DESTAQUES DO BLOG

segunda-feira, 28 de outubro de 2019

Sivaldo continua liderando pesquisas e pronto para conversar

Resultado de imagem para sivaldo albino paulo câmara

O deputado estadual Sivaldo Albino (PSB) vem liderando as pesquisas de intenção de votos para prefeito em Garanhuns já há algum tempo, e segundo seus aliados, novos números internos mostram que esta situação continua sem alteração.

Sivaldo Albino, embora seu grupo o trate como pré-candidato natural do governo do estado em Garanhuns, ainda não assumiu esta condição, não tem falado como candidato e não tem comentado as movimentações dos outros nomes do processo eleitoral, a exemplo da visita do senador Armando Monteiro na última semana no município, quando tentou agilizar a escolha do nome ligado ao prefeito Izaías Régis, que prefere o vice Haroldo Vicente, em detrimento ao ex-prefeito Silvino Duarte, que parece ter a simpatia do próprio Armando.

Sivaldo também não tem comentado sobre as pré-candidaturas de partidos aliados ao governo estadual, certamente imaginando que todos devem estar unidos na campanha e qualquer comentário inadequado pode dificultar o diálogo, aliás, sinal de maturidade. Com harmonia será mais fácil conversar.

Roberto Almeida, em boa análise de conjuntura em seu blog, lembra que o vereador Zaqueu Lins não é ainda visto como um aliado do governo estadual em Garanhuns, pois votou em Armando Monteiro e apoia a gestão do prefeito Izaías Régis, e em recente entrevista afirmou que poderia ser vice de qualquer um, quer fosse governo ou oposição, mostrando certa incoerência. No entanto, é um importante quadro, tem grande inserção entre evangélicos e aparece bem nas pesquisas. Mas cabe ao próprio Zaqueu deixar claro qual o seu lado político em Garanhuns. 

Assim, sem entrar em polêmicas nem fechar portas, Sivaldo vai consolidando seu nome aguardando o momento certo para lançar seu nome e dar a carga, com apoio do governador Paulo Câmara em Garanhuns, quem sabe encabeçando um projeto competitivo das oposições para conquistar a prefeitura.

Se não acontecer nenhum fato novo, as pesquisas não devem mostrar mudanças relevantes nos próximos meses, principalmente depois de dezembro, por falar no Natal, acredito em um crescimento do nome de Haroldo aproveitando o evento em Garanhuns, resta saber se será o suficiente para consolidar seu nome como candidato da prefeitura, se não, o candidato será Silvino, e podemos ter uma campanha Sivaldo x Silvino.

É bom lembrar que neste momento Garanhuns tem cerca de 10 pré-candidatos, e a análise aqui traz os melhores posicionados em recentes pesquisas divulgadas.

Deputados Federais alinhados com Governo Paulo Câmara para destravar projetos importantes para o Estado

Governador aproveitou reunião com os parlamentares para atualizá-los sobre o trabalho de combate ao derramamento de óleo nas praias. Estiveram presentes ao encontro os deputados federais Danilo Cabral, Felipe Carreras, Augusto Coutinho, Fernando Monteiro, Tadeu Alencar, Wolney Queiroz e Carlos Veras, além do senador Jarbas Vasconcelos. 






O governador Paulo Câmara reuniu parlamentares federais, na manhã desta segunda-feira (28.10), no Palácio do Campo das Princesas, para agradecer o apoio da bancada pernambucana, que destinou parte de suas emendas impositivas para garantir três importantes obras: a conclusão da Barragem de Gatos, a duplicação da BR - 104 e a recuperação da pista de pouso do Aeroporto de Fernando de Noronha. Ao todo, o Estado contará com R$ 62 milhões repassados pelos parlamentares. Paulo aproveitou o encontro para passar uma atualização sobre o trabalho de combate ao derramamento de óleo no litoral de Pernambuco.

"A parceria com os nossos parlamentares é fundamental para avançarmos em obras que vão nos ajudar muito na prevenção, na Mata Sul, e garantir mais desenvolvimento, com uma infraestrutura cada vez melhor. Também tratamos das manchas de óleo que atingem o nosso litoral. Apresentamos aos parlamentares o que temos feito, por meio das equipes do Governo de Pernambuco, para monitorar e remover esse óleo das nossas praias e estuários", afirmou Paulo Câmara.

