DESTAQUES DO BLOG

sexta-feira, 25 de outubro de 2019

Aniversário de Lula em Caetés deve repercutir em todo o Brasil



Folha de Pernambuco 

No próximo domingo (27), aniversário do ex-presidente Lula, várias atividades foram agendadas no estado e no país para celebrar a data. As comemorações ocorrerão em Olinda, Recife e na cidade natal de Lula, Caetés. 

Uma barqueata, organizada no Recife passando pelas pontes da cidade, finalizará com bolo de aniversário, bandeiraços e pedal Lula Livre. Em Olinda, dentro das prévias carnavalescas da cidade, está previsto o blocão Parabéns Presidente, com concentração a partir das 14h, no bar do Barrio, no Varadouro. 

Em Caetés, será o dia da celebração: A estrela nasceu aqui e contará com ato ecumênico, cultural, político, além de bolo e parabéns na Casa de Lula. As iniciativas estão sendo organizadas pelos comitês Lula Livre.

Uma equipe em Garanhuns e Caetés está organizando a festa que deverá reunir muita gente e repercutir nacionalmente.

COM IMAGENS / Crianças e gestantes do Agreste são atendidas pela Caravana do Coração

ONG Círculo do Coração e SES-PE, através da V GERES, fazem atendimento nesta sexta e sábado, em Garanhuns






 

Crianças e gestantes dos 21 municípios da V Regional de Saúde estão sendo atendidas em uma grande ação nesta sexta-feira e sábado (25 e 26/10), em Garanhuns, no prédio da UniNassau. As atividades de formação acontecem no Salão dos Mórmons. A ONG Círculo do Coração, que desenvolve um trabalho social voltado para o diagnóstico, tratamento e acompanhamento de crianças cardiopatas e suas famílias, e a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), através da V GERES, e com o apoio de diversas instituições parceiras, estão oferecendo atendimento gratuito para diagnóstico de cardiopatias, além de outros serviços de saúde. 

Esta é a sétima edição da Caravana do Coração, sendo a primeira a ser realizada no Estado de Pernambuco, com equipe de 60 médicos e profissionais de saúde voluntários para atender crianças de 0 a 12 anos com sopro (ou pressão alta, dor no peito, que fica roxa, cansada, com dor de garganta frequente ou ainda com história de doença cardíaca na família) e gestantes entre 5º e 7º mês de gravidez com história de aborto ou que filho anterior morreu após nascimento ou ainda com doença cardíaca (ou mais de 40 anos, com pressão alta antes da gestação), além de crianças e jovens de até 19 anos que concluíram tratamento contra o câncer. As crianças que tiverem cardiopatias detectadas serão encaminhadas para acompanhamento e tratamento pela ONG Círculo do Coração, sediada no Recife. Nesta edição da Caravana do Coração, foram implantados, de forma inédita, a fisioterapia cardio pulmonar e o tratamento especializado para crianças em tratamento concluído contra o câncer, já que frequentemente têm a função cardíaca afetada pelos medicamentos.

Segundo Catarina Tenório, gestora regional de saúde, a iniciativa é única e muito importante. "Agradecemos a resposta rápida e eficiente das secretarias municipais de saúde dos nossos municípios da regional, que disponibilizaram suas equipes para as formações e contactaram com agilidade as crianças e gestantes que passarão nestes dois dias pela caravana. Só temos a agradecer à SES-PE, na pessoa de Luciana Figueiroa, que representa a secretaria nesta grande ação, às nossas coordenações da Geres, residentes e equipe do Hospital Regional Dom Moura. E finalizamos agradecendo à ONG Círculo do Coração por iniciar por nossa regional, além de nos colocarmos à disposição para novas parcerias" - registra a gestora. Complementando os serviços oferecidos, a V GERES ainda contou com orientações e distribuição de kits odontológicos, sessões de auriculoterapia, orientações sobre alimentação saudável, saúde e direitos da criança e da mulher, entre outros.

Além do atendimento em cardio pediatria, a Caravana do Coração conta também com profissionais das áreas de nutrição, psicologia, odontologia, fisioterapia, enfermagem e arte-educação. A fundadora e diretora da ONG, Sandra Mattos, traz mais informações: "Outras ações variadas de saúde, incluindo atividades em saúde bucal, testagem rápida de doenças sexualmente transmissíveis e vacinação contra diversas doenças e capacitação de profissionais de saúde devem movimentar esses dois dias de atendimento à população". Na ocasião, estudantes universitários da área de saúde e profissionais de saúde dos municípios também estão capacitados com a ideia de alertar para as doenças cardíacas na infância, a importância da triagem para essas doenças, formando parceiros neste trabalho pelo diagnóstico e tratamento precoce das cardiopatias, que acometem uma em cada cem crianças no mundo.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) está oferecendo diversos serviços de saúde como atualização do cartão de vacinação para diversas faixas etárias, testes de orelhinha e do pezinho, testagem rápida e aconselhamento sobre doenças sexualmente transmissíveis, além de orientações sobre saúde bucal. O ônibus Prevenção para Tod@s realizará testes rápidos de HIV, sífilis e hepatite B e C, além de aconselhamento, na sexta-feira (25), das 8h às 17h; e no sábado (26), das 8h às 14h. Serão cerca de 100 atendimento por dia.

