GOVERNO DO ESTADO 3

sexta-feira, 5 de novembro de 2021

Colégio Diocesano. Garanhuns, nossa Coimbra - Por Silvio Amorim









Em 12 de outubro de 2021 o “Gigante da Praça da Bandeira”, o Colégio Diocesano de Garanhuns, comemorou seus 106 anos. Faz parte de um remanescente e seleto grupo de instituições de ensino que visa o conhecimento aliado à formação integral do aluno: humana, cívica e, por sua origem, religiosa. Foi neste Colégio onde tive uma das grandes experiências da minha vida. Interno durante três anos, nos anos 1965, 66 e 67, fiz a admissão, primeiro e segundo ano ginasial.

Fundado em 1915, sob a responsabilidade da Diocese de Garanhuns, fez história através dos seus sete diretores, centenas de professores, colaboradores e milhares de alunos e ex-alunos. Entre esses, um destaque especial ao Monsenhor Adelmar da Mota Valença, o mais longevo diretor, que marcou época pelo seu carisma e compromisso social, autoridade moral e ética perante sua comunidade e, principalmente, diante dos alunos internos e externos. Referencias do magistério que são lembrados até hoje: Levino Epaminondas de França, Almira Valença, Maria José Ferreira, Luzinete Laporte. Instrutores: Carlos Lins, Fernando Berenguer e João de Barros, dentre tantos outros marcados pela dedicação.

O Colégio Diocesano pontifica durante mais de 100 anos em uma das cidades mais agradáveis de Pernambuco, não só pelo excelente clima, como também pelo seu povo acolhedor, que recebeu milhares de estudantes de outras localidades. Poderíamos, assim, dizer que Garanhuns não é só a “Suíça Pernambucana”, mas também a nossa “Coimbra”. Durante mais de cinquenta anos, o Colégio Diocesano de Garanhuns, chamado carinhosamente de Diocesano, manteve o sistema de internato. Ora, alunos para quem os pais buscavam um melhor ensino para os filhos. Ora, alunos cujos pais já tinham esgotado as possibilidades da boa convivência com os livros e a disciplina (até hoje não sei onde me classificaram). Vinham alunos de várias partes de Pernambuco e estados vizinhos e de diversas camadas sociais e econômicas. Conviviam diuturnamente, dormindo em três grandes dormitórios, tomando café da manhã com mungunzá, assistindo às aulas, almoçando, fazendo bancas de estudos, jantando, eventualmente em pé, pagando castigo ou recreando na área e na quadra. Eram, aproximadamente, duzentos filhos de comerciantes, comerciários, industriais, operários, governador e outros servidores públicos, índios, profissionais liberais, parlamentares, trabalhadores rurais, agricultores, jornalistas, juízes, promotores e apenados. Esses os de que me lembro. Foi uma convivência educadora para a vida, que tive a oportunidade de vivenciar durante três anos, depois de ter passado quase um ano interno no Colégio Cristo Rei, em Pesqueira. Muitas histórias, parcerias e amizades foram consolidadas por aqueles que tiveram oportunidade de participar dessa grande “aventura”, tornando-se melhores.

Silvio Amorim
Por se tratar de uma das poucas instituições culturais centenárias do Estado, e com grandes serviços prestados à educação, ser ex-aluno do Diocesano de Garanhuns, faz a diferença. A repercussão do Diocesano em nossa Região foi exponencial. Durante esses mais de 100 anos, considerando que a educação, como política pública, não foi prioridade no país, a participação das ordens religiosas assumiu dimensões gigantescas, minimizando a ausência estatal. Essas escolas mantiveram o ideal da educação e da formação integral de parte da juventude, formando uma bela salada social, cultural e econômica. Por tudo isso, vida longa ao nosso “Gynasio” de Garanhuns. E aos que por lá passaram, lembramos que 12 de outubro será sempre uma data memorável, será o dia do nosso grande reencontro, sempre lá, na Praça da Bandeira.

*Silvio Amorim, advogado. Foi secretário de Educação do Recife. Dedico o artigo a garanhuense Cristine Sereno.


GARANHUNS / Parque Euclides Dourado realiza aulas de dança

 


Boa notícia para os amantes das danças e do Parque Euclides Dourado. A partir dessa sexta feira (05), o parque contará com aulas de dança semanalmente, movimentando o local com alegria, descontração e saúde.

As aulas ocorrerão sempre às sextas, a partir das 20:30h, e aos sábados a partir das 17:00h, sempre gratuito, sem precisar agendar horário, sem a necessidade ser ser aluno da academia do parque e com o uso obrigatório das máscaras, além do distanciamento social.

Bora movimentar? Compartilha com a galera apaixonada pelo parque, pela música e pela dança.

