BLUENET PROVEDOR DE INTERNET

DESTAQUES DO BLOG

quarta-feira, 22 de agosto de 2018

COMO SERÁ O GUIA ELEITORAL EM PERNAMBUCO

Paulo Câmara terá o dobro do tempo de guia de Armando Monteiro



JORNAL DO COMMERCIO - O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) definiu na manhã desta quarta-feira (22) os horários e tempo da propaganda eleitoral obrigatória para as Eleições de 2018 na rádio e televisão. O candidato à reeleição para o governo pela Frente Popular Paulo Câmara (PSB), terá cinco minutos, enquanto a coligação “Pernambuco Vai Mudar”, encabeçada pelo senador Armando Monteiro (PTB) terá dois minutos e 40 segundos.

As veiculações no rádio e televisão vão iniciar no próximo dia 31 de agosto (sexta-feira) e seguem até 4 de outubro, totalizando 35 dias de propagandas gratuitas e de inserções diárias. As eleições estão marcadas para 7 de outubro.

De acordo com o TRE, o horário eleitoral gratuito ocupará 50 minutos por dia (divididos em dois blocos de 25 minutos, de segunda a sábado), além de 70 minutos em inserções diárias (inclusive aos domingos), divididos pelos cinco cargos em disputa. (deputados estadual e federal, senador, governador e Presidente da República).

Dias e horários

Às terças-feiras, quintas-feiras e sábados o horário será destinado às propagandas para os cargos de presidente da República e deputado federal. Já às segundas-feiras, quartas-feiras e sextas-feiras o horário será distribuído para propostas dos candidatos ao Senado, para deputado estadual e governador.

Segundo a secretária judiciária do TRE-PE, Jane Leite, os horários destinados para os governadores e deputado estadual serão nove minutos e senadores terão sete minutos. Entretanto, para os deputados federais e presidenciáveis serão de 12 minutos e 30 segundos para cada, totalizando os 25 minutos.


Informações sobre o Concurso Público para o Ministério Público de Pernambuco



O concurso público para servidores do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) já tem número de vagas e banca organizadora definidos. O certame vai ofertar 13 vagas para o cargo de técnico ministerial e 10 vagas para analista ministerial. Já a empresa responsável por organizar a seleção será a Fundação Carlos Chagas (FCC), escolhida na tarde desta terça-feira (21) por dispensa de licitação.

A expectativa do MPPE é lançar o edital e realizar as provas do concurso ainda neste ano. O último concurso para servidores do MPPE ocorreu no ano de 2012 e também foi organizado pela FCC.

Comitê de João Campos é inaugurado com presença de lideranças políticas. SAIBA MAIS

Durante o ato, realizado na noite da segunda-feira (20), o governador Paulo Câmara destacou a determinação do correligionário de o ajudar a levar adiante as bandeiras de Eduardo Campos, Miguel Arraes e Pelópidas Silveira



A reafirmação do histórico compromisso da Frente Popular com a construção de um Pernambuco mais justo para o seu povo marcou a inauguração, na segunda-feira (20/08), do comitê, no Recife, do candidato a deputado federal João Campos (PSB). Entre os emocionados ocupantes do palco que se transformou na famosa Tribuna 40 - eternizada pelo saudoso pai do socialista, Eduardo Campos - o governador e candidato à reeleição, Paulo Câmara (PSB), destacou o comprometimento demonstrado por João em o ajudar a levar adiante o legado de Eduardo Campos, Miguel Arraes e Pelópidas Silveira.

"João Campos tem coração, espirito público e sabe se colocar no lugar do outro", afirmou Paulo Câmara, arrancando aplausos das milhares de pessoas que acompanharam atentamente o ato. O governador pontuou que o aliado tem experiência e sensibilidade para ser um grande parceiro do Governo de Pernambuco na Câmara Federal. "Me ajudou a governar, como meu chefe de gabinete. Ele conhece o Estado na palma da mão, sabe as prioridades, os desafios", frisou.

