DESTAQUES DO BLOG

quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

Bat-Sinal será ligado no Recife Antigo. Saiba por quê!

2º Festival de Quadrinhos de Pernambuco faz homenagem aos 80 Anos do Batman



Para celebrar os 80 anos do Batman comemorados mundialmente em 21 de setembro, O Power-Kon Recife que estará promovendo o Festival Anime Fama-Os Melhores da Cultura Pop 2019, de 13 a 15 de Dezembro acenderá o Bat-Sinal do Homem-Morcego no Alto do Prédio, abrindo as comemorações do 2º Ano do Festival de Quadrinhos-PE que acontece dentro do evento com exposições, Ilustradores, artistas de diversos pontos do Nordeste, cartunistas entre outros. 

A ação é realizada e Patrocinada pelo Empresário e Produtor do Power-Kon Recife Kelmer Luciano Junto com outros fãs de Quadrinhos no Terraço do Shopping Paço Alfândega, o Bat-Sinal será ligado na Sexta-Feira 13 de Dezembro às 18h para visitantes, Turistas entre outros fãs das histórias de Bruce Wayne, inclusive personagens Cosplays do Universo do Batman estarão lá Participando.

O sinal também foi aceso em outras cidades ao redor do mundo, como Los Angeles, Nova York, Berlim, Londres, Cidade do México, Barcelona entre outras ao redor do mundo. Aqui em Pernambuco o evento Anime Fama-Os Melhores da Cultura Pop 2019 marca os 80 anos da primeira aparição do Batman nos quadrinhos da DC Comics, em 1939. Assim como outras atrações promovidas pelo Power-Kon Recife em todos os andares durante os três dias de evento.

ATACADÃO CASA DAS BALAS PROMOÇÕES DA SEMANA

EM PERNAMBUCO / Livre manifestação em escolas e universidades é aprovado em comissão na ALEPE


O projeto de lei que assegura a livre manifestação de professores, funcionários e estudantes nas instituições de ensino públicas e privadas do Estado foi aprovado na Comissão de Administração Pública nesta quarta. O texto é um substitutivo da Comissão de Justiça à redação original, de autoria do mandato coletivo Juntas, do PSOL.

A proposta veda qualquer tipo de censura prévia, repressão, ameaça ou violência ideológica, além de atos de discriminação, calúnia, difamação ou injúria. Também é proibida a gravação das aulas com o objetivo de constranger a livre manifestação de pensamento e opinião, cabendo às instituições de ensino disciplinar o uso de celulares e outros equipamentos eletrônicos em sala de aula.

O texto garante, por outro lado, que os princípios que caracterizam as instituições de ensino confessionais sejam respeitados, inclusive com a adoção de normas internas específicas. O deputado Romero Sales Filho, do PTB, foi o voto contrário à proposta. Ele acredita que ela dá liberdade excessiva aos docentes. “Professores, nas escolas, são para dar matérias concernentes a português, matemática, história, e se ater a esses assuntos. Porém, com esse projeto, eles vão poder ter o livre arbítrio de falar o que bem entendem de qualquer assunto. Pode ser ideologia partidária, ideologia de gênero. Eu sou contra por causa disso, eu não acho que a escola é local de doutrinação ideológica e esse projeto dá essa liberdade”.

Já o relator da matéria no colegiado, deputado José Queiroz, do PDT, defendeu liberdade de pensamento. “Nós precisamos aperfeiçoar, por todos os meios, a nossa democracia. Essa livre manifestação nas salas de aula, aliás livre manifestação em todos os setores da sociedade, é importante que seja preservada. Você imagina, um professor pode ser filmado mas eu não sei se ele gostaria que aquela imagem fosse transmitida. Nós estamos defendendo a livre manifestação, não o uso para expor a imagem de um professor”.

A deputada Simone Santana, do PSB, argumentou que a liberdade de cátedra é um preceito constitucional que deve ser respeitado. O projeto segue ainda para outras comissões de mérito antes de ser votado em Plenário.


PRAIAS DE PERNAMBUCO / Análise de pescados atesta segurança alimentar para peixes e frutos do mar



A análise dos pescados e frutos do mar realizada pelo Governo de Pernambuco, em parceria com a Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ) atesta a segurança do consumo de peixes, crustáceos e moluscos pescados no litoral do Estado.