A Coordenação Estadual de Saúde Bucal em paceria com o município de Garanhuns leva ao público orientações sobre higiene dental, além da aplicação de flúor e entrega de kits contendo escova, creme dental e cartilha informativa. Também haverá um escovódromo na ação de mobilização. Os pacientes que precisarem de tratamento odontológico serão encaminhados à atenção primária para que seja realizado nas unidades básicas de saúde dos municípios ou nos Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs).

Parceiros - A Caravana é realizada com o apoio de diversas instituições como Faculdade Uninassau, Real Hospital Português (RHP) por meio do Real Lab e do Centro de Ensino e Pesquisa, o Lika - Laboratório de Imunopatologia Keizo Asami, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Sesc Garanhuns, Mosteiro de São Bento, Seminário de São José, Gerência Regional de Educação de Garanhuns, além de diversas pessoas físicas e jurídicas.

FISCALIZAÇÃO / postos de combustíveis são interditados em Garanhuns

Participam desta operação 29 auditores fiscais, com apoio da Polícia Militar de Pernambuco e da II Diretoria Geral da Receita Estadual, por meio da Agência da Receita de Garanhuns.



Com o objetivo de intensificar os controles e coibir irregularidades na comercialização de combustíveis no Estado, a Secretaria da Fazenda está dando continuidade à operação realizada no último final de semana. Por meio da Diretoria de Operações Estratégicas - DOE, está acontecendo, desde a quarta-feira (23), uma operação de fiscalização junto a trinta postos revendedores de combustíveis situados no município de Garanhuns, região do Agreste do Estado.

A fiscalização verifica a regularidade fiscal de estoques, selos de controle e a emissão de nota fiscal eletrônica por parte dos estabelecimentos diligenciados. Os postos revendedores que eventualmente apresentem irregularidades serão autuados e, caso sejam encontrados combustíveis sem nota fiscal, o posto de combustível poderá ser interditado.

Somente nesta etapa da operação, realizada em Garanhuns, foram lavrados 26 procedimentos fiscais até o momento, sendo constatadas, dentre outras, irregularidades relativas à falta de registro das operações de saída de combustíveis, aquisições sem documentação fiscal do combustível e uso irregular de máquinas de cartão de crédito (POS). Este resultado totaliza o crédito tributário aproximado de R$300 mil. Dois postos revendedores foram interditados cautelarmente até a regularização das irregularidades constatadas.

Desde o início dos trabalhos no último sábado, já foram lavrados quarenta e cinco procedimentos fiscais, solicitados o bloqueio de dois postos revendedores de combustíveis, além da interdição cautelar de três postos revendedores.

Participam desta operação 29 auditores fiscais, com apoio da Polícia Militar de Pernambuco e da II Diretoria Geral da Receita Estadual, por meio da Agência da Receita de Garanhuns.

Deputado convoca ministro para explicar resolução da Aneel que passa a taxar energia solar




O deputado federal Danilo Cabral (PSB/PE), membro da Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia (Cindra), apresentou, nesta semana, uma convocação do diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), e do ministro de Minas e Energia, Bento Costa. A solicitação foi apresentada para que pudessem prestar esclarecimentos sobre a intenção de reduzir gradualmente os subsídios para consumidores que geram a própria energia elétrica.

A Aneel abriu, no último dia 15, uma consulta pública para rever as regras que tratam da chamada geração distribuída, que é a modalidade na qual os consumidores podem gerar a própria energia elétrica em suas residências, geralmente por meio de painéis solares ou outra solução com fontes renováveis. Para Danilo Cabral, a medida de instalação de uma taxa pode interferir no processo de desenvolvimento de energias limpas.

“O Brasil está caminhando para uma ampliação de fontes renováveis de energia, e a medida da Aneel pode significar a interrupção desse processo. De acordo com dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica, ela já representa 1,3% da energia no país. É muito grave e queremos esclarecimento das autoridades”, explica o parlamentar. 

Além disso, a resolução também estabelece taxas para a microgeração de sistema individuais. O parlamentar defende que esse é mais um desmonte nas políticas ambientais. A Absolar também apresenta dados que mostram que a energia solar tem seu custo cada vez mais reduzido e é líder em geração de empregos locais de qualidade, adicionando de 25 a 30 empregos por MW/ano.

“Pernambuco é o 10º estado que mais produz energia solar, representando quase 3% do total. Diante de tantas tragédias, como o vazamento do óleo nas praias nordestinas, é preocupante ver o governo enfraquecendo, ainda mais, as políticas públicas de preservação do meio ambiente”, afirma Danilo Cabral.

Microgeração 

Uma resolução de 2012 da Aneel autoriza o consumidor a realizar microgeração de energia, tanto para consumir, quanto para injetar de volta na rede de distribuição. Em geral, esse excedente fica como crédito e pode ser usado para o abatimento de uma ou mais contas de luz do mesmo titular. Quem já utiliza o sistema, continuará isento do subsídio até 2030, mas os consumidores que passarem a utilizar após a validação da norma já vão pagar o custo estabelecido. A consulta pública será realizada pela agência até o dia 30 de novembro.

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.