A inauguração do comitê de João Campos ainda contou com as presenças do vice-governador Raul Henry (MDB), os candidatos ao Senado na chapa encabeçada por Paulo Câmara, Jarbas Vasconcelos (MDB) e Humberto Costa (PT); dos prefeitos Geraldo Julio (Recife), Marco Patriota (Jupi), Débora Albuquerque (São Bento do Una), Joãozinho (Limoeiro), Beta Cadengue (Brejão), Marcelo (Palmerina) e Junior Matuto (Paulista); dos deputados estaduais Waldemar Borges, Aluísio Lessa, além de um grande conjunto de candidatos a uma vaga na Assembleia Legislativa,  a exemplo de Sivaldo Albino (PSB), lideranças políticas, amigos e familiares de João Campos.

A esse time, João Campos destacou a importância da unidade construída pela Frente Popular para Pernambuco seguir na frente e para ajudar o País a voltar a ser feliz. "Nasceu em Pernambuco a aliança que vai mudar o Brasil. Foi daqui, do nosso Estado. É esta unidade que vai reeleger o governador Paulo Câmara e vai eleger novamente o ex-presidente Lula (PT)", bradou o candidato a deputado federal. 

EMOÇÃO - Coube a Pedro Campos, um dos cinco filhos de Eduardo Campos, comandar um dos momentos mais tocantes da noite. Ele chamou um vídeo - exibido no telão colocado na área externa do comitê - com uma fusão dos discursos proferidos por Eduardo, em 2014, na convenção que oficializou Paulo Câmara como o candidato à sua sucessão, e por João Campos, em 2018, na convenção que materializou a atual reunificação, à esquerda, da Frente Popular. Ao término da apresentação, foi difícil encontrar alguém que tivesse conseguido conter a emoção. 

Fotos: Hélia Scheppa/PSB

NO SÁBADO, Nivaldo Tenório conversa sobre literatura na Casa Café, em Garanhuns

"Foi por ocasião do nascimento de minha sobrinha Beatriz (cujo nome foi pesquisado na Divina Comédia) que conheci o dono de uma clínica neonatal. Na sala de espera as poltronas foram feitas pra ler. 

O senhor de uns setenta anos se sentou numa delas e me perguntou o que eu estava lendo. Agora não me lembro o livro. Mas não importa, aquilo serviu para que dois velhos membros de uma sociedade secreta se reconhecessem. Entabulamos conversa e descobri que era o dono daquela clínica, hoje tocada pelos dois filhos, também médicos, e que gastava a aposentadoria em viajar e ler, disse que já conheceu o mundo todo, que uma vida basta para conhece-lo, mas lamentava não dispor de mais tempo para ler todos os livros que gostaria. E não era tudo, lia Em Busca do Tempo Perdido uma vez a cada dois anos. Fiquei impressionado, pois conheço escritores que nunca leram Proust e aquele leitor não somente o leu, mas relia a cada dois anos. 

É sobre essa figura, o leitor, nossa conversa no Leitura de Ficção deste mês. Ivaldo Vasconcelos vai ler trechos e falar de seu amor pelo Dom Quixote e Pedro Henrique, outro leitor extraordinário, lerá trechos do Lavoura Arcaica. 

Imperdível, sábado próximo, na Casa Café, na Av. Rui Barbosa, ali pelas 19h.

Nivaldo Tenório"

Academia de Letras faz memória a poetas garanhuenses do século XIX

Ígor Cardoso


Dando continuidade ao I Ciclo de Conferências da Academia de Letras de Garanhuns (ALG), será realizada no próximo sábado (25/08), a partir das 19h30, na Sede da própria Academia, a conferência “Poetas do passado: 150 anos de inspiração na ‘Cidade Poesia’ ”, a ser proferida pelo acadêmico Ígor Cardoso. O evento será aberto ao público. 

