PE CONTRA O CORONAVÍRUS

quarta-feira, 5 de maio de 2021

NOTA DE PESAR Prof° Rodrigo Freitas




Foi com muita tristeza que recebemos a notícia do falecimento do professor Rodrigo Freitas, da Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns. Era o coordenador nomeado pelo nosso governo para o Curso de Direito da AESGA.
Conhecíamos seus planos para melhorar a educação em Garanhuns, e mais, para projetar um mundo melhor para todos. Era jovem, dinâmico e comprometido com as mudanças estruturais e sociais que o município e o país precisam. Por isto, por conhecer sua vontade de contribuir, nosso sentimento pela perda é imenso. Perdemos um professor e um amigo.

Estamos decretando luto oficial de três dias em sua homenagem.

Aproveitamos para registrar que estamos perdendo muitos conterrâneos nas últimas semanas para este vírus cruel que tem transformado os dias e noites em luto contínuo, por isto, pedimos que todos e todas reforcem os procedimentos de prevenção de contágio.

Ao amigo Rodrigo Freitas, a certeza do encontro com Deus. À sua esposa Natália e demais familiares e amigos, nossos mais sinceros sentimentos pela perda tão precoce. À presidente da AESGA, Adriana Carvalho, em nome dos colegas, nosso profundo pesar.

Garanhuns, 05 de Maio de 2021


Sivaldo Albino
Prefeito de Garanhuns

GARANHUNS / Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente finaliza a primeira etapa do Programa Fomento Rural em Comunidades Quilombolas





A Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente – SDRMA, finalizou mais uma etapa do Programa Fomento Rural. Nesta fase foi realizado o preenchimento dos formulários a fim de coletar informações sobre o Diagnóstico local das famílias, o Termo de Adesão ao programa e por fim o tipo de Projeto Produtivo Rural que cada família envolvida pretende executar. Ao todo, foram beneficiadas 06 Comunidades Quilombolas de Garanhuns: Estivas, Castainho, Tigre, Estrela, Timbó e Caluete.
Durante o processo de construção dos projetos produtivos rurais, a SDRMA articulou um intercâmbio entre as comunidades quilombolas de Caluete e Estivas. Devido a comunidade do Estivas estar trabalhando de forma coletiva no Espaço Agroecológico Dona Mira, sendo uma Unidade Demonstrativa de Produção Agroecológica Integrada e Sustentável – PAIS, além disso, há também a construção de um Biodigestor na propriedade de uma das agricultoras, dessa forma, os agricultores da comunidade de Caluete puderam vivenciar um pouco da experiência, da dinâmica e do modo de produzir desses agricultores agroecológicos.

O intercâmbio entre as famílias rurais é uma das metodologias mais importantes da Agroecologia, pois é na troca de saberes e sabores que o conhecimento se amplia e aperfeiçoa, de forma interdisciplinar e descentralizada. Já para as Comunidades Quilombolas, a importância e a valorização dos trabalhos coletivos é algo histórico e fundamental para a permanência destas comunidades em seus territórios, pois, ao longo da história, foi através do trabalho coletivo que as comunidades puderam se erguer e se fortalecer na luta contra as opressões vivenciadas.

Para Maria Nazaré Pereira, uma das agricultoras de Caluete que participou do intercâmbio no Estivas, o programa traz consigo um novo olhar para o campo. ”Foi muito bom, muito bonito, gostei muito, a horta é linda, muitas coisas que nós não tínhamos visto ainda, uma horta diferente, eu gostei bastante, muito organizado”. O objetivo da produção do PAIS é fortalecer a Economia Solidária, trazer renda para cada família envolvida e colocar comida na mesa. Além disso, com os excedentes, escoar para a cooperativa e acessar os mercados institucionais, como o PAA, o PNAE e também as Feiras Livres. Durante o processo do Fomento Rural a SDRMA contou com a participação de residentes em saúde da população do campo.

