GOVERNO DO ESTADO

terça-feira, 4 de maio de 2021

Colégio Santa Joana D’Arc inicia Mês Mariano




Compreende-se que o saber, a ética e os valores são conquistas que permanecem. No evento, o professor de Filosofia e Formação Cristã falou da importância de Maria, a mãe de Jesus, como modelo de educadora e logo após, os alunos puderam assistir uma homenagem à Maria.

Se educar já é uma tarefa dificílima, imagine educar a criança mais importante que pisou nesta Terra, o menino Jesus. A inteligência de Maria era fascinante e sua capacidade de ensinar deslumbrante, os princípios utilizados pela mãe de Jesus são fontes de aprendizagem para a educação até os dias atuais.

Direitos da Criança e do Adolescente são assegurados por Conselho em Garanhuns




O órgão que atua na defesa dos direitos da população infantojuvenil em Garanhuns é o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica). Criado pela Lei nº 3.910/2013, para assegurar o cumprimento do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) – Lei n° 8.069/90, o órgão que é ligado à Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos procura conscientizar à população acerca do dever de todos em viabilizar a proteção integral desses indivíduos.
Assim como todos os conselhos municipais, conta com representantes da sociedade civil organizada e do Governo Municipal. De acordo com a presidente do Comdica, Sandra Mendes, preservar os direitos da Criança e do Adolescente é dever de todos: “Nosso Conselho existe para garantir que esses indivíduos possam ter a devida proteção, mas nosso papel enquanto sociedade também é observar a situação dessas crianças e procurar os órgãos competentes para denunciar qualquer ato que fira seus direitos. Não podemos silenciar”, pontua.

Além dos pontos citados, compete ao Comdica opinar na formulação das políticas sociais básicas da criança e do adolescente; buscar informações acerca das condições de vida e da estrutura de atendimento existente no município; promover e apoiar a realização de campanhas educativas sobre os direitos infantojuvenis; conduzir o processo de escolha dos membros do Conselho Tutelar, entre outros.

As denúncias devem ser encaminhadas para o Conselho Tutelar de Garanhuns, através dos telefones (87) 98137-2394 ou (87) 3761-6319. Outras informações podem ser obtidas no Comdica - localizado na Casa dos Conselhos – Rua Ernesto Dourado, 890, Heliópolis. Telefone: (87) 3762-7082.

Paulo Câmara anuncia medidas para a população em situação de vulnerabilidade

Paulo Câmara inaugura de forma online, Centro de Vocação Tecnológica em  Passira, neste 1º de maio - Portal de Prefeitura


Governador determinou o repasse de R$ 8 milhões para serviços de assistência social, além do início do programa Vem Social

O governador Paulo Câmara anunciou, durante pronunciamento nesta terça-feira (04.05), a destinação de R$ 8 milhões para fortalecer ações do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) em todos os municípios do Estado. O sistema possui o objetivo de garantir proteção social a indivíduos, famílias e à comunidade no enfrentamento de vulnerabilidades, com a prestação de serviços, programas e projetos. De acordo com o governador, o recurso será repassado pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude em duas parcelas, a primeira ainda neste mês de maio, e a segunda em junho.

Pernambuco conta atualmente com 329 Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), além de 187 unidades dos Centros de Referência Especializados de Assistência Social (CREAS) em todo o Estado. Mesmo durante a pandemia do novo coronavírus, somados os programas de proteção e atendimento, em estimativa calculada até a metade do ano passado, esses serviços haviam contemplado cerca de 570 mil famílias.

O governador também anunciou o início da distribuição do cartão Vem Social, que dá acesso gratuito ao transporte coletivo para pessoas que ficaram desempregadas durante a pandemia. “Cada cartão é carregado com 20 passagens por mês e vai facilitar o deslocamento dos trabalhadores em busca de recolocação profissional. São duas medidas sociais relevantes, dentro desse cenário de crise econômica provocada pela pandemia, para a população pernambucana”, afirmou Paulo Câmara. Essa quantidade é calculada tomando como referência o Anel A, mas o usuário poderá utilizar qualquer um dos anéis do sistema de transporte.

Podem receber o benefício trabalhadores que perderam o emprego entre 20 de março de 2020 e 22 de março de 2021, que ganhavam até dois salários mínimos e que tiveram vínculo empregatício por pelo menos seis meses antes da dispensa. Para ter direito, é preciso ainda ser residente em um dos 14 municípios da Região Metropolitana do Recife (RMR). A iniciativa deverá contemplar até 20 mil pessoas por mês. O cadastramento pode ser realizado pelo site www.vemsocial.pe.gov.br. Até o momento, foram mais de 6,7 mil inscritos no programa.

Mandetta e Teich: CPI da Covid mira dois ex-ministros da Saúde

Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich


Após mais de 400 mil mortos em decorrência da infecção pelo novo coronavírus, a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid criada no Senado para investigar ações e omissões do governo Jair Bolsonaro (sem partido) no decorrer da pandemia começa hoje com dois aguardados depoimentos: a de ex-ministros da Saúde do atual governo.

Crítico à atuação do governo no enfrentamento da pandemia, o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta será o primeiro a depor a partir das 10h. Ele ocupou o cargo entre janeiro de 2019 e abril de 2020.

Ao longo da última semana, os senadores de oposição levantaram dados sobre a atuação do Ministério da Saúde e devem aproveitar as críticas de Mandetta em relação ao uso de medicamentos sem comprovação científica para o tratamento da covid, como ivermectina e hidroxicloroquina, para atacar o governo.

Já a tropa de choque governista, em minoria na CPI, só deve partir para a ofensiva caso Mandetta adote um tom incisivo contra Bolsonaro.

