quinta-feira, 17 de outubro de 2019

SAÚDE / Alimentos que ajudam a prevenir o Câncer

Semana da Prevenção segue com atividades na UPAE Garanhuns




Aconteceu nesta quarta-feira (16/10) o Dia Mundial da Alimentação Saudável, e para marcar a data dentro da Semana da Prevenção do Câncer de Mama na UPAE Garanhuns, foi oferecido um café da manhã especial para funcionárias da Unidade de Saúde. A Formular Farmácia de Manipulação ofereceu serviços de limpeza de pele e uma breve apresentação sobre a importância da alimentação saudável para prevenção de doenças, em especial os cânceres de mama e do colo do útero.

A atividade fez parte da programação do Outubro Rosa da UPAE Garanhuns. A nutricionista Laila Brasil, com apoio da coordenadora de enfermagem, Tayana Guerra, e do coordenador geral, Gustavo Amorim, programou as palestras e demais atividades da Semana de Prevenção. Na conversa com as funcionárias, o biomédico Klauber Pedrosa destacou alimentos saudáveis, a exemplo de frutas e verduras, e substâncias como Vitamina C, Extrato de Própolis, Colágeno e Resveratrol, um antioxidante extraído da uva que ajuda a tratar o envelhecimento cutâneo. "Uma alimentação saudável é importante para prevenir doenças, e neste caso que estamos apresentando, formas de cânceres, inclusive de pele, que é o mais comum no mundo. Contudo, é necessário que as pessoas tenham rotinas também saudáveis, com atividades físicas, evitando consumo excessivo de álcool, exposição à radiação solar, entre outras observações que fazemos em nossas apresentações" - Afirmou Pedrosa, que esteve acompanhado de Polliana Souza, que fez limpezas de pele e apresentou produtos que proporcionam peles mais saudáveis.

A Semana de Prevenção da UPAE Garanhuns segue nesta quinta-feira com palestras para pacientes e acompanhantes e na sexta-feira encerra com exames citológicos para as funcionárias da unidade.

Sábado é Dia D de vacinação contra o sarampo para crianças de 6 meses a 4 anos

Ação é voltada exclusivamente para meninos e meninas que ainda não iniciaram ou não finalizaram o esquema de imunização 


A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) está mobilizando os municípios pernambucanos para o Dia D de vacinação contra o sarampo, que será realizado neste sábado (19.10). A ação é voltada exclusivamente para meninos e meninas de 6 meses a 4 anos que ainda não iniciaram ou não finalizaram o esquema de imunização. A SES-PE reforça com os pais ou responsáveis a importância de aderir à iniciativa e de comparecer à unidade de saúde ou ao posto volante munido da caderneta de vacinação da criança. É importante também verificar com a secretaria municipal de Saúde os locais que serão disponibilizadas a vacina. 

"A vacina tríplice viral, que protege, além do sarampo, contra a rubéola e a caxumba, está disponível de rotina nos postos de saúde, que estão sendo abastecidos normalmente. O Dia D é mais um momento para que os pais ou responsáveis possam levar as crianças para tomar as doses que faltam ou para tirar dúvida se o esquema vacinal está completo ou não. Fazemos esse apelo para que todo o público entre 6 meses e 4 anos receba as doses necessárias o quanto antes, o que é indispensável para evitar novos casos e até mesmo mortes pelo sarampo", frisa André Longo. O gestor lembra que, em setembro, na região do Agreste, por causa da situação epidemiológica, já foram realizados dois "Dia D", o primeiro em Taquaritinga do Norte e o segundo nos demais 31 municípios que englobam a IV Gerência Regional de Saúde (Geres).

De janeiro a junho, Pernambuco vacinou 163.298 pessoas contra o sarampo, sendo 115.152 doses no público até os 4 anos. Já entre julho e o dia 05 de outubro, foram mais 387.123 doses aplicadas, com 116.436 crianças até 4 anos imunizadas com a tríplice viral. Esse montante representa um aumento de 137% no público vacinado quando comparados os seis primeiros meses do ano com pouco mais de três meses do segundo semestre. Ao todo, Pernambuco já protegeu 550.421 pessoas (231.588 entre 6 meses e 4 anos).

Quando analisada a população com 1 ano, Pernambuco já atingiu uma cobertura vacinal de 98%, percentual acima da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde (MS), de 95%. Na segunda dose, o percentual está em 74,5%. "Precisamos comemorar a meta da primeira dose para as crianças de 1 ano, mas continuar convocando aquelas que ainda não iniciaram o esquema para serem vacinadas, além da volta para a segunda dose, que, nessa faixa etária, deve ser após três meses da aplicação da primeira", pontua o secretário estadual de Saúde. A partir dos 2 anos, caso o menino ou menina ainda não tenha começado o esquema vacinal, as duas doses devem ser feitas com um intervalo de um mês entre elas.