CPI da Covid: Após Mandetta criticar desprezo do presidente pela ciência, hoje é vez de Teich

Nelson Teich cumprimenta seu sucessor, Luiz Henrique Mandetta, durante sua cerimônia de posse na Saúde


Depois de um primeiro dia dominado pelas declarações do ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, a CPI da Covid ouve, a partir das 10h, o depoimento de seu sucessor no cargo, Nelson Teich.

O oncologista iria depor inicialmente ontem, mas a data foi alterada também após outro ex-titular da pasta durante a pandemia, Eduardo Pazuello, alegar ter tido contato com duas pessoas que testaram positivo para covid. O general será ouvido em 19 de maio.

Antes de ser questionado pelos senadores, Teich deverá fazer uma breve explanação sobre seu mandato de menos de um mês à frente da pasta. Minoria na CPI, os senadores governistas devem tentar minimizar o depoimento de Nelson Teich com base no pouco tempo que o médico ficou à frente da pasta.

O depoimento de Mandetta

Hoje crítico de Jair Bolsonaro (sem partido), Mandetta afirmou que o presidente contrariou orientações do Ministério da Saúde baseadas na ciência e adotou discurso negacionista que ajudaram na propagação da pandemia pelo país. Veja algumas de suas falas:

"A sensação que eu tinha é que eu era o mensageiro da má notícia. Sabe quando você dá as notícias que você tem que dar, eu acho que lealdade é isso, você não deixar a pessoa dizer 'olha, não fui assessorada, não foi explicado'. Acabou gerando mais distanciamento [entre Bolsonaro e eu]."

"Esse ministro [Paulo] Guedes, era desonesto intelectualmente, uma coisa pequena, um homem pequeno para estar onde está. Ele não soube nem olhar para o calendário [de vacinação] para falar 'puxa, não tem vacina sendo comercializada no mundo...'. Eu só posso lamentar. O ministro da Economia não ajudou em nada, pelo contrário. Só ligava e falava 'já mandei o dinheiro, se virem, agora vamos tocar a economia"

"Fui informado, após uma reunião, que era para subir para o terceiro andar porque tinha uma reunião de vários ministros e médicos. Vinham propor esse negócio de cloroquina que nunca eu havia conhecido, porque ele [Bolsonaro] tinha um assessoramento paralelo nesse dia."

"Várias vezes, na reunião do Ministério [da Saúde], o filho do presidente, que é vereador no Rio de Janeiro [Carlos Bolsonaro (Republicanos)], estava sentado atrás, tomando as notas na reunião. Eles tinham constantemente reuniões com esses grupos dentro da presidência."

UOL

Carta de Mandetta e fuga de Pazuello estragaram tática de Bolsonaro na CPI; entenda

CPI levanta 200 falas negacionistas de Bolsonaro sobre a pandemia de  Covid-19 - ISTOÉ Independente


No primeiro dia reservado pela CPI da Covid à oitiva de depoimentos, a estratégia do governo para enfrentar a investigação legislativa sofreu dois reveses. Num, o ex-ministro da Saúde Henrique Mandetta forneceu à comissão cópia de carta que entregou em 28 de março de 2020 ao presidente da República.

"O documento contém informações que dificultam o esforço do Planalto para reescrever o enredo da pandemia no Brasil", afirma Josias de Souza em sua coluna desta terça-feira (4).

Noutro revés, o também ex-ministro Eduardo Pazuello cavou uma desculpa para protelar o depoimento marcado para quarta-feira. Alegou que teve contato com dois coronéis infectados pelo coronavírus. Estaria, portanto, impedido de comparecer à CPI.

"Pazuello já contraiu a Covid-19 quando era ministro. Curiosamente, o único mal-estar que exibiu nas últimas horas foi o nervosismo com o treinamento que recebeu para o depoimento que conseguiu adiar por duas semanas" Josias de Souza.

UOL

Abertas inscrições para o programa de cursos de cultura “SescPE em Casa”

 



O Centro de Produção Cultural, Tecnologia e Negócios do Sesc, localizado em Garanhuns, abriu inscrições para cursos de artes que fazem parte do programa “SescPE em Casa” que serão realizados de 11 de maio a 16 de julho em formato virtual e ao vivo. As formações contemplam as linguagens artísticas de Teatro, Música, Dança, Literatura, Audiovisual e Artes Visuais. Para participar, é preciso fazer a inscrição no site de cursos do Sesc PE (https://cursos.sescpe.com.br). O valor total do investimento é de R$ 80, sendo que os trabalhadores do comércio e seus dependentes, que têm o Cartão do Sesc atualizado, têm desconto e pagam R$ 40.