Depois dele, será a vez de seu sucessor na pasta, Nelson Teich, a partir das 14h. Antes de ser questionado pelos senadores, ele deverá fazer uma breve explanação sobre seu mandato.

A saída do governo se deu por "desalinhamento" com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre a ampliação do uso da cloroquina e hidroxicloroquina, remédios sem comprovação científica para o tratamento do coronavírus.

A defesa que Bolsonaro faz do uso desses remédios deverá embasar os principais questionamentos de senadores da oposição a Teich — que também se colocou contra um o decreto de Bolsonaro que incluiu salões de beleza, barbearia e academias de ginástica entra as atividades consideradas essenciais no período da pandemia.

Minoria na CPI, os senadores governistas devem tentar minimizar o depoimento de Nelson Teich com base no pouco tempo que o médico ficou à frente da pasta.

Justamente pelo fato de os ex-ministros terem virado críticos de ações do governo federal nos últimos meses, senadores independentes e da oposição, que são maioria na CPI, vão procurar revelar e reforçar eventuais erros da gestão de Bolsonaro por meio de suas falas ao colegiado.

Vacinação na fronteira

 Covid-19: Cariacica abre agendamento de vacinação para pessoas acima de 60  anos | A Gazeta


Desde que o Brasil iniciou a campanha de vacinação contra a Covid-19 em janeiro, cidadãos com nacionalidade brasileira que vivem em países vizinhos têm atravessado a fronteira para serem imunizados pelo SUS. O caminho contrário também tem ocorrido, como é o caso de gaúchos que vivem próximos ao Uruguai. Devido a isso, o governo do Rio Grande do Sul tem negociado com o país vizinho a imunização conjunta dos territórios na fronteira. VEJA apurou que uma cooperação bilateral para tornar a ideia viável tem sido discutida e reuniões virtuais entre representantes do Ministério da Saúde e das embaixadas do Brasil e do Uruguai já ocorreram.

Veja

Pernambuco recebe primeiro lote de vacinas da Pfizer

RN recebe 7.020 doses de vacina da Pfizer nesta segunda; saiba quem será  imunizado | Rio Grande do Norte | G1


Foram entregues 17.550 doses do imunizante, além de mais 267.250 unidades da Astrazeneca/Fiocruz

Pernambuco recebeu, às 15h12 desta segunda-feira (03.05), o primeiro lote de vacinas contra o novo coronavírus produzidas pela Pfizer/BioNTech. As 17.550 doses do imunizante serão destinadas às cidades de Olinda, Jaboatão dos Guararapes e Recife, conforme ficou acertado entre o Ministério da Saúde, Governo do Estado e municípios. Poderão ser beneficiadas pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas com comorbidades. Também foram entregues hoje mais 267.250 unidades da vacina Astrazeneca/Fiocruz, que serão destinadas às primeiras doses para idosos entre 60 e 64 anos de idade, trabalhadores das forças de segurança e salvamento e pessoas com comorbidades. Assim, mais 284.800 vacinas reforçarão a campanha de imunização contra a Covid-19 em Pernambuco.

“Estávamos na expectativa do recebimento dessas primeiras doses da Pfizer/BioNTech para ampliar ainda mais a imunização no Estado. Sabemos que ainda há muito o que fazer para garantir a vacinação de todos os pernambucanos, mas estamos nos empenhando, fazendo um esforço diário junto ao governo federal para garantir mais doses. De toda forma, a partir de agora temos uma terceira vacina no Estado, que vai contribuir para ampliar os grupos prioritários”, afirmou o governador Paulo Câmara.

A vacina da Pfizer/BioNTech será armazenada no Programa Estadual de Imunização (PNI-PE), em freezers específicos, porque precisa ser acondicionada em uma temperatura entre -25°C e -15°C, podendo permanecer nessa faixa por até duas semanas. O PNI-PE ficará responsável por entregar os imunizantes aos municípios, de acordo com as solicitações de cada um. Nas cidades, o imunizante poderá ser guardado em temperatura entre 2°C e 8°C, mas somente por no máximo cinco dias. Após aberto o frasco, o prazo para utilização do insumo é de seis horas.

O secretário estadual de Saúde, André Longo, assegurou que Pernambuco está preparado para receber as doses da Pfizer/BioNTech e armazená-las na temperatura ideal para garantir sua conservação. “Todas as especificidades serão respeitadas, assim como vem sendo feito com os outros fabricantes”, garantiu. Segundo a superintendente de Imunização da SES-PE, Ana Catarina de Melo, uma nova nota técnica do Ministério da Saúde, divulgada no último domingo (02.05), estabelece que a segunda dose da Pfizer/BioNTech deverá ser aplicada três meses após a primeira, da mesma forma como acontece com a vacina da Astrazeneca/Fiocruz. A nova orientação para todos os Estados ocorreu após análise do comitê técnico do ministério.

Além da Pfizer/BioNTech, também chegaram ao Estado novas doses da Astrazeneca/Fiocruz, que serão encaminhadas às Gerências Regionais de Saúde (Geres) na manhã desta terça-feira (04.05). Com essa nova remessa, Pernambuco totaliza 2.930.080 de doses de vacinas contra a Covid-19 recebidas, sendo 1.789.560 da Coronavac/Butantan, 1.122.970 da Astrazeneca/Fiocruz e 17.550 da Pfizer/BioNTech.

Até o momento, a campanha de vacinação está beneficiando todos os idosos a partir dos 60 anos, idosos e pessoas com deficiência abrigados em instituições, população indígena aldeada, povos e comunidades quilombolas tradicionais, trabalhadores de saúde, trabalhadores de forças de segurança e salvamento, pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas com comorbidades e pessoas com deficiência permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.