PERNAMBUCO CONTRA O CORONAVÍRUS

BLUENET - PROVEDOR DE INTERNET

DESTAQUES DO BLOG

sábado, 15 de fevereiro de 2020

Governo do Estado entra com petição para que a Justiça determine extinção das Torcidas Organizadas

Medida lembra que há dois processos tramitando, ambos propondo a dissolução definitiva dos grupos


O Governo de Pernambuco, por meio da Procuradoria Geral do Estado (PGE) protocolou na sexta (14), junto à 5ª Vara da Fazenda Pública da Comarca do Recife, um requerimento solicitando o julgamento imediato e simultâneo de duas ações que pedem a dissolução definitiva da personalidade jurídica das chamadas “torcidas organizadas” em todo o território do Estado de Pernambuco. As ações têm como réus a Torcida Jovem, a Fanáutico e a Inferno Coral, e objetivam, em definitivo, a proibição do acesso, permanência ou reuniões das “torcidas organizadas” dentro e fora dos estádios.

O documento, assinado pelo Procurador-Geral do Estado, Ernani Medicis, toma como referência os últimos incidentes envolvendo as organizações. O requerimento mostra que o Estado de Pernambuco é parte interessada das Ações Ordinária n. 0018056-45.2014.8.17.0001 e Civil Pública (ACP) Nº 0118424-33.2012.8.17.0001.

De acordo com o requerimento da PGE, “os recentes eventos de violência envolvendo torcidas organizadas no Estado de Pernambuco, inclusive fora das arenas esportivas, corroboram a necessidade de desfecho dos processos, com o julgamento de mérito favorável às pretensões, pronunciando-se a total procedência dos pedidos, em ordem a impor o almejado fim das ditas ‘torcidas organizadas’ no Estado de Pernambuco, coibindo-se a prática de atos de violência e crimes, dentro e fora dos estádios de futebol.”

A Procuradoria explica ainda que o pedido de urgência tem como objetivo concretizar o interesse público, pedindo a dissolução das torcidas e impedindo a ocorrência de crimes por parte dos integrantes dessas organizadas.

Paulo Câmara: “Governo de Pernambuco está à disposição para construir alternativas em favor do homem do campo”

Neste sábado, o governador esteve no assentamento Normandia, em Caruaru, para prestigiar o aniversário de 30 anos do MST



O governador Paulo Câmara prestigiou, na manhã deste sábado (15.02), a comemoração dos 30 anos do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), que aconteceu durante o 29° encontro estadual do movimento, no assentamento Normandia, em Caruaru. Ele reforçou a importância da história do movimento e o forte legado que deixa para a categoria. Paulo Câmara também garantiu que o Governo de Pernambuco seguirá trabalhando para combater as desigualdades e, assim, dar mais qualidade de vida aos moradores do campo.

“Primeiro, quero parabenizar o movimento pelo seu aniversário e dizer que 30 anos não representam uma data qualquer. A história do MST é forte e deixa um grande legado para as próximas gerações. Vim aqui também para colocar meu papel de governante à disposição para construir diálogos que tenham a capacidade de encontrar alternativas em favor do homem do campo. Seja na questão da educação, da saúde ou da assistência técnica. E saibam que o Nordeste está unido para combater as desigualdades e para tentar dar uma melhor qualidade de vida a vocês”, afirmou Paulo Câmara.

Dirigente nacional do MST, Jaime Amorim agradeceu a presença do governador e destacou a grande simbologia desse fato, diante do momento por que passa o Brasil. Amorim também relembrou a história do movimento e a parceria com o Governo de Pernambuco. “O governo estadual, assim como todos os governadores do Nordeste, são fundamentais em defesa da rede Normandia. Quero agradecer por todas as parcerias do Governo de Pernambuco nas áreas do trabalho, capacitação, educação, cultura, produção e, em especial, na luta direta pela reforma agrária”, disse.

Acompanharam o governador no evento os secretários estaduais Dilson Peixoto (Desenvolvimento Agrário) e Alberes Lopes (Emprego, Trabalho e Qualificação).

Fotos: Hélia Scheppa/SEI

REVISTA VEJA / O miliciano Adriano sabia demais?


Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.