GOVERNO DO ESTADO

sexta-feira, 13 de agosto de 2021

GARANHUNS | Prefeitura se reúne com feirantes do Mercado de Farinha e apresenta restruturação do local




A Prefeitura de Garanhuns, através das secretarias de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, Planejamento, Gestão e Desenvolvimento Econômico, apresentou na última terça-feira (10), no auditório da Escola Letácio Brito, o projeto de requalificação do Mercado de Farinha.
Participaram da reunião, o Diretor de Desenvolvimento Rural e Abastecimento; Ivan Montebello, o Coordenador do Mercado 18 de Agosto e Mercado de Farinha; Leleu Andrade, representando a secretária de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, Pâmela Rodrigues; Castor Rodolpho, o arquiteto responsável pela elaboração do projeto; Ayrton Bruno Teixeira e feirantes do local.

Na ocasião foram apresentadas as alterações necessárias para o melhor formato, no que se refere à administração e uso do prédio, o que foi aprovado por unanimidade pelos comerciantes. O novo espaço ofertará mais segurança a quem comercializa no local, retirando assim, a sensação de insegurança, causada pelo estado precário do espaço.

Ivan Montebello, Diretor de Desenvolvimento Rural e Abastecimento, fala sobre a aprovação do novo formato para o Mercado de Farinha. "As novas instalações trarão mais conforto, segurança e comodidade para clientes e feirantes. Um ponto muito importante, que devemos destacar, é que o projeto apresentado nesta terça-feira, garantirá a conservação da arquitetura histórica do prédio", enfatiza Montebello.

É compromisso da gestão do prefeito Sivaldo Albino, ofertar uma melhor qualidade de vida a feirantes, clientes e a população num geral. Obras como esta, são fundamentais para o avanço do município, é o que destaca o gestor municipal. “Através de projetos como este, estamos trazendo de volta a dignidade de quem passa o dia trabalhando no local, e até mesmo para quem passa apenas para realizar suas compras”, pontua Albino.

Secretaria Municipal de Educação divulga calendário de volta às aulas presenciais




A Prefeitura de Garanhuns, através da Secretaria de Educação, divulga calendário de volta às aulas presenciais da Rede Pública Municipal de Ensino.

Os Estudantes das creches e 1ª, 2ª, 3ª e 4ª Fase da EJA irão retornar no dia 30 de agosto. Alunos da Educação Infantil, retornaram dia 08 de setembro. Anos Iniciais, dia 13 de setembro. Anos Finais dia 27 de setembro.

A Secretária da pasta, Wilza Vitorino falou sobre a importância da volta as aulas presenciais, “devido a pandemia e a falta de estrutura de algumas escolas optamos por retomar às aulas presenciais neste momento. Ficamos muito felizes e cheios de esperança, pois foi o momento que mais esperamos”.

Na gestão de Sivaldo Albino, a educação é prioridade. O governo segue no rumo da melhor educação para Garanhuns.

Livro mostra que Bolsonaro pagou viagem de lua de mel com verba da Câmara



A colunista Juliana Dal Piva conseguiu, com exclusividade, o primeiro capítulo de um livro que mostra que o então deputado federal Jair Bolsonaro usou dinheiro da cota parlamentar para pagar a viagem de lua de mel com Michelle.

No dia seguinte à união em cartório civil, em 28 de novembro de 2007, eles viajaram para Foz do Iguaçu (PR) em um voo da Gol.

Pagos com verba pública, os bilhetes custaram R$ 1.729,24. Bolsonaro informou à Câmara sobre sua ausência por sete dias e justificou internamente, para evitar corte de salário, como "núpcias".

Essa e outras revelações estão no livro "Nas Asas da Mamata: A História Secreta da Farra das Passagens Aéreas no Congresso Nacional". Os autores são os jornalistas Eduardo Militão, repórter do UOL, Eumano Silva, Lúcio Lambranho e Edson Sardinha.

Os dados utilizados na obra são das próprias companhias aéreas que foram obrigadas a ceder as informações em processos na Justiça Federal. Além de Jair Bolsonaro, outros parlamentares são citados no livro.

A obra ainda revela ainda como a primeira-dama, seus parentes e os quatro filhos homens de Bolsonaro também usaram passagens compradas com a cota parlamentar para visitar locais turísticos ou passear, até mesmo sem a presença de Jair Bolsonaro.

Procurado pelos autores, o presidente da República não explicou as viagens e o uso da verba pública para pagar os bilhetes.

