BLUENET - PROVEDOR DE INTERNET

DESTAQUES DO BLOG

terça-feira, 12 de março de 2019

Programação do Festival Viva Dominguinhos 2019 em Garanhuns


TINHA QUEM NÃO ACREDITASSE / São Bento do Una já recebe água do Rio São Francisco

Arcoverde, Pesqueira, Belo Jardim e Sanharó já estão sendo atendidas por este sistema


Um dia após a chegada em Sanharó, as águas do rio São Francisco começam a abastecer a população de São Bento do Una, que fica a 206 quilômetros da capital pernambucana. Ainda em fase de testes, os bairros Rua Nova, Menino Jesus de Praga, Balança e Agra foram os primeiros beneficiados e a expectativa é de que o primeiro ciclo de abastecimento seja concluído até o próximo dia 19. A iniciativa faz parte do projeto hídrico do Governo Paulo Câmara para ampliar a oferta de água em cidades do Agreste, onde há maior carência de recursos hídricos.

Ontem (10), a Companhia Pernambucana de Saneamento – Compesa deu início ao enchimento dos reservatórios e, na manhã desta segunda-feira, 11, os moradores começaram a receber água da transposição nas torneiras. “A água chega em um momento crucial para o município de São Bento do Una. 70% da cidade estava em colapso, pois o Sistema Pau Ferro, que abastece a cidade, só conseguia atender 30% da população uma vez por mês”, afirma o presidente da Compesa, Roberto Tavares.

São Bento do Una passa a fazer parte do grupo de cidades que estão sendo abastecidas com água do rio São Francisco por meio da integração das Adutoras do Agreste/Moxotó. A determinação do governador Paulo Câmara de antecipar a utilização da tubulação implantada da Adutora Agreste, antes da construção do Ramal do Agreste pelo governo federal, tem transformado a realidade da região que tem o pior balanço hídrico do país e sofre com estiagens prolongadas.

Foram investidos R$ 85 milhões na construção da Adutora do Moxotó que capta água do Rio São Francisco direto da Barragem de Rio da Barra, em Sertânia, e se une à Adutora do Agreste, em Arcoverde. Ao todo, 400 mil pessoas de dez municípios serão beneficiadas. 

OLHA QUE LEGAL / Dia Internacional da Mulher foi comemorado com diversas atividades na V GERES

Servidoras tiveram acesso a serviços e cuidados especiais, a exemplo de auriculoterapia, massoterapia, cromoterapia e aromaterapia



Durante a manhã da sexta-feira (08/03), a V Gerência Regional de Saúde, através do Núcleo de Atenção à Saúde, realizou atividades alusivas ao Dia Internacional da Mulher. Para marcar a data, cartazes com estatísticas da violência contra a mulher e mensagens sobre direitos e autonomia feminina foram expostos na parte interna da regional. O objetivo da exposição foi provocar a reflexão sobre o contexto histórico da luta feminina e a endêmica violência contra as mulheres.

Em uma das salas da gerência foi proposto um tempo de cuidado para as servidoras com a oferta de diversos serviços, como auriculoterapia e massoterapia, aliadas a cromoterapia e aromaterapia, com a colaboração dos programas de Residência Multiprofissional em Saúde Coletiva com Ênfase em Gestão de Redes-ESPPE, Residência Multiprofissional em Atenção Hospitalar com Ênfase em Gestão do Cuidado-ESPPE e Residência Multiprofissional em Saúde da Família com Ênfase na População do Campo-UPE. A sala foi procurada e aprovada por todas, gerando e compartilhando alegria e bem estar.

Catarina Tenório, Gestora da V GERES, afirmou que a cada ano a gerência busca marcar a data com atividades. "A integração da equipe e o reconhecimento ao trabalho é fundamental. Os serviços foram realizados de forma voluntária e a gente enaltece e agradece a participação de todos, principalmente da equipe que tomou a iniciativa".

Ana Cláudia de Mendonça, do Núcleo de Atenção à Saúde da GERES, aproveitou os serviços oferecidos. "Esta foi minha primeira experiência com Auriculoterapia, e adorei. Agradeço à equipe que nos proporcionou esta oportunidade de cuidado durante este dia tão significativo para todas nós, mulheres, trabalhadoras do SUS".