 No período de 11 de maio a 15 de julho serão realizados os cursos de Cinema de Bolso – Criação de Brinquedos Ópticos, Cinema Documentário – ambos ministrados por Gabi Saegesser, e A Voz como Instrumento de Trabalho, com Patrícia Van Der Linden. Já de 12 de maio a 16 de julho, acontecem as demais formações: Dança Contemporânea para Iniciantes, com Gardênia Coleto; Escrita Criativa para Crianças e Escrita Literária para Adultos, com Marcilene Pereira; Teatro On-line para Iniciantes, com Yalle Feitosa. Robson Cavalcanti vai ministrar duas turmas de Música: Violão Popular para Iniciantes e Teoria Musical e Leitura de Partituras

 

Para quem se interessa pelas Artes Visuais, são três as opções, que também acontecem de 12 de maio a 16 de julho: Ilustração para LiteraturaDesenho e ToyArt – Arte para a Família e Pintura em Aquarela, todas com Rafael Vinícius. Os dias e horários dos cursos estão descritos nos links de inscrição de cada um deles. “A proposta do Sesc é transformar as casas das pessoas em centros culturais, ou seja, é levar as formações que realizamos de forma presencial no CPC até as pessoas que, neste tempo de pandemia do novo coronavírus, se encontram em casa, respeitando o distanciamento social”, afirma Josimar Araújo, supervisor de cultura do CPC.

 

Sesc - Fundado em 1947 em Pernambuco, o Serviço Social do Comércio é uma instituição privada mantida pelos empresários do comércio de bens, serviços e turismo. Atuante na Região Metropolitana do Recife, Zona da Mata Norte, Zona da Mata Sul, Agreste e Sertão, oferece atividades gratuitas ou a preços populares nas áreas de Educação, Cultura, Lazer, Assistência e Saúde para comerciários e dependentes. As 23 unidades, incluindo os hotéis em Garanhuns e Triunfo, operam respeitando os protocolos de saúde e alinhadas aos órgãos públicos, e têm ações presenciais, virtuais ou híbridas. No campo digital, a instituição oferece o aplicativo Sesc-PE, facilitando acesso às atividades, renovação e habilitação do cartão, entre outras funcionalidades, e disponibiliza a plataforma Sesc Digital (https://cursos.sescpe.com.br/todos). Por ela, é possível conhecer o cronograma de cursos e realizar a inscrição de forma online e segura. Para acompanhar todas as informações sobre o Sesc, acesse www.sescpe.org.brAlém disso, os empresários do comércio de bens, serviços e turismo que possuem o Cartão do Empresário, da Fecomércio, podem adquirir produtos e serviços do Sesc em condições diferenciadas. Mais informações: www.cartaodoempresario.com.br.

 

Serviço: “SescPE em Casa” – Programa de Cursos de Cultura

Realização: Centro de Produção Cultural, Tecnologia e Negócios do Sesc (CPC)

Data: de 11 de maio a 16 de julho

Inscrições: R$ 40 (trabalhadores do comércio e dependentes) e R$ 80 (público geral)

Link para inscrição: https://cursos.sescpe.com.br

Informações: (87) 3761.2658

 

Cursos

 

de 11 de maio a 15 de julho

Cinema de Bolso – Criação de Brinquedos Ópticos

Cinema Documentário

A Voz como Instrumento de Trabalho

 

de 12 de maio a 16 de julho

Dança Contemporânea para Iniciantes

Escrita Criativa para Crianças

Escrita Criativa para Adultos

Teatro On-line para Iniciantes

Violão Popular para Iniciantes

Teoria Musical e Leitura de Partituras 

Ilustração para Literatura

Desenho e ToyArt – Arte para a Família

Pintura em Aquarela

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.