GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

sexta-feira, 22 de maio de 2020

Abertas as Inscrições para o Vestibular 2020.2 da AESGA


As Faculdades Integradas de Garanhuns – FACIGA, que tem como Instituição mantenedora a Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns – AESGA iniciou na última segunda-feira, 12 de maio, as inscrições para mais um Processo Seletivo.

Estão disponíveis vagas para os cursos de Administração, Direito, Engenharia Civil, Secretariado Executivo Bilíngue, Gestão Hospitalar, Gestão em Recursos Humanos, Arquitetura e Urbanismo e bacharelado em Educação Física.

Esse ano o Vestibular da AESGA apresenta uma novidade, sendo realizado com a nota do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM. De acordo com a presidente da Autarquia, Neide Brandão, as vagas remanescentes serão disponibilizadas para realização de Vestibular Agendado.

As inscrições para o Processo Seletivo, ao valor de R$ 45,00 (quarenta e cinco reais), serão realizadas até o dia 28 de junho e a data limite para Entrega dos Boletins é de 2 de julho.

Para esta Edição, também estarão abertas vagas para Portador de Diploma, Transferidos e Reintegrados. As inscrições deverão ser feitas por meio do site http://cespa.aesga.edu.br/ ou através do link abaixo: 

Para os inscritos no Processo Seletivo ENEM, o envio das documentações é obrigatório, devendo os referidos candidatos enviar através do link a seguir:

Assim como o Manual do Aluno, o Calendário e todas as normas para participação no Processo Seletivo da Autarquia, bem como os editais também estão disponíveis no site do CESPA.

VESTIBULAR 2020.2

* PROCESSO SELETIVO – NOTA ENEM 2020.2
Inscrições: até 28 de junho
Entrega dos Boletins: até 2 de julho


* PORTADOR DE DIPLOMA E TRANSFERÊNCIA EXTERNA
Inscrições: até 16 de junho

* REINTEGRADOS e ALUNOS ESPECIAIS
Inscrições: até 30 de julho

* MUDANÇA DE TURNO e TRANFERENCIA INTERNA
Inscrições: até 28 de junho

João Campos denuncia presidente da Caixa por ato de improbidade administrativa

A CEF anunciou que vai impedir 20 milhões de beneficiários do auxílio emergencial de fazerem a transferência da segunda parcela de suas contas para alguma outra conta por DOC ou TED



O deputado federal João Campos (PSB/PE) entrou com uma representação, no Ministério Público Federal contra o presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães, por ato de improbidade administrativa. Contra o que determina a lei 13.998/2020, que criou o auxílio emergencial de R$ 600, a Caixa anunciou que vai, em um primeiro momento, impedir cidadãos de fazerem a transferência dos recursos da segunda parcela para alguma outra conta por meio de DOC ou TED. Nesse caso, os beneficiários só poderiam usar o auxílio para o pagamento de contas de boleto e para a realização de compras por meio do cartão virtual.

O impedimento seria aplicado aos que recebem o benefício pela poupança digital, atingindo mais de 20 milhões dos quase 60 milhões de beneficiados (dados da própria Caixa). Para além disso, o banco informa que os cadastros para acessar o programa permanecerão abertos até julho, com a tendência de que o número de beneficiados continue subindo. Cálculos do Ministério da Cidadania apontam que o auxílio deve alcançar 70 milhões de pessoas, o que possivelmente incluirá mais cidadãos na poupança digital.

“A medida contraria frontal e literalmente a lei. A conduta do presidente da CEF torna-se ainda mais crítica considerando a dramática situação vivenciada pelos cidadãos que dependem do benefício emergencial para sua própria subsistência. Se esse direito à transferência for retirado, as pessoas podem precisar sair de casa para fazer qualquer operação desse tipo”, afirma João, lembrando que a lei que criou o benefício do auxílio emergencial garante a operação. O texto diz que é assegurada "no mínimo, uma transferência eletrônica de valores ao mês sem custos para conta bancária mantida em qualquer instituição financeira habilitada a operar pelo Banco Central”.

