GOVERNO DO ESTADO

quinta-feira, 4 de novembro de 2021

Começou o esquenta da Black Friday da Ferreira Costa 

 



No site www.ferreiracosta.com o cliente já encontra ofertas que não voltarão mais baratas no dia do evento, já na loja, o Black Friday começa no dia 11 de novembro.

O evento é a segunda data mais importante no varejo brasileiro, ficando atrás apenas da data comemorativa natalina. A oportunidade se dá pelo fato de vários consumidores optarem por economizar ao longo do ano só para aproveitar ao máximo as ofertas desta ocasião.

E o Home Center Ferreira Costa se preparou para esta demanda dos clientes e oferecerá produtos com até 70% de desconto tanto nas lojas e no www.ferreiracosta.com. Sabe o melhor? Tudo podendo ser dividido em até 10x sem juros. É Black de verdade ou, não é?

Os consumidores poderão encontrar as ofertas da loja no site. Mas, com um diferencial: No www.ferreiracosta.com, eles poderão contar com ofertas exclusivas que não terão nas lojas e algumas promoções relâmpago, com tempo e quantidade limitada. Com uma grande novidade, tanto nas lojas físicas quanto no site, os pagamentos podem ser efetuados através do PIX.

Produtos desejo para casa, como eletrodomésticos, móveis, decoração, utensílios domésticos, iluminação e muito mais farão dessa Black Friday o melhor momento para renovar o lar. Quem deseja construir ou reformar para o fim do ano, não pode perder as ofertas de construção. Serão tintas, louças sanitárias, janelas, ferramentas, básicos para construção e muitas outras ofertas.

Segundo o gerente de compras da Ferreira Costa, Nivaldo Marques: “O objetivo é vender igual ao ano passado. No final de 2020, a economia teve um aquecimento grande, devido ao consumo represado. Muitas pessoas em casa, investindo no lar.”

A expectativa para a data também é o aumento nas vendas no www.ferreiracosta.com. De 2020 para cá, houve uma mudança de paradigma comportamental de consumidor. Antes, muitas pessoas tinham receio de fazer as suas compras em plataforma. Hoje, com muitas empresas conhecidas oferecendo comodidade para seus clientes, essa migração vem crescendo.

O Home Center Ferreira Costa também percebeu um aumento nas compras online, mas ainda há muita oportunidade de crescimento, tendo em vista que muitas pessoas ainda não compraram através do digital ou fizeram apenas uma compra. “Nos últimos seis meses, nosso e-commerce cresceu acompanhando o comportamento de compra mais digital das pessoas que estavam em casa. Nossa expectativa para esta Black Friday é chegar a 30% de crescimento comparado ao ano passado”, ressalta Flávia Chiba, gerente de e-commerce da Ferreira Costa

Ao comprar no site da Ferreira Costa, o cliente pode optar por receber os produtos no conforto do seu lar ou até mesmo fazer a retirada em uma das lojas físicas com toda segurança, através do serviço de Clique & Retire. Como medidas preventivas, as lojas estabeleceram cuidados de higienização e limpeza, equipamentos de proteção para colaboradores e máscaras para clientes, normas para distanciamento, entre muitas outras ações. A logística também foi reforçada para atender à crescente demanda da compra online, com controle de segurança nas entregas. Tudo isso visando a segurança dos clientes e funcionários e ainda garantir a qualidade do serviço e entrega dos produtos para seus clientes.

E quem disse que para por aí? O Black Friday do Home Center da Ferreira Costa também contará com uma cobertura toda feita por um time de influenciadores de peso, onde eles mostrarão as novidades do site e da loja, como achadinhos, preços exclusivos e ofertas relâmpagos. Tudo isso, os interessados encontrarão no @ferreiracosta, facebook/ferreiracosta e também no próprio www.ferreiracosta.com.

O Home Center Ferreira Costa conta com 80 mil itens para casa, construção e decoração, utilidades domésticas, móveis, eletrodomésticos e automotivos.

Então, para quem não quiser perder esse momento único e garantir já o presente do final de ano ou aquele produto que passou o ano inteiro de olho, os interessados poderão já ficar de olho no que virá por aí. É nele, que as pessoas realizam os seus sonhos, pagando muito, mas muito barato. Afinal, é BLACK DE VERDADE.

INCLUIR É BEM MAIS QUE UMA AÇÃO. - Por Dr. Jarbas Carneiro Trindade

ARTIGO

"Sou advogado com 15 anos de OAB e 46 anos de idade, e tenho deficiência visual. Na minha militância profissional, como tantos outros colegas com deficiência, enfrentei inúmeras barreiras para exercer minha profissão com autonomia e independência. Fui graduado pela Universidade Católica de Pernambuco, tendo cursado direito como aluno com deficiência visual.

Para realizar o exame de ordem com autonomia e independência foi necessário ingressar com mandado de segurança contra a OAB para assegurar acessibilidade na prova, como até hoje vários graduandos com deficiência têm que fazer.

A partir de 2011, o Conselho Nacional de Justiça desenvolveu o sistema PJe, que é responsável nacionalmente por quase toda movimentação processual em meio eletrônico no território nacional, visando à extinção dos processos físicos.

Esta alteração seria salutar se o PJe possuísse acessibilidade para o uso de advogados e advogadas com deficiência. Porém, além de o sistema não ser acessível, este, hoje, é quase universal, estando sua inacessibilidade em flagrante descumprimento com a LBI Lei 13.146/2015 e as Resoluções do CNJ 230/2016 e 335/2020.