Na ocasião, o referido acadêmico fará um resgate da memória de grandes vultos da poesia garanhuense, do século XIX. Entre alguns que figurarão na fala do conferencista, estarão os nomes dos poetas: Arthur Maia, Belarmino Costa Dourado, Cecília Rodrigues, Celso Vieira, Jerônimo Gueiros, Luiz Brasil e Narcisa Coelho. 

Na avaliação do Presidente da Academia, Luis Afonso de Oliveira Jardim, esta é uma das ações que fazem com que a ALG assuma o protagonismo enquanto entidade literária garanhuense responsável pela preservação da história dos literatos locais. 

“A Academia de Letras de Garanhuns tem se consolidado como protagonista da preservação da história de nossos escritores e poetas. Este Ciclo de Conferências é uma oportunidade de concretizar essa preservação. Temos nos esforçado grandemente nesse sentido”, declara Jardim.

Em debate na Fiepe, Paulo Câmara propõe pacto para geração de novos empregos

O candidato à reeleição participou, nesta terça-feira (21), de uma sabatina com representantes da indústria e reforçou o compromisso em continuar fazendo o Estado avançar
 

Convidado pela Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (Fiepe) para participar do Diálogo com Candidatos, o governador Paulo Câmara (PSB) defendeu, nesta terça-feira (21), a formação de um pacto pela economia. O objetivo, segundo o socialista, é iniciar uma nova etapa de diretrizes para permitir ainda mais avanços para Pernambuco, com a atração de empreendimentos, o investimento em qualificação profissional, a geração de mais empregos e o crescimento da economia, que foi afetada pela crise nacional nos últimos quatro anos.

Paulo Câmara destacou que, após estruturar Pernambuco em um período de intensa dificuldade financeira constatada em todo o País, que permitiu que o Estado continuasse promovendo investimentos e mantendo os serviços essenciais para população, é necessário firmar novas metas para a economia pernambucana. “Temos que fazer um novo pacto, voltado à sociedade e ao setor produtivo, com participação do governo. Criar câmaras setoriais e regionais que enfoquem oportunidades e verifiquem a maneira de retomar empregos que a crise retirou. Pernambuco foi um dos mais afetados pela crise porque também estava em pleno crescimento. Temos que fazer um pacto pela nova economia, pela mobilização de empregos”, defendeu o governador.

Paulo Câmara destacou que Pernambuco precisa ter acesso a fontes de créditos, que vão contribuir para novas ações. O gestor lembrou que, mesmo num período de tantas dificuldades, 55% dos investimentos feitos no Estado nos últimos anos foram com recurso próprios. O socialista ainda destacou que o modelo de gestão implantado aqui permitiu que Pernambuco fosse considerado uma das quatro unidades federativas mais eficientes do País.

Aos representantes da Indústria, Paulo Câmara falou sobre as principais ações feitas no Estado, como a recuperação de importantes estradas, a exemplo da BR-104, no Agreste, a duplicação da PE-160, na mesma região, e a construção do Contorno Viário de Sertânia, no Sertão do Moxotó. Também falou sobre a viabilização de importantes obras de recursos hídricos, essenciais para o desenvolvimento econômico pernambucano.

Em seu pronunciamento, o governador citou também as principais ações para o incentivo ao desenvolvimento da indústria, a exemplo a consolidação da Lei Geral do ICMS, a instituição do Programa de Estímulo à Indústria (Proind), a simplificação dos procedimentos de fiscalização nos postos fiscais e adoção do SPED nacional.

Durante o debate, o governador respondeu a perguntas de representantes do setor sobre a criação de novos empregos e a manutenção das estradas pernambucanas. “Vamos continuar a buscar avanços nos incentivos fiscais para garantir principalmente a produção de emprego. Tivemos avanços importantes. Abrimos novas usinas, garantimos benefícios para o Polo de Confecções do Agreste, para o Polo Gesseiro, com a diminuição do ICMS, e também benefícios para o Polo da Avicultura, além do hub da Azul”, citou.