Influenza: vacinação contra a gripe é ampliada em Garanhuns



A Prefeitura de Garanhuns, por meio da Secretaria de Saúde, amplia a vacinação contra a Influenza (Gripe) para toda a população acima dos seis meses de idade. Ao mesmo tempo, continua mantida a campanha para os grupos prioritários definidos anteriormente pelo Ministério da Saúde, que já alcançaram 98% de cobertura vacinal no município.

A vacinação contra a Influenza acontece exclusivamente nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s), das 08h às 16h. A população deve estar com toda a documentação necessária para aplicação do imunizante: cartão do SUS e carteira de vacinação.

As pessoas que tomaram a vacina contra a Covid-19 devem esperar pelo menos 14 dias para administração da vacina contra a gripe.

Governo do Estado confirma dois casos da variante Delta em pernambucanos




O Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), informou, durante coletiva de imprensa nesta quinta-feira (12.08), que o sequenciamento genético das amostras de pacientes positivos para a Covid-19 feito pelo Instituto Aggeu Magalhães (IAM/Fiocruz PE) confirmou dois casos da variante Delta, originária da Índia. Essa é a primeira vez que essa cepa é identificada em pacientes pernambucanos. São dois homens residentes na Região Metropolitana do Recife – um em Abreu e Lima, com 24 anos, e outro em Olinda, com 49 – que tiveram o início dos sintomas no dia 15 de julho.


Os pacientes foram notificados no sistema e-SUS, voltado para os casos leves da doença, sem necessidade de hospitalização, e evoluíram para cura. No entanto, a área técnica da SES-PE já determinou a investigação epidemiológica nos dois municípios, para identificação de possíveis contatos. Caso existam casos interligados, haverá atuação para quebrar a cadeia de transmissão.


A SES informou ainda que dará todo o apoio necessário, também na verificação se já há transmissão comunitária (quando não é possível identificar a origem da contaminação) da variante Delta no território pernambucano. Segundo o secretário estadual de Saúde, André Longo, a identificação dos pacientes só reforça a necessidade de manutenção do cuidado e a importância de avançar na vacinação, que deve ter o esquema completo com duas doses.

Nessa análise preliminar, a SES-PE já identificou que os homens tomaram a vacina contra a Covid-19, o que pode ter auxiliado para que os sintomas fossem leves. De acordo com o sistema de informação do Ministério da Saúde, o homem de 24 anos completou o esquema vacinal em março, com a vacina da Coronavac/Butantan, e o de 49 anos fez a primeira dose da Pfizer em meados de maio.


“A vacinação é uma estratégia de saúde coletiva e nenhum imunizante tem 100% de eficácia. Por isso, precisamos do maior número de pessoas vacinadas, bem como a manutenção dos cuidados, para diminuir a circulação do vírus e garantir proteção a todos. As vacinas comprovadamente protegem e podem salvar a sua vida”, reiterou André Longo, alertando para o cronograma da segunda dose.


O pediatra Eduardo Jorge, representante regional da Sociedade Brasileira de Imunizações (Sbim), participou da coletiva e garantiu a segurança e eficácia das vacinas atualmente em uso no Brasil. “Sabemos que para essa variante, o escape da resposta da vacina é um pouco maior do que as cepas anteriores, e que é importantíssimo ter as duas doses”, ratificou.


RELATÓRIO – Das 52 amostras biológicas analisadas pelo Instituto Aggeu Magalhães, 49 (94%) apresentaram a variante Gama (P.1), que também foi predominante nos trabalhos anteriores. Além dos dois casos da Delta, uma apresentou a variante B.1, que não é considerada de preocupação.


“O que tem se observado é que a introdução da variante Delta tem sido mais lenta em outros locais. Atribui-se que, pela presença da variante P.1, temos uma competição entre as cepas. Por isso, não é tão simples a predominância da variante Delta, ainda mais em um cenário de expansão da vacinação”, explicou André Longo, acrescentando que com base nesses casos detectados agora, que são do mês de julho, é possível perceber que, se houvesse um surto da Delta os indicadores, que estão em queda, já apresentariam alguma diferença. Anteriormente, o Aggeu Magalhães havia identificado cinco casos da variante Delta, mas em tripulantes filipinos de um navio, que precisou atracar no Estado para que recebessem atendimento médico.


André Longo anunciou ainda que a rede pública de saúde do Estado tem, neste momento, a menor quantidade de pacientes com suspeita ou confirmação da Covid-19 desde maio do ano passado. Ao todo, são cerca de 510 pessoas. Isso é resultado da progressiva redução dos indicadores da doença no Estado.

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.