Bolsonaro confirma pedido de troca na PF e diz que Moro pediu vaga no STF




O presidente Jair Bolsonaro negou qualquer ingerência na PF, mas confirmou que em meados de 2019 solicitou ao ex-ministro Sérgio Moro a troca do então diretor Geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo.. A informação é da colunista Carla Araújo.

Segundo Bolsonaro, não havia qualquer insatisfação ou falta de confiança com o trabalho realizado por Valeixo, apenas "uma falta de interlocução".

Bolsonaro confirmou também que sugeriu a Moro a nomeação de Alexandre Ramagem para o cargo. Segundo o presidente, a escolha seria "em razão da sua competência e confiança construída ao longo do trabalho de segurança pessoal do declarante durante a campanha eleitoral de 2018".

À PF Bolsonaro disse que Moro concordou com indicação de Ramagem "desde que ocorresse após a indicação do ex-ministro da Justiça à vaga no Supremo Tribunal Federal".

Bolsonaro disse ainda que nunca teve como intenção, com a alteração da direção-geral da PF, obter informações privilegiadas de investigações sigilosas ou de interferir no trabalho de Polícia Judiciária ou obtenção diretamente de relatórios produzidos pela Polícia Federal.

Após o conteúdo do depoimento de Bolsonaro vir a público, o ex-ministro Sergio Moro divulgou uma nota negando as declarações do presidente.

Luciana Santos entrega relatório final da Comissão da Verdade a gestores de escolas da rede estadual




A governadora de Pernambuco em exercício, Luciana Santos, entregou, na tarde desta quinta-feira (04.11), o relatório final da Comissão da Memória e Verdade Dom Hélder Câmara a gestores de escolas da rede estadual. O documento, que registra as investigações de crimes cometidos no Estado durante o regime militar, será disponibilizado nas bibliotecas das instituições de ensino da rede para consulta.

“Nós vivemos tempos obscuros, em que há uma negação da história, da verdade. A gente vem com esse relatório colocar, de maneira consistente e científica, os fatos que aconteceram durante o período dos 'anos de chumbo'. E Pernambuco foi palco da grande resistência democrática. Não há um momento importante da história do Brasil em que a gente não tenha papel relevante”, pontuou Luciana Santos, na solenidade, ressaltando a importância da distribuição do relatório.

O documento é dividido em dois volumes. O primeiro contém textos informativos sobre como foi planejado o trabalho da comissão, desde a sua criação até a metodologia, além de tornar pública a história de vida e circunstâncias das violações contra 51 mortos e desaparecidos políticos. O volume II trata das relatorias temáticas em diversos âmbitos, como educação e segurança. “Esses exemplares serão trabalhados e vão ser fontes importantes de pesquisa para os nossos estudantes e professores. O relatório deve ser debatido, porque a gente precisa manter a nossa memória viva”, comentou o secretário estadual de Educação e Esportes, Marcelo Barros.

Participaram do evento os secretários estaduais Pedro Eurico (Justiça e Direitos Humanos) e José Maurício Cavalcanti (executivo da Casa Civil); o diretor do Arquivo Público Jordão Emerenciano, Evaldo Costa; o superintendente de digitalização, gestão e guarda de documentos da Cepe, Igor Pessoa; o jornalista e pesquisador Félix Filho; a economista e pesquisadora Lilia Gondim; o titular da Cátedra Unesco/Unicap de Direitos Humanos Dom Hélder Câmara, Manoel Moraes; o procurador de Justiça Ricardo Coelho; o procurador do Estado Marcelo Casseb; a assessora da Vice-Governadoria, Luci Siqueira; e o jornalista Pedro de Oliveira.

Bingo Solidário Híbrido

 



Os Rotarys Clubs Garanhuns, convidam para o Bingo Solidário Híbrido, no próximo domingo, dia 7 de novembro, às 16h., em prol das obras de acabamento do Módulo "A", do *Centro Rotary de Voluntariado.

O evento terá formato de Live Musical, com chamada e animação do Poeta Elvis Amâncio e participações: saxofonista Henrique Cesar; cantora Lolla Luna, acompanhada pelo arranjador; tecladista Pedro Pinto e Lulinha Trumpet e de GHUST, nova voz Teen da música nacional e internacional.

Contaremos com serviços de bar e petiscos, em tenda, cedida pela CAZARÃO, instalada na área externa e equipada com telão para acompanhamento do Bingo...

AJUDE... Compartilhe, divulgue e adquira já sua cartela no valor de R$ 20,00.

SubSolum Music
DTEL TELECOM
RobertoDJ : Audio e Iluminação
Cazarão Estruturas para Eventos
Apoio: Prefeitura Municipal de Garanhuns

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.