ALERTA / Modelo de privatização do Aeroporto de Recife prejudica Pernambuco


Resultado de imagem para aeroporto recife privatização


O leilão em bloco do aeroporto do Recife e de outras cidades do Nordeste, planejado pela gestão Bolsonaro para a próxima sexta-feira (15), foi duramente questionado pelo líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), nesta segunda (11). Em uma semana decisiva para Pernambuco, a ideia da equipe do governo é leiloar três blocos de aeroportos: o do Nordeste, o do Centro-Oeste e do Sudeste.

De acordo com o senador, até o Ministério Público Federal (MPF) já constatou que haverá prejuízo ao terminal aeroportuário da capital pernambucana e que não existe nada no processo do governo federal que garanta o sucesso do formato.

Ele lembrou, inclusive, que o MPF orientou o Tribunal Regional Federal da 5ª Região a aceitar a ação e suspender o processo até que existam estudos conclusivos sobre a concessão, com garantia para todos os participantes. 

“O aeroporto do Recife é o líder em movimento de passageiros no Nordeste e sairá no prejuízo com o formato da licitação em bloco estabelecido pelo governo. Pernambuco não quer ser melhor do que nenhum outro estado. Nós insistimos que a privatização deve ser realizada, mas de forma individual, como foi feita até o momento”, afirmou. 

Humberto garante que a mudança do modelo em que os aeroportos eram privatizados de forma individual para o formato de blocos foi tomada sem nenhuma base consistente e sem estudos aprofundados sobre a viabilidade da alteração. 

Para o parlamentar, foi uma decisão política para garantir a privatização de aeroportos que apresentem lucros muito baixos ou mesmo são deficitários e prejudicar os que apresentam bons resultados. Assim, optaram por agrupar os terminais. 

“A perda de competitividade do aeroporto do Recife por ser constatada por meio de várias comparações com terminais do Nordeste já privatizados individualmente. A primeira delas é com o aeroporto de Natal, que mesmo tendo apenas 28% do número de passageiros do Recife (2,3 milhões contra 8,2 milhões), receberá R$ 650 milhões em investimentos, ou 77% do total da capital pernambucana”, observou. 

O líder do PT também garantiu que o nível de investimento do Recife, em relação a Fortaleza, que recebe quase dois milhões de passageiros a menos por ano, está muito baixo. Enquanto a capital cearense vai ganhar R$ 1,4 bilhão, o terminal pernambucano vai contar com apenas 60% desse montante.

O senador também ressalta que, quando a comparação é com Salvador, que também recebe menos passageiros do que o Recife (7,7 milhões), os números ficam ainda piores. O aeroporto baiano receberá R$ 2,8 bilhões em investimentos, ou seja, 330% a mais do que o previsto para o Recife, que será privatizado em bloco. 

“A dificuldade de se manter o nível de investimento no aeroporto do Recife da mesma forma que foi feito com os demais concorrentes nordestinos está no fato de que o vencedor do leilão vai precisar investir no nosso terminal e em mais cinco, todos eles com dificuldades financeiras”, sublinhou. 

Ele chamou a atenção para disparidade do bloco do leilão do Nordeste para os dois aeroportos da Paraíba, João Pessoa e Campina Grande, que fecharam 2017 com um balanço de R$ 15 milhões negativos. Enquanto isso, o aeroporto do Recife fechou o mesmo ano com um saldo positivo de R$ 130 milhões. 

“Está muito claro que todo o lucro do Recife será drenado para a manutenção dos outros cinco, assim como para garantir os investimentos em todos do bloco Nordeste. Ao invés de o lucro ser reinvestido no próprio terminal, o dinheiro será dividido entre todos, contribuindo assim com a perda de competitividade em relação aos concorrentes nordestinos. É um pleito encampado pela bancada pernambucana, diante do imenso prejuízo que ameaça nosso aeroporto”, reiterou. 

O parlamentar disse que a expectativa é que a liderança de movimentação de passageiros no Recife seja perdida para Salvador e até mesmo Fortaleza, prejudicando uma rede de 52 segmentos da economia que se beneficiam diretamente do turismo e, por consequência, da excelente fase do aeroporto do Recife.

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.