Até o momento foram analisadas 55 amostras das 94 enviadas à PUC-RJ, contemplando 13 espécies de peixes: ariocó (três amostras), boca torta (três amostras), budião (três amostras), carapeba (três amostras), cavala (duas amostras), cioba (duas amostras), coró (três amostras), manjuba (três amostras), sapuruna (três amostras), saramunete (três amostras), serra (duas amostras), tainha (três amostras) e xaréu (seis amostras); duas espécies de camarão: camarão rosinha (uma amostras) e camarão sete barbas (uma amostra), além de marisco (oito amostras), ostra (três amostras) e sururu (três amostras). Desse total, somente uma amostra de xaréu (coletada nas proximidades da Ilha de Itamaracá) e uma de sapuruna (coletada nas proximidades da Ilha de Itamaracá) apresentaram níveis de toxicidade equivalente em benzo[a]pireno superiores aos determinados pela Anvisa. Assim, sugere-se por precaução que o consumo de xaréu e sapuruna seja temporariamente evitado.

O trabalho de coleta e análise dos pescados integra o plano de ação do Governo de Pernambuco para avaliar e monitorar o impacto do derramamento de óleo no litoral do Estado, tanto em relação à qualidade da água nas praias como em relação ao consumo dos pescados. Os lotes analisados foram coletados diretamente com pescadores artesanais em cinco localidades do litoral do Estado: Cabo de Santo Agostinho, Canal de Santa Cruz, Ilha de Itamaracá, Sirinhaém e Tamandaré.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Agrário do Estado, Dilson Peixoto, o compromisso do Estado é com a transparência e com a segurança das informações repassadas à população. “Diferente do que vem acontecendo em âmbito federal, buscamos coletar as espécies mais importantes nas localidades mais representativas para a atividade pesqueira pernambucana, priorizando no primeiro momento os locais atingidos pelas manchas de óleo em maior intensidade”, explicou.

Segundo a professora do Departamento de Biologia da UFRPE Karine Magalhães, que vem coordenando a equipe técnica do grupo de trabalho de análise dos pescados, em relação às duas espécies que apresentaram índices superiores aos estabelecidos pela Anvisa, serão realizadas novas coletas nas proximidades da Ilha de Itamaracá, local onde foram pescadas. “Como essas áreas apresentavam manchas visíveis de óleo na época da coleta, essa contaminação pode ter sido pontual. Nesse caso, a indicação é voltar a essas localidades, coletar novas amostras para realizar novas análises e avaliar a evolução do quadro”, destacou.

SIVALDO CONSEGUIU / Garanhuns deve ganhar Museu do FIG


"A implantação do Museu Dinâmico do FIG em Garanhuns constitui não apenas um antigo sonho dos amantes do Festival de Inverno, mas será também a garantia da preservação da memória do maior evento multicultural do país. E, sem dúvida, tem tudo para se tornar também um dos mais interessantes pontos turísticos do nosso estado.

A ideia, já inicialmente discutida com o Secretário de Cultura do estado, Gilberto Freire Neto, e com o Presidente da FUNDARPE, Marcelo Canuto, é de implantar em Garanhuns um Museu Dinâmico que possa acolher e disponibilizar para o público visitante toda a memória fotográfica, auditiva e jornalística do Festival, desde sua criação, além de ser também um espaço de produção audiovisual que possibilite aos artistas de Garanhuns e do agreste produzirem cultura, produzirem sua arte – de maneira que o Festival seja não somente um espaço de reprodução de cultura externa, mas que seja também local de criação e produção cultural para os talentos da região.

Essa nossa emenda parlamentar, portanto, é uma espécie de 3 em 1, cujo objetivo é ser o ponto de partida para a implantação de um espaço multicultural composto pelo Museu do FIG, por um Centro de Produção Audiovisual e por um espaço multicultural para realização de pequenos eventos e apresentações.

Com certeza este espaço dará um novo impulso à cultura do nosso município e do nosso agreste.

Sivaldo Albino
Dep. Estadual"

LINDO / Colégio Santa Joana D'Arc realizou 19º Momento Cultural em Garanhuns

Saber, ética, trabalho e progresso são valores que fundamentamos a educação aplicada no colégio



No final de semana de 23 e 24 de novembro foram as apresentações dos alunos para familiares e comunidade encerrando as atividades do 19º Momento Cultural que teve como temática: Projeto Vida: Precisamos Escolarizar a Emoção.

Não faltou inspiração nem entusiasmo nas apresentações, além de emocionar todo o público presente.
Com a finalização do Projeto Vida, todos os alunos aprenderam a importância de trabalhar o socioemocional e saíram com a lição: Saber e Emoção, são conquistas que permanecem para sempre e é preciso que sejamos a mudança que queremos ver no mundo.

Em 2020 teremos mais Momento Cultural.

Agradecimento especiais aos amados alunos, familiares, equipe, imprensa falada e escrita.


BLUENET - PROVEDOR DE INTERNET

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.