GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

quinta-feira, 17 de setembro de 2020

FOME CRESCE NO BRASIL

 

Três milhões de pessoas passaram à situação de insegurança alimentar grave no país entre 2013 e 2018. O avanço da fome no Brasil foi constatado pela Pesquisa de Orçamentos Familiares 2018 do IBGE, divulgada hoje. Foi a primeira vez que o indicador de segurança alimentar recuou desde o início do levantamento, em 2004.

O estudo mostrou que quase 85 milhões de brasileiros experimentavam algum tipo de insegurança alimentar em 2018 — 10,3 milhões estavam no nível mais agudo. Ao todo, 36,7% dos 68,9 milhões de lares brasileiros enfrentavam problemas para garantir alimentos para todos os integrantes da família.

A pesquisa mostra, ainda, que a fome chega aos domicílios acompanhada de problemas como acesso à água encanada e ao tratamento de esgoto.

Em foco: o estudo revela que famílias na condição de insegurança grave são as que mais sofrem com a alta dos preços da cesta básica. Os dados acionam o alerta para o impacto da pandemia do coronavírus e da recente inflação dos alimentos nos lares mais vulneráveis.

Análise: a incerteza se haverá alimento no prato angustiou quase 40% das famílias, afirma Cássia Almeida: “A recessão de 2014 e 2016 deixou os mais pobres ainda mais pobres, e a recuperação da economia não atingiu quem está na base da pirâmide de renda”.

DESTAQUES DO BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.