"Também precisamos lembrar que, neste ano, ficou estabelecida uma 'dose zero' para as crianças de 6 meses a 11 meses. Quando elas completarem o primeiro ano, as duas doses do calendário básico devem ser feitas normalmente", relembra Longo.

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

CASOS: Até o dia 05.10, foram notificados em Pernambuco 867 casos suspeitos de sarampo. Desses, 56 foram confirmados, 292 descartados e os demais estão em investigação. A maior parte dos casos (92,9%) ocorreu na IV Geres, que compreende cidades do Agreste, e os demais (7,1%) na I Geres (Recife e Jaboatão dos Guararapes). Os municípios com confirmações são: Taquaritinga do Norte (19), Vertentes (9), Santa Cruz do Capibaribe (9), Toritama (7), Caruaru (6), Recife (3), Jaboatão dos Guararapes (1), Bezerros (1) e Frei Miguelinho (1).

A Secretaria Estadual de Saúde reforça que as ações de vigilância epidemiológica (investigação dos casos e vacinação de bloqueio), além da assistência ao paciente, são iniciadas logo após a notificação do caso, ou seja, independente do resultado laboratorial. A medida busca evitar o agravamento do caso e a propagação da doença. As medidas são realizadas pelos municípios com o apoio das Geres e do Estado.

Governo de Pernambuco e Sebrae lançam programa de Treinamento e Consultorias Gerenciais para Empresas Criativas

Evento será realizado nesta terça-feira (22), no Tetro Arraial Ariano Suassuna, das 9h às 16h. Interessados devem se inscrever até domingo (20) pela internet



O Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Cultura (Secult-PE)e Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), em parceria com o Sebrae, lança o programa de Treinamento e Consultorias Gerenciais para Empresas Criativas. A iniciativa irá oferecer um treinamento do Funcultura com base na capacitação para inscrições de projetos em editais e elaboração da prestação de contas. O evento ocorrerá na próxima terça-feira (22), no Tetro Arraial Ariano Suassuna, das 9h às 16h. Os interessados devem se inscrever até às 23h59 do próximo domingo (20), por meio de um formulário eletrônico.

"Serão selecionados 100 empreendedores atuantes nos segmentos da Economia Criativa, que receberão 10 horas de consultorias gerenciais gratuitas", explica Aline Oliveira, superintendente do Funcultura. Além disso, o Sebrae irá promover outras consultorias de 22 a 30 de outubro, nos seguintes pontos: Sede da Secult-PE/Fundarpe (Rua da Aurora, 463/469 - Boa Vista, Recife); Marco Pernambucano da Moda (Rua da Moeda, 46 - Recife Antigo, Recife); Mercado Eufrásio Barbosa (Largo do Varadouro, Olinda); e sede do Sebrae Pernambuco (Rua Tabaiares, 360 - Ilha do Retiro, Recife).

Poderão participar artesãos inscritos no Sistema de Informações Cadastrais do Artesanato Brasileiro (SICAB); Microempreendedores Individuais (MEI), Microempresas (ME) e Empresas de Pequeno Porte (EPP), das seguintes áreas: Design (Moda, Interiores e Paisagístico); Audiovisual (Cinema e Vídeo, TV, Rádio, Jornais e Publicidade); Artes Visuais (Pintura, Escultura, Desenho e Fotografia); Patrimônio Natural e Cultural (Artesanato, Circo, Teatro, Dança e Festas Populares); Mídias Interativas (Games e Podcast); e Música.

As empresas selecionadas serão informadas por e-mail e em lista a ser divulgada nos sites do Sebrae/PE e Cultura.PE até a próxima segunda-feira (21). 

Para mais informações, (81) 2101.8437/8432 e (81) 3184.3195.

Universidade de Pernambuco sedia I Congresso Nacional em Políticas, Práticas e Gestão da Educação




Nos dias 6, 7 e 8 de novembro a Universidade de Pernambuco, Campus Garanhuns, sediará o I Congresso Nacional em Políticas, Práticas e Gestão da Educação. Direcionado a todos os interessados por educação e boas práticas de administração no meio, o Congresso trará palestrantes com experiências nacionais e internacionais para os participantes.

“Trazemos para o Congresso a oportunidade de socializar e ampliar estudos e pesquisas sobre os problemas que norteiam a área das políticas, práticas e gestão da educação em espaços escolares e não escolares sob os vieses do ensino, da pesquisa e da extensão numa perspectiva interdisciplinar. O nosso intuito é de contribuir para a reflexão, produção e socialização de saberes e conhecimentos científicos de forma crítica, voltados para as demandas atuais da educação”, conta Débora Quetti, professora da Universidade de Pernambuco, e uma das organizadoras do Congresso. 