Crédito da foto: Rodolfo Loepert

PALMEIRINA LIDERA ISOLAMENTO SOCIAL NESTA QUINTA, 21



Confira o índice de isolamento social dos 10 melhores municípios que fazem parte da V Regional de Saúde, referente à quinta-feira, 21 de maio. Os números estão sendo divulgados pela parceria do Ministério Público de Pernambuco com a InLoco Georreferenciamento, que utiliza dados de localização por telefonia celular, método usado em todo o país.

Palmeirina mais uma vez lidera na região. Capoeiras voltou a aparecer entre os melhores. 

Em nossa estatística mensal, Brejão é 1º. Caetés, 2º, e Capoeiras, o 3º. Palmeirina subiu para quarta colocação, com Iati e Terezinha dividindo a quinta posição.

Índice médio em PE nesta quinta-feira: 47,6%. 

Vamos ao nosso resultado regional. Estes números são atualizados diariamente. Confira mais abaixo os dias anteriores.

QUINTA-FEIRA (21/05/2020)
1. Palmeirina 49,5% (13° colocado no estado)
2. Capoeiras 48,0% (22°)
3. Terezinha 46,6% (34°)
4. Angelim 45,4% (42°)
5. Águas Belas 45,1% (47°)
6. Brejão 44,7% (53°)
7. Caetés 43,3% (75°)
8. Jucati 43,1% (81°)
9. Iati 43,1% (64°)
10. Calçado 43,0% (85°)
11. Garanhuns 43,0% (86º)

CONFIRA OS DIAS ANTERIORES

GARANHUNS / Feriados de junho antecipados para maio



Foi aprovado o Projeto de Lei da Prefeitura de Garanhuns na Câmara Municipal, que autoriza antecipar três feriados do mês de junho para maio. A medida copia o governador João Dória (SP) e visa dar fôlego ao comércio, na retomada do movimento.

Os feriados são: Corpus Christi (11, quinta), Santo Antônio (Dia 13, sábado) e São João (24, quarta). 

Por serem três feriados ligados à Igreja Católica, o Bispo D. Paulo Jackson foi consultado e teria entendido o momento econômico municipal, e aceitando a proposta. 

A posição de D. Paulo é elogiável, e sua posição não quer dizer que as solenidades religiosas não aconteçam durante o período. Acontecerão normalmente.

A medida é somente para este ano de 2020, e busca impulsionar a economia.

Vale lembrar que este ano não teremos grandes festas nos feriados de Santo Antônio e São João.

Portanto, são feriados em Garanhuns os dias 28, 29 e 30 de maio, conforme já havíamos antecipado na última terça-feira.

Governo de Pernambuco credita nova parcela do Cartão Alimentação Escolar



A GRE/Agreste Meridional informa que a Secretaria de Educação e Esportes, do Governo de Pernambuco, anuncio para esta sexta-feira, 22 de maio, o pagamento de uma nova parcela do Cartão Alimentação Escolar. Com investimentos na ordem de R$ 16 milhões, o repasse de R$ 50,00 está beneficiando 322 mil famílias de estudantes em maior situação de vulnerabilidade e que dependem da merenda fornecida nas escolas da Rede Estadual.

Não é necessário ir à escola para buscar outro cartão. O benefício será creditado automaticamente nos cartões que foram entregues e já estão com os pais e responsáveis pelos estudantes.

Quando o povo precisa, o governo é socialista, até o de Bolsonaro



Quando veio a pandemia e as pessoas precisaram do governo, o governo foi socialista, mesmo com um capitalista no poder. 

O Auxílio Emergencial é socialista. O SUS é socialista. O Enem é socialista. O ProUni é socialista. Bolsa Família é socialista. Vale-transporte é socialista. 13º salário e férias são socialistas. Universidade pública é socialista. O Mais Médicos era socialista. O Hospital Público é socialista. A vacina é socialista. A live é socialista (algumas, né?). A campanha filantrópica é socialista, ... A vida em comunhão e que compartilha é socialista.

Trabalhar e ganhar dinheiro é capitalista, para bancar tudo isso aí em cima. Mas você entra com o trabalhar e alguém, em algum lugar, com o ganhar dinheiro.

Quando a coisa aperta, até o governo Bolsonaro tem que ser socialista. E mesmo com toda dificuldade, tem sido. 

