GOVERNO DO ESTADO

quarta-feira, 8 de setembro de 2021

NOTA AOS ROMEIROS DE SANTA QUITÉRIA DE FREXEIRAS



A família Guilherme da Rocha, tendo como representantes Lucidalva, Gilberto, Dulcineia, Dulcineide, Roberto e Aparecida, vem a público comunicar aos Romeiros e visitantes em geral que devido à pandemia da Covid 19, o santuário de Santa Quitéria de Frexeiras, São João-PE, permanecerá fechado, pois o mesmo não dispõe das condições sanitárias necessárias para o seu funcionamento com segurança. 

Esperamos com fé em Deus e Santa Quitéria que em breve a situação seja resolvida.

Dulcineide Guilherme, de Frexeiras

Cras de Garanhuns retornam atividades culturais e pedagógicas




A Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH), por meio dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), está retomando as atividades culturais e pedagógicas nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) de Garanhuns. Aulas de violão, violino, flauta, poesia, karatê, atividades físicas para idosos, entre outras, contemplam crianças (a partir dos seis anos), adolescentes e adultos de diversas comunidades.

De acordo com a coordenadora da Atenção Básica de Garanhuns, Lucélia Mendes, os serviços estavam suspensos devido à pandemia da Covid-19, e retornaram a pedido do Prefeito Sivaldo Albino. “Estamos retomando aos poucos essas atividades pois sabemos da importância delas para a vida da comunidade. Dar oportunidade à essas pessoas de terem contato com aulas de música e outras ações culturais, por exemplo, faz toda a diferença na formação do ser humano”, pontua. As ações seguem os protocolos de combate ao Sars-CoV-2.

O Cras Heliópolis, iniciou na última semana as aulas de violão; já o Cras Magano conta com aulas de Karatê e atividade física para idosos. O Cras Boa Vista receberá nos próximos dias aulas de violino, flauta, poesia e atividades pedagógicas; O Cras Várzea contará com aulas de artes, poesia e outras atividades. A SASDH está organizando o calendário para retorno do projeto no Cras Bela Vista em breve. Quem tiver interesse em participar, deve procurar o Cras de sua respectiva comunidade, munidos de RG e CPF, além do comprovante de residência.

Escolas municipais reúnem pais para orientar sobre retorno às aulas



As escolas da Rede Municipal de Ensino de Garanhuns reuniram nos últimos dias os responsáveis pelos estudantes da Educação Infantil para dar orientações sobre o retorno das aulas presenciais. Estes estudantes voltam às salas de aula nesta quarta-feira (08), de acordo com o cronograma de retorno gradual. Nestes encontros, foram dados esclarecimentos sobre o protocolo pedagógico que será seguido por cada unidade.

Também foi destacado que os profissionais da rede municipal estão vacinados e antes de voltarem às salas de aula estão passando pela testagem para diagnóstico da Covid-19. As orientações para os estudantes é devem usar máscara sempre, e se possível levar uma máscara extra; levar a garrafa ou copo para uso individual; não compartilhar materiais escolares; além de manter distância segura dos colegas de sala e professores.

A prefeitura de Garanhuns, por meio da Secretaria de Educação, redobrou a atenção com a higienização dos ambientes. Todas as escolas estão equipadas com termômetros digitais, que serão usados na entrada dos estudantes, e com álcool em gel. A volta às salas de aula neste momento não é obrigatória. Caso os pais decidam que os filhos não façam o ensino presencial, a Secretaria de Educação garante o ensino de forma virtual ou ainda disponibiliza as atividades na escola para que os estudos sejam feitos em casa.

Bolsonaro radicaliza e se isola por estratégia para 2022

 


Ao desafiar explicitamente o STF (Supremo Tribunal Federal) e afirmar que não seguirá mais decisões do ministro Alexandre de Moraes, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) "dobrou a aposta" e radicalizou seu discurso, ficando ainda mais isolado em prol de uma estratégia para permanecer no poder em 2022. Essa é a avaliação de cientistas políticos ouvidos pelo UOL após as declarações do chefe do Executivo em atos no 7 de Setembro.

Nos atos de que participou, em São Paulo e em Brasília, xingou Moraes de "canalha" e fez ameaças ao presidente do Supremo, Luiz Fux.

Bolsonaro afirmou que, caso Fux não "enquadre" Moraes —relator das principais investigações que correm na Justiça contra o presidente e seus apoiadores—, o STF "pode sofrer aquilo que nós não queremos".

"A situação mudou de patamar, sem dúvida nenhuma. Chegamos a um ponto irreversível da crise. Com as falas do presidente e os ataques que ele desferiu ao STF, não há como reatar relações", afirma o cientista político e professor da FGV (Fundação Getulio Vargas) Cláudio Couto.

Cientista político e professor do Insper, Carlos Melo também diz ver Bolsonaro isolado e lembra que, ao contrário do que se imaginava, não houve participação ativa da Polícia Militar ou de membros das Forças Armadas nas manifestações convocadas pelo presidente e seu entorno.

"Nesse sentido, me parece que os governadores ganharam uma queda de braço, o que foi muito importante e positivo para o Brasil."

Doutoranda em ciência política e pesquisadora do Cebrap (Centro Brasileiro de Análise e Planejamento), Lilian Sendretti diz acreditar que Bolsonaro faz uso de uma espécie de "teste" do limite dessa polarização nas ruas. "E isso não é à toa, tem a ver com uma lógica eleitoral", diz.

Couto e Melo avaliam ainda que a repercussão das falas de Bolsonaro pode, de certa forma, trazer mudanças sobre a abertura de um processo de impeachment contra o presidente.

Mais de cem pedidos de impeachment de Bolsonaro já foram apresentados ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), que até o momento decidiu por não pôr nenhum deles em discussão.

Em São Paulo, maior aposta de Bolsonaro para reunir manifestantes, 125 mil pessoas participaram do ato. Ou apenas 6% do que era esperado pela organização.

Cerimônia foi parte do encerramento do Movimento Olímpico





Na noite da última sexta-feira (03), no auditório da Codeam, aconteceu o encerramento do Movimento Olímpico, e junto com ele, o evento de homenagem a atletas e professores que contribuíram para o esporte de Garanhuns ao longo dos ultimos anos. O evento e o Movimento Olímpico foram organizados pela Secretaria de Juventude, Esportes e Lazer.

Quebrando os protocolos e visivelmente emocionado, o professor Mazinho Brandão, agradeceu a prefeitura de Garanhuns por reconhecer a importância do esporte e como ele transforma vidas, ensinando lições valiosas como disciplina, confiança e espírito de coletividade.

Em seu breve discurso, o prefeito Sivaldo Albino reafirmou seu compromisso com o esporte em Garanhuns, seja ele o judô, futebol ou qualquer outra modalidade, falando sobre a importância da atividade física não apenas para o corpo, mas também para a mente e o desenvolvimento social que o esporte proporciona.

Ao final do evento, o secretário Carlos Tevano agradeceu aos homenageados, que receberam um certificado e brindes da parceria com a Selectanutri, ressaltou a importância do trabalho coletivo e agradeceu a toda sua equipe pelo empenho para realizar o Movimento Olímpico, mostrando que o trabalho é diário e realizado em conjunto.

Foram homenageados os professores Cícero Silva, José Wilson, Moisés Soares e Mazinho Brandão, por suas histórias de dedicação aos desporto e educação de Garanhuns.

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.