O evento terá espaços para socialização de pesquisas e relatos de experiências, bem como produções artísticas e culturais a partir de três linhas de pesquisas: Política, planejamento e gestão da educação; Prática pedagógica, currículo e formação de professores; e Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDIC) em Educação a Distância.

As inscrições podem ser feitas pelo site do evento até dia 31 de outubro. Os valores são e R$70 para estudantes, R$100 para profissionais da Educação Básica e R$130 para professores universitários. Grupos têm valor promocional de R$75. Para os que desejam submeter seus trabalhos, o prazo vai até 21 de outubro.

Serviço:
Período de realização: 6, 7 e 8 de novembro de 2019.
Prazo para submissão de trabalhos: 21/10/2019
Prazo para inscrições: 31/10/2019
Inscrições e detalhes sobre os palestrantes: https://www.even3.com.br/cnppge/

Campanha Estadual Contra as Verminoses atenderá mais de 2,5 mil escolas municipais

Responsáveis devem autorizar tratamento para crianças entre 5 e 14 anos



Cerca de 515,7 mil crianças matriculadas nas redes municipais públicas de ensino, entre 5 e 14 anos, poderão passar por tratamento contra as verminoses a partir desta quarta-feira (16.10), com o início da Campanha Estadual Contra as Verminoses 2019. A abertura ocorreu nesta quarta-feira (16.10) na escola Dom Azeredo Coutinho, em Olinda, no Grande Recife, quando estudantes, público-alvo da campanha, receberam orientações quanto à prevenção da doença e terão a presença de um mascote super-herói para o enfrentamento às verminoses em Pernambuco.


Com duração de um mês, 2.564 escolas de 163 municípios pernambucanos aderiram à campanha. No entanto, para que as crianças possam ser medicadas, os responsáveis devem autorizar a participação dos alunos mediante assinatura de um termo de consentimento. Os estudantes tomarão dose única do medicamento antiparasitário albendazol, fornecido pelo Ministério da Saúde (MS) e utilizado no tratamento de infecções causadas por vários parasitas intestinais e dos tecidos em crianças.

"Esta faixa etária é o público-alvo da campanha por apresentar grande susceptibilidade de contaminação e disseminação. Embora majoritariamente assintomática, o portador pode, em função da carga parasitária, apresentar quadros de desconforto abdominal, cólicas, perda de apetite, diarreia, anemia, deficiência de vitaminas e de outros nutrientes e dificuldade no aprendizado, aumentando a falta escolar e prejudicando o rendimento", afirma o secretário estadual de Saúde, André Longo.  

Como forma de engajar de modo participativo a comunidade escolar e motivar os municípios a aderirem à campanha, optou-se por trabalhar de forma lúdica o tema da educação em saúde, especialmente, para prevenção das geo-helmintíases também conhecidas como verminoses. "Construímos um personagem, mas que ainda não tem nome e será escolhido durante a campanha por todas as escolas participantes, mediante votação", pontua a superintendente do Programa de Enfrentamento às Doenças Negligenciadas (Sanar) da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), Marcella Abath.

Como material de apoio para que os professores possam trabalhar a temática com os alunos em sala de aula, a SES-PE disponibilizará um vídeo curta metragem a ser exibido, além de cartazes com a imagem do personagem e folders. Pernambuco tem mostrado uma progressiva diminuição no número de infectados por geo-helmintos. Resultados dos inquéritos de verminoses em escolares, realizados em 2016 e 2018 em 108 municípios, considerados prioritários para o Programa Sanar, aponta redução de 75,7% na positividade de geo-helmintíases nessa população vulnerável quando se comparam os dois anos. 

SAIBA MAIS


A doença: Verminoses é um grupo de doenças causadas por vermes parasitas que se instalam no organismo, geralmente, se alojam nos intestinos, mas podem abrigar-se também em órgãos, como o fígado, pulmões e cérebro. A infecção ocorre pela ingestão direta de ovos por meio do contato mão-boca ou pelo consumo de alimentos crus e água contaminados. Além da via oral, a infecção também pode ocorrer por penetração ativa das larvas na pele do hospedeiro em contato com solo contaminado.

Sintomas: A contaminação ocorre por meio do contato, principalmente, a ingestão de água e alimentos infectados e por meio de feridas na pele. Os principais sintomas das verminoses são dores abdominais, náuseas, vômitos, diarreia, falta de apetite, perda de peso e anemia.