VEJA ESSE VÍDEO. Não é hora de ter lado, a não ser na luta contra o Covid-19.



Vírus não é de direita nem de esquerda. Só em Pernambuco são duas mil mortes. Duas mil famílias que choram. Não é hora de ter lado, a não ser do lado da luta contra o Covid-19.

MÃOS SOLIDÁRIAS BUSCAM CESTAS BÁSICAS PARA DOAÇÕES A FAMÍLIAS CARENTES

“É graça divina começar bem. Graça maior persistir na caminhada certa. Mas Graça das Graças é não desistir nunca” (Dom Helder Câmara) 



Estamos enfrentando uma pandemia, onde no momento o Brasil é o 3º país no mundo com mais casos confirmados da covid-19. Diante desse cenário, há 45 (quarenta e cinco) dias estamos construindo, em Garanhuns, a campanha “Mãos Solidárias, Cuidam da Terra e Alimentam o mundo”, realizada pela Frente Brasil Popular do Agreste Meridional, organizada pela FETAPE, Coletivo Motirõ, CUT, STRs da região, MST e o Instituto Manuel Santos, com o apoio de Associações, Coletivos, Sindicatos, Movimentos Sociais, Instituições, Universidades, empresários, micro e pequenas empresas de nossa região que se somaram na partilha solidaria de acolhimento, companheirismo e afeto. 

Nesse período envolvemos 250 (duzentos e cinquenta) voluntários/as, organizados/as nas frentes de trabalho: cultura, comunicação, entrega das marmitas, confecção dos EPIs, saúde, cozinha, higienização e infraestrutura/articulação, o que resulta, até o momento, na recepção de aproximadamente 06 (seis) toneladas de alimentos, materiais de limpeza e higiene pessoal, na produção e distribuição de 9.000 (nove mil) marmitas solidárias + 2.000 (duas mil) máscaras + 150 (cento e cinquenta) cestas básicas, produção de 1.000 (mil) mudas de pau Brasil, além da doação de produtos da agricultura familiar no Abrigo São Vicente de Paulo na cidade de Garanhuns. 

Na quarta-feira 13 de maio, foi publicado pelo Governo Municipal de Garanhuns o Decreto nº 42/2020 que estabeleceu novas medidas rígidas de enfrentamento à Covid-19, buscando elevar o grau de isolamento social da população no município. Entendemos a necessidade do isolamento ante os crescentes casos de suspeita de Covid-19 em Garanhuns e nos municípios vizinhos, todavia não podemos fechar os olhos para a fome e para as necessidades do nosso povo que precisa comer. 

Por tudo isso a coordenação da ação, entende ser necessário redimensionar a Campanha “Mãos Solidarias Cuidam da Terra e Alimentam o Mundo” para a doação de cestas básicas, que serão distribuídas inicialmente as 100 (cem) famílias cadastradas durante esse período. Continuamos necessitando do apoio e do trabalho de todos/as os/as envolvidos/as, pois continuaremos recebendo as doações de alimentos (perecíveis ou não), materiais de higiene pessoal e limpeza, além das doações financeiras que efetivarão as cestas básicas e contribuirão para materializarmos a ação “Nosso Gás de solidariedade” – que visa garantir, o gás de cozinha, para que as famílias possam processar seus alimentos. 

COMO AJUDAR: 

• Estaremos recebendo donativos na subsede da FETAPE, que fica na Avenida Duque de Caxias, 258 – Heliópolis, em frente à Vila dos Oficiais, das 09h às 12h, de segunda a sexta; 

• Depósitos e transferências podem ser feitos na conta bancaria da Associação Técnica para o Desenvolvimento da Agricultura Familiar - CNPJ: 10.812.610/000-43, no Banco do Brasil Agência 0067-1 Conta Corrente nº 263478-3. 

Da resistência do povo tem nascido muitas formas de partilha e solidariedade, o que nos faz compreender a importância de seguirmos marchando para conquistar e garantir direitos para trabalhadores e trabalhadoras do campo e da cidade. 

Frente Brasil Popular do Agreste Meridional.

DESTAQUES DO BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.