GOVERNO DO ESTADO

segunda-feira, 16 de agosto de 2021

Paulo Câmara recebe Lula e discute enfrentamento da Covid, os desafios da retomada econômica e o cenário político atual



O governador Paulo Câmara recebeu, neste domingo (15.08), o ex-presidente Lula para discutir as medidas adotadas em Pernambuco durante a pandemia, os desafios da retomada econômica ainda com altos índices de casos e óbitos da Covid no país e o cenário político atual. Participaram da conversa o prefeito do Recife, João Campos, os deputados federais Danilo Cabral, Tadeu Alencar, Milton Coelho e Gonzaga Patriota, além do presidente estadual do PSB, Sileno Guedes. Entre os integrantes do Partido dos Trabalhadores (PT) que acompanharam Lula estavam o senador Humberto Costa e a presidente do PT, Gleisi Hoffmann.

“Recebemos com muita satisfação o presidente Lula neste domingo. Pernambuco tem muito a agradecer a Lula por todo o ciclo de desenvolvimento iniciado na gestão dele. Isso está muito vivo na memória do pernambucano. Tivemos a oportunidade de compartilhar nossas ações durante a pandemia, o nosso atual plano de retomada da economia e deixar claro que em 2022, precisamos de uma frente ampla do campo progressista para derrotar Bolsonaro e fazer o Brasil voltar a crescer”, afirmou Paulo Câmara.

“Estou feliz de estar de volta, em minha terra natal, para conversar sobre os desafios de Pernambuco, do Nordeste e do Brasil, conversando com as lideranças do estado e retomando um diálogo necessário para o país voltar ao rumo certo, com democracia, inclusão social e desenvolvimento”, pontuou Lula. O ex-presidente fica em Pernambuco até a próxima terça-feira (17.08). Ele visitará outros cinco estados do Nordeste na sequência de agendas políticas marcadas para esse mês de agosto.

Taleban ocupa palácio presidencial e diz que vitória foi 'rápida'



Líderes e combatentes do Taleban ocuparam o palácio presidencial horas depois de o presidente Ashraf Ghani deixar o país e ir para o Tajiquistão. As imagens da entrada foram transmitidas pela emissora do Catar Al Jazeera.

O grupo tomou hoje a capital do Afeganistão sem muita resistência. A ação aconteceu após o grupo assumir as cidades importantes do país, como Jalalabad e Mazar-i-Sharif. O grupo tomou 26 das 34 capitais provinciais em um período de 7 dias, em um avanço rápido embora não surpreendente para observadores internacionais.

O líder taleban fez um pronunciamento de dentro do palácio dizendo estar "feliz" pela tomada do poder ter ocorrido "sem derramamento de sangue". Um alto-funcionário disse que a vitória foi "inesperadamente rápida" e o verdadeiro "teste" do novo governo começaria agora.

Segundo os combatentes, uma "transição pacífica está em andamento de instalações governamentais em todo o país". As falas foram transmitidas pela rede catarense.

Ainda de acordo com a emissora, o palácio presidencial não só foi tomado, como foi "entregue" oficialmente ao grupo Taleban. Segundo o correspondente da Al Jazeera no local, havia pelo menos três funcionários do governo afegão durante a "entrega" do palácio.

"Proteger Cabul é uma responsabilidade enorme. É diferente da cidade que deixamos há 20 anos", relatou um oficial do Taleban à AI Jazeera.

UOL

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.