadas com a segunda dose contra a Covid-19. Além dos grupos que aguardam a segunda dose, a vacinação segue para população com 60 anos ou mais, povos tradicionais quilombolas, trabalhadores da saúde e profissionais das forças de segurança e salvamento, pessoas com comorbidades, e com deficiência permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC).

 

Ao todo, já foram confirmados 9947 casos da Covid-19 em Garanhuns. Deste total, 171 pessoas vieram a óbito, 8673 estão recuperadas após cumprir o período de isolamento domiciliar e não apresentar mais sintomas; e 434 pessoas que foram confirmadas com a Covid-19 estão em monitoramento. Já foram realizados 13847 testes pela rede municipal.

 

Atualmente, o município dispõe de 40 leitos clínicos, sendo 22 destes na Unidade de Tratamento Covid-19 e outros 18 na Unidade Covid-19 Palmira Sales. A taxa de ocupação dos leitos clínicos de enfermaria municipais encontra-se em 70%. O percentual não inclui o número de pacientes graves, internados em leitos de UTI. A taxa de ocupação dos leitos de UTI da Unidade de Tratamento Covid-19 encontra-se em 100%.

 

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.