O presidente da Fiepe, Ricardo Essinger, agradeceu a presença do governador Paulo Câmara no debate e destacou que o objetivo do encontro, que tem sido realizado nas últimas eleições, é enriquecer o debate sobre o setor em Pernambuco. “Nós, industriais pernambucanos, estaremos aqui, trabalhando, produzindo e contribuindo para o crescimento do estado. Da parte do Sistema Fiepe, os futuros gestores encontrarão sempre um aliado, parceiro interessado, dedicado e devotado às ações pertinentes ao desenvolvimento das atividades industriais e ao bem-estar da população”, declarou o dirigente.

Fotos: Hélia Scheppa

EM GARANHUNS, Seguem abertas inscrições para eleição do Conselho Municipal de Assistência Social

Credenciamento de eleitores e registro de candidaturas podem ser realizados até a sexta-feira (24)

Segue aberto processo de Eleição dos Conselheiros da Sociedade Civil do Conselho Municipal de Assistência Social de Garanhuns (CMAS). Podem participar do certame entidades de assistência social, representante da classe de trabalhadores e beneficiários do Sistema Único de Assistência Social (Suas), para compor o CMAS no biênio 2018/2020. As inscrições seguem até esta sexta-feira (24). O edital que regulamenta o processo, foi publicado oficialmente no Diário Oficial dos Municípios dessa segunda-feira (20), e pode ser acessado no link abaixo:

O credenciamento de eleitores e o registro de candidaturas dos segmentos estão sendo realizados, das 08h às 14h, na Secretaria Executiva do Conselho, situada na Casa dos Conselhos, na rua Ernesto Dourado, n° 890, no bairro Heliópolis.

O credenciamento de eleitores e inscrição das candidaturas serão aceitos mediante requerimento endereçado ao Conselho, acompanhado dos seguintes documentos: requerimento de inscrição como eleitor, ou eleitor e candidato; cópia do documento de identidade e CPF dos representantes, titular e suplente; cópia da ata de eleição da atual diretoria, documento comprobatório (apenas para inscrições de usuários e trabalhadores), declaração de compromisso (apenas para candidatos) de acordo com modelo disponível no CMAS.

Os representantes da sociedade civil que foram reeleitos para compor o Conselho no biênio 2016/2018 estão impedidos de se candidatar desta vez, podendo apenas se credenciar como votantes.

A eleição considerará os segmentos representativos para composição do Conselho: dois representantes dos usuários e organizações de usuários, dois representantes de entidades de Assistência Social e dois trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social (Suas). A divulgação da lista de habilitados acontecerá no dia 29 de agosto, em edital fixado na Casa dos Conselhos e que também será publicado no Diário Oficial dos Municípios.

A eleição será realizada no dia 10 de setembro, das 09h às 11h na sala de reunião da Casa dos Conselhos; e a apuração dos votos será realizada pela Comissão Organizadora da Eleição. Outras informações podem ser obtidas por meio do telefone (87) 3762-7082.

SEM LULA, MARINA CRESCE EM PERNAMBUCO - Jornal do Commercio


Quilombola Sertaneja será segunda suplente de senadora de Humberto Costa



O senador e candidato à reeleição pela Frente Popular, Humberto Costa (PT), terá como 2ª suplente a sertaneja Givânia Maria (PT), quilombola de Conceição das Crioulas, em Salgueiro.

No governo Lula, Givânia exerceu a Secretaria de Políticas para Comunidades Tradicionais (Subcom), na Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), com o objetivo de gerir a política de promoção da igualdade racial em todo o país, com base na sua experiência na área. 

Givânia foi a primeira diretora da Escola Professor José Mendes, criada no quilombo de Salgueiro. Ela também é mestra em Políticas Públicas e Gestão da Educação, pela Universidade de Brasília, com concentração na área de relações raciais.

Uma das fundadoras da Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (Conaq), Givânia é uma das principais representantes das comunidades tradicionais de quilombos. 

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.