Prevenção: A prevenção corresponde a melhor forma de proteger a saúde contra as verminoses. Algumas medidas simples são suficientes e alguns cuidados podem ser tomados como: lavar as mãos com água e sabão, cortar as unhas, andar sempre calçado, utilizar o banheiro de forma adequada, beber água filtrada ou fervida, lavar bem os alimentos antes de comê-los.

Diagnóstico e Tratamento: O diagnóstico é feito por meio de exames laboratoriais, como o de fezes. O tratamento deve ser feito com vermífugos específicos. Pequenos cuidados como lavar as mãos com frequência, lavar os alimentos e beber água filtrada colaboram bastante no combate das verminoses! Fique atento!

FEIRA DE IMÓVEIS DE GARANHUNS, de 17 a 19 de Outubro


Programação da IV Bienal do Livro de Garanhuns




A programação da IV Bienal do Livro do Município de Garanhuns foi divulgada, na manhã desta quarta-feira (16), em uma coletiva de imprensa realizada no auditório da Secretaria de Educação. 

Entre os principais nomes da feira, estarão o escritor Raimundo Carrero, o poeta Jessier Quirino, a jornalista esportiva Carol Barcelos e o educador Celso Antunes, além de outros nomes do cenário cultural. A Secretaria de Educação traz apresentações de peças teatrais com alunos da rede municipal, rodas de conversa com artistas garanhuenses, shows de bandas marciais e grupos musicais e outras atividades culturais.

De acordo com o presidente da Andelivros, Alventino Lima, o principal objetivo da IV Bienal é trazer o hábito da leitura para a população. “A magnitude da Bienal de Garanhuns é uma vitória para a Andelivros e para toda a região. Entre os eventos que realizamos no estado, o público garanhuense se destaca pois é o que mais compra livros. A nossa missão é fazer com que as pessoas criem o hábito da leitura e tenham contato com a literatura desde a infância”, ressaltou.


O escritor e professor da Rede Municipal de Ensino José Cláudio Gonçalves de Lima é um dos grandes homenageados da IV Bienal do Livro do Município de Garanhuns, junto ao jornalista Humberto de Moraes (in memorian). O escritor agradeceu a homenagem. “Gostaria de agradecer à Prefeitura e a Andelivros pela homenagem que estou recebendo. Quero dividi-la com todos os escritores de Garanhuns, que buscam trabalhar sempre em favor do descobrimento de novos talentos e preservação da cultura da cidade”, comentou.

Homenageados — José Cláudio Gonçalves de Lima nasceu em Garanhuns no dia 06 de agosto de 1971 e seu amor pela leitura iniciou ainda na infância, onde lhe foi despertado o dom literário. Sua carreira na literatura foi oficializada em 2009, com a publicação do seu primeiro livro, o romance histórico intitulado ‘Os Sitiados – A Hecatombe de Garanhuns’, uma das maiores tragédias políticas do interior de Pernambuco, ocorrida em Garanhuns em 15 de janeiro de 1917.

Em 2012, o professor publicou o livro ‘República’, uma ficção que narra de forma hilariante a vida na cidade interiorana de República, dominada pelo coronel Antônio Brandão. Em 2017, em virtude, do Centenário da Hecatombe de Garanhuns, lançou seu terceiro livro ‘A cobertura Jornalística da Hecatombe de Garanhuns’, resultado de 20 anos de exaustivas pesquisas. O escritor é um dos fundadores do Instituto Histórico, Geográfico e Cultural de Garanhuns e, atualmente, faz parte da Academia Garanhuense de Letras.

O jornalista Humberto Alves de Moraes, nasceu em 1º de abril de 1926, em Calçado (PE), quando esta ainda era distrito de Canhotinho, e em 1938, a mudou-se, junto com a família, para Garanhuns e já nos primeiros anos de estudo, demonstrava seu espírito empreendedor e seu talento para jornalista, e com o incentivo do diretor do Colégio Diocesano de Garanhuns, Monsenhor Adelmar da Mota Valença, reeditou o jornal “O Ginásio”, órgão fundado por Luiz Souto Dourado.

Humberto de Moraes já atuou na imprensa, tendo começado na Rádio Difusora de Garanhuns em 1952, onde criou o noticiário “Cidade em foco”, programa jornalístico de grande credibilidade. Na sua longa carreira, escreveu também para os jornais “O Menor”, “Jornal de Garanhuns” e no “O Monitor”, onde criou a coluna política “Calçando 40”. Sua atuação como jornalista foi além de suas responsabilidades profissionais, e, confirmando seu espírito empreendedor, junto com seu irmão Cláudio Moraes, fundou a Associação Garanhuense de Imprensa – ÁGI. Exerceu cargos na política, sendo vereador por dois mandatos em Garanhuns.

DESTAQUES DO BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.