GOVERNO DO ESTADO 3

quinta-feira, 9 de dezembro de 2021

Prefeitura de Garanhuns antecipa salários de dezembro

 


A Prefeitura de Garanhuns está antecipando os salários de dezembro para os servidores efetivos, contratados e comissionados, incluindo a Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT), que recebem, geralmente nos últimos dias do mês e agora contarão com os vencimentos deste mês na segunda-feira, dia 20. O pagamento de aposentados e pensionistas, do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Garanhuns (IPSG), está previsto para ser pago também até esta data.


De acordo com o secretário de administração, Acácio Godoy, cerca de R$ 12 milhões de reais serão injetados na economia do município na data, valor equivalente ao pagamento dos salários de dezembro do servidor público municipal, incluindo a AMSTT. E, segundo o IPSG, os salários de aposentados e pensionistas deste mês superam os R$ 3,2 milhões. “Trata-se de um esforço do município em antecipar estes pagamentos, demonstrando saúde financeira do erário, e também um compromisso da gestão com os servidores e a sociedade em geral”, afirma o secretário.

O Prefeito de Garanhuns Sivaldo Albino, autorizou a antecipação do pagamento destes salários. “Com o caixa do município equilibrado, inclusive com obras iniciando com garantia de recursos próprios, e a cidade vivendo o clima e os contos de esperança da Magia do Natal, resolvemos antecipar os salários para que os servidores possam ter um final de ano mais feliz com seus familiares e a economia do município possa ser movimentada, já que estamos antecipando a entrada destes recursos em circulação de mais de R$ 15 milhões, ajudando comércio, setor de serviços e microempresários a terem melhores resultados. É daqui para melhor! Que o Natal seja bom para todos, com as bênçãos do nosso Senhor Jesus Cristo”, destaca o prefeito.

Casos respiratórios graves provocados por influenza ultrapassam os de Covid-19 pela primeira vez no Rio



O surto de influenza que atinge o município Rio de Janeiro já provoca mais casos respiratórios graves do que a Covid-19. Com emergências lotadas, a cidade enfrenta dificuldades para conter a gripe: faltam vacinas e médicos para atender quem apresenta sintomas. Diante desse cenário, especialistas já falam em uma epidemia.

Em foco: o governador de São Paulo, João Doria, anunciou doação ao Rio de 400 mil doses de vacina contra a influenza. Horas depois, o Ministério da Saúde enviou 100 mil imunizantes.

Aconteceu hoje: a prefeitura abriu um polo de atendimento e testagem no Complexo do Alemão. Em menos de uma hora, mais de 200 pessoas haviam sido atendidas com sintoma da doença.

Panorama: a média móvel de casos de influenza no Estado do Rio subiu de 173 (registrados entre 15 e 20 de novembro) para 4.752 (entre os dias 4 e 6 de janeiro). A alta foi de 2.647%.

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.