Em 10 anos de implementação do sistema, a OAB quedou-se silente com a falta de acessibilidade no Pje, em flagrante descumprimento a legislação, e conivência a uma barreira fundamental às prerrogativas dos advogados e advogadas com deficiência.

Tomei conhecimento da divulgação em redes sociais de uma foto minha com o atual Presidente da Ordem em Pernambuco, imagem com uso claramente político. Me lembro que, no início da atual gestão do Presidente da OAB Seccional Pernambuco, Dr. Bruno Baptista, fui convidado para receber o Estatuto da Advocacia e o Código de Ética, impressos em braile. Na oportunidade, expus ao presidente as barreiras de acessibilidade para o exercício da profissão pelos colegas com deficiência, sugerindo diversas ações de inclusão.

Até a presente data, nós pessoas com deficiência, operadores do Direito, enfrentamos as mesmas barreiras de décadas atrás, para o exercício da nossa profissão com autonomia e independência, talvez, devido a OAB/PE não compreender o que de fato significa incluir, e que ações pontuais não resolvem décadas de exclusão.

Irresignado com a inação das gestões sucessivas da OAB em Pernambuco, incluindo a Subseccional em Garanhuns, me disponibilizei para ser candidato a vice-presidente, sendo esta a primeira candidatura de um advogado com deficiência visual.

Incluir, é bem mais que uma ação pontual, tem que ser um compromisso de renovação.

Jarbas Trindade
Candidato a Vice-Presidente da OAB Subseccional Garanhuns"

PEC dos Precatórios é aprovada em primeiro turno após manobras de Lira




A Câmara dos Deputados aprovou em primeiro turno o texto principal da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios. O projeto está no topo das prioridades do governo, porque altera regra do teto de gastos, autoriza parcelamento de dívidas judiciais e abre espaço de R$ 96,1 bilhões no Orçamento do próximo ano. O governo pretende usar parte dos recursos para turbinar o Auxílio Brasil até o fim de 2022, ano em que o presidente Jair Bolsonaro disputará a reeleição.

A aprovação ocorreu após intensa negociação e alterações regimentais promovidas pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) e criticadas pela oposição. Lira permitiu o voto remoto para deputados em missão oficia no exterior. O texto foi aprovado com placar apertado, de 312 votos a favor — eram necessários 308 —, e apoio decisivo do PDT. Deputados devem votar destaques e a proposta em segundo turno nesta quinta-feira.

Conselho de Alimentação Escolar de Garanhuns realiza eleição para Quadriênio 2021-2025




O Conselho de Alimentação Escolar, vinculado à Secretaria de Educação, está realizando a eleição para o Quadriênio 2021-2025. A convocação foi publicada no Diário Oficial e o prazo para inscrição segue até a próxima sexta-feira (05). Os conselheiros tem atribuições como zelar pela qualidade dos produtos, desde o processo de licitação até a distribuição aos estudantes; e analisar as prestações de contas do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

O CAE é composto por representantes das entidades de trabalhadores da Educação, de pais e mães de estudantes, das Entidades Civis Organizadas, bem como a indicação dos representantes do Poder Executivo.

O candidato deve realizar a inscrição até a próxima sexta-feira (05), das 8h às 14h, na Sede dos Conselhos de Educação, que fica na Avenida Agamenon Magalhães, nº 237, Heliópolis.
É necessário preencher o formulário específico e levar cópias de RG, CPF, Comprovante de residência e Comprovante da categoria que representa. A eleição será realizada no dia 11 de novembro, a partir das 14h.

"Teto solar" faz BC dar recado duro a governo




Até semana passada, os investidores permaneciam animados no Brasil. Com a publicação dos dados fiscais de setembro, a previsão era de um 2022 muito razoável. No entanto, os boletins já alertavam para o que poderia estragar o céu de brigadeiro: a incerteza gerada pelas sinalizações do governo Bolsonaro em relação ao orçamento de 2022 e o seu compromisso com o ajuste fiscal.

Segundo a colunista Thaís Oyama, no sábado, a declaração de Bolsonaro de que tem um temeroso "plano B" para o caso de a PEC dos Precatórios não ser aprovada e a possibilidade de que esse plano passe por heterodoxias como a decretação de estado de calamidade deixaram claro que o governo está disposto a se jogar no poço da irresponsabilidade fiscal se este for o preço da reeleição do ex-capitão.

Diante disso, a alegria do pobre durou pouco. A ata do Copom publicada nesta manhã diz que "questionamentos relevantes em relação ao futuro do arcabouço fiscal atual" resultaram em "elevação dos prêmios de risco" e "das expectativas de inflação", o que implica "maior probabilidade para cenários alternativos que considerem taxas neutras de juros mais elevadas".

Em outras palavras, o que o Banco Central disse foi que o governo está metendo os pés pelas mãos e isso vai levar a um aumento brutal dos juros.

O mercado já aposta numa elevação da Selic para 12% ao ano — lembrando que cada ponto a mais na taxa básica de juros representa um impacto na dívida pública de R$ 35 bilhões a 40 bilhões.

Um experiente analista de mercado diz que os agentes financeiros aceitariam resignados um aumento temporário da despesa. Mas não reagirão da mesma forma diante da percepção de que o furo no no teto de gastos —agora cinicamente chamado por aliados do governo de "teto solar", dado que desliza ao sabor dos elementos— será muito maior que os R$ 30 bilhões sugeridos e tem como propósito viabilizar barganhas políticas com vistas à eleição.

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.