GOVERNO DO ESTADO

sexta-feira, 18 de junho de 2021

Garanhuns apresenta redução no número de casos graves da Covid-19

 




Durante última semana epidemiológica o município registrou uma diminuição progressiva dos casos da doença


De acordo com o último Informe Epidemiológico publicado pela Secretaria Municipal de Saúde, Garanhuns apresentou uma queda progressiva nos casos leves e graves da Covid-19. O resultado leva em consideração a análise dos números por semana epidemiológica, que diminuíram no período de 30 de maio a 12 de junho.

Durante a semana epidemiológica nº 23, que compreende o intervalo de 06 a 12 de junho, Garanhuns teve um total de 435 casos leves e 10 casos graves. O número caiu expressivamente quando comparado com a semana epidemiológica nº 21, referente ao período de 23 a 29 de maio, onde o município registrou 801 casos leves e 29 casos graves da Covid-19.

A secretária municipal de Saúde, Catarina Tenório, destaca que os dados epidemiológicos também impactam diretamente na taxa de ocupação dos leitos clínicos de retaguarda e UTI. “Tivemos uma redução considerável na ocupação dos leitos de retaguarda, que estavam todos lotados no fim de maio e hoje apresentam níveis inferiores a 40%. Esta redução também ocorreu de forma menos significativa, mas não menos importante, nos leitos de UTI, com a taxa de ocupação em níveis superiores a 80%”, completa a secretária.

Ampliação da testagem - Com o aumento da capacidade de testagem de pacientes sintomáticos, e entrega do resultado em até uma hora, é possível ter um diagnóstico próximo ao real do número de pessoas infectadas, por meio da confirmação e monitoramento dos casos positivos no município. Este trabalho confere um maior grau de confiabilidade aos números, possibilitando que sejam planejadas as próximas ações e medidas de combate ao vírus.

Os últimos indicadores vêm após a intensificação da vacinação, além da adoção de medidas mais restritivas pelo Governo Municipal durante as semanas com maior número de casos. “Este é um momento fundamental, onde estamos acelerando a vacinação em nosso município, e também não podemos relaxar nas medidas de prevenção. Os números não querem dizer que estamos em uma situação tranquila, mas este é o caminho a seguir para superar a pandemia e salvar vidas em Garanhuns”, finaliza o prefeito Sivaldo Albino.

Paulo Câmara recebe homenagem do Ministério Público de Pernambuco





O governador Paulo Câmara prestigiou, nesta quinta-feira (17.06), a solenidade que marcou os 130 anos do Ministério Público de Pernambuco (MPPE). No evento, aconteceu o descerramento de uma placa comemorativa, além da entrega de selos comemorativos a 33 autoridades do Estado cuja atuação contribuiu para o trabalho desempenhado pelo MPPE em favor do povo pernambucano ao longo desses anos.

Homenageado pela instituição, o governador afirmou que não é coincidência o fato de o Ministério Público ter dado, oficialmente, os primeiros passos exatamente no período de enfraquecimento e queda de um regime absolutista. “O Ministério Público de Pernambuco está bem atento às mudanças operadas nas vidas das pessoas, especialmente em relação àquelas que têm difícil acesso à justiça e necessitam ainda, em grande medida, do apoio e da afirmação de instituições públicas que fazem valer o direito para os que mais precisam. As pessoas confiam no Ministério Público e essa relação não se estabeleceu aleatoriamente. Tudo foi construído com base em um trabalho sério, comprometido com a lei e com os ideais democráticos”, ressaltou Paulo Câmara.

Além do governador, estiveram entre os nomes homenageados, o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), deputado estadual Eriberto Medeiros; o presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Fernando Cerqueira; o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), conselheiro Dirceu Rodolfo; o defensor público-geral do Estado, José Fabrício de Lima; e o procurador-geral do Estado, Ernani Médicis.

ACERVO – Na solenidade, o procurador-geral de Justiça de Pernambuco, Paulo Augusto Freitas, também assinou um Termo de Cooperação Técnica com o Arquivo Público do Estado João Emerenciano (Apeje) para o resgate da memória institucional do MPPE, com a disponibilização do acervo e documentos sobre a história da instituição e realização de encontros técnicos, além da exposição e divulgação do Espaço Memória e de eventos corporativos envolvendo o acervo. “A preservação da memória organizacional é assunto de primeira ordem para o MPPE. A melhor forma de construir o futuro é olhando para o passado, preservando registros e aprendendo com erros e acertos”, disse Paulo Augusto.

Devassa inédita na diplomacia põe Itamaraty em estado de alerta




O colunista Jamil Chade aponta uma das maiores devassas na diplomacia brasileira, colocando em alerta embaixadores e a cúpula do Itamaraty.

A CPI da Covid no Senado solicitou mais de 2.000 páginas de documentos sobre o combate à pandemia do novo coronavírus.

Mas os telegramas, emails, instruções e ofícios internos foram classificados como sigilosos e são alvos de uma batalha para a retirada do caráter confidencial de suas informações.

Senadores trabalham contra o sigilo, enquanto o ministério se articula nos bastidores para evitar a desclassificação.

Para pessoas próximas à CPI, os papéis do Itamaraty são considerados uma rara prova de como decisões foram tomadas num governo que não costuma ter registros oficiais.

Já foram revelados telegramas da Covax Facility sobre mais doses de vacina ao Brasil e a atuação do ministério das Relações Exteriores em prol da cloroquina.

Outro ponto de atenção é a atuação do ex-chanceler Ernesto Araújo, que encarnou a ideologia da extrema-direita bolsonarista na diplomacia.

Procurado, o Itamaraty não respondeu aos questionamentos.

Pernambuco zera fila de espera por leitos de UTI



O governador Paulo Câmara informou, em pronunciamento nesta quinta-feira (17.06), que pela primeira vez em quatro meses a ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva – UTI ficou em 87%, zerando a fila de espera por vagas de UTI no Estado. Ele enfatizou que esse resultado é fruto de uma série de medidas restritivas intensificadas a partir de 7 de dezembro de 2020, além do avanço da vacinação e da expansão da rede de UTIs em Pernambuco, que hoje é a maior das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

“Temos um longo caminho pela frente até chegarmos ao patamar de retomada que estamos vendo nos Estados Unidos e em alguns países da Europa. Estamos avançando no Plano de Convivência, mas não é hora de relaxar os cuidados”, salientou Paulo Câmara.

O governador reforçou que a população continue usando máscara, evitando aglomerações e ajudando as pessoas que ainda não se vacinaram, embora já tenha chega a sua vez, a marcarem a imunização. “É muito importante observar o calendário e tomar a segunda dose da vacina. Vamos fazer um grande esforço, em parceria com os municípios, para completar a imunização de quem só recebeu a primeira dose”, finalizou.

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.