Momentos antes da reunião com os deputados, o governador conversou com o senador Jarbas Vasconcelos a respeito do assunto. Diante da dimensão dos danos causados pelo que já se configura como um dos maiores desastres ambientais da história, Paulo Câmara alertou os parlamentares sobre a necessidade urgente de limpeza dos estuários dos rios, locais de preservação e reprodução da vida marinha, que depende de autorizações de órgãos federais. “Em Tamandaré, por exemplo, temos o estuário do Rio Mamucabas. O óleo chegou até lá, mas não temos autorização do IBAMA para retirar. Temos condições de tirar esse óleo com equipamentos que já existem, mas precisamos dessas autorizações para não se cometer ou ser acusado de cometer algum tipo de dano ambiental maior”, argumentou.

Segundo o governador, a ausência de informações dificulta o planejamento, mas mesmo diante da falta de estrutura em relação à mobilização nacional, o Governo do Estado não tem se omitido. Os secretários de Planejamento e Gestão, Alexandre Rebêlo, e de Meio Ambiente e Sustentabilidade, José Bertotti, que também participaram da reunião, explicaram o cronograma e o fluxo de ações do Estado aos representantes da bancada federal.

Novas iniciativas a serem postas em prática também foram citadas, como a extensão e a ampliação das barreiras de contenção, que já estão sendo utilizadas, e que serão implementadas em todo o litoral norte. “Temos uma espécie de proteção ou de minimização de danos, o plano já está feito, mas temos agora que cuidar do que já foi atingido, principalmente os ecossistemas e os rios”, resumiu o governador.

Além de Rebêlo e Bertotti, marcaram presença os secretários José Neto (Casa Civil), André Longo (Saúde), Bruno Schwambach (Desenvolvimento Econômico), Fernandha Batista (Infraestrutura e Recursos Hídricos), Marcelo Bruto (Desenvolvimento Urbano e Habitação) e Eduardo Machado (Imprensa).

Fotos: Hélia Scheppa/SEI

TRAGÉDIA AMBIENTAL / CPI do Vazamento do Óleo é protocolada na Câmara dos Deputados

O deputado federal João Campos retirando vestígios de óleo do litoral pernambucano
Foto: Rodolfo Loepert/Reprodução/
Instagram@joaocampos


O deputado federal João Campos (PSB/PE) acaba de protocolar nesta quarta-feira (23) a CPI do Vazamento do Óleo na Câmara dos Deputados. O deputado reuniu todos os 25 partidos com representação na Casa em mais de 250 assinaturas – mais que as 171 exigidas pelo regimento interno para criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI).

“Estamos falando do maior desastre ambiental em extensão da história do Brasil. Os culpados pelo vazamento desse óleo não podem passar impunes. De forma responsável, o Parlamento brasileiro investigará o caso, mas também analisará o papel dos órgãos de competência na mitigação dos danos causados, além de cumprir o papel de fortalecer a legislação preventiva para desastres desse tipo e melhorar as ações mitigadoras. De forma unificada e pacificada conseguimos apoio de parlamentares da oposição, do centro e da situação", disse João Campos, reforçando que o trabalho será suprapartidário.

A CPI é um direito de minoria prevista no regimento. A comissão, que é temporária, pode ser instalada com prazo de 120 dias, podendo ser prorrogada até metade do tempo. As CPIs têm poder para investigar fato relevante à vida pública e podem determinar diligências, requisitar de órgãos e entidades da administração pública informações e documentos, requerer a audiência de Deputados e Ministros de Estado, além de poder se deslocar a qualquer ponto do território nacional para a realização de investigações e audiências públicas, entre outras coisas.

ATUALIZAÇÃO DOS NÚMEROS

Já são mais de 2.250 km de costa litorânea comprometida, atingindo os 9 estados da região, 201 localidades e 78 municípios. Desde o registro das primeiras manchas de óleo, passaram-se exatos 54 dias. "A atuação do povo nordestino é emocionante e um exemplo de união e força para a nossa atuação parlamentar, enquanto grupo suprapartidário que somos. Mas, agora, neste momento, é mais do que imprescindível a adoção de todas as medidas cabíveis para que os prejuízos ao meio ambiente, economia e turismo possam ser dirimidos ao máximo", asseverou o parlamentar.

Para aliados, Haroldo segue firme e forte

Resultado de imagem para haroldo izaías

Fizemos uma análise aqui no blog sobre a visita do ex-senador Armando Monteiro a Garanhuns, e como as entrevistas mostraram um novo discurso do prefeito Izaías Régis, que até então insistia na candidatura do vice Haroldo Vicente e agora, ao lado do senador, confirmou que o candidato pode ser o ex-prefeito Silvino Duarte, se Haroldo não "sair do chão".

Na verdade, percebemos a visita de Armando como uma definição, e sua preferência por Silvino parece clara para todos, enquanto Izaías prefere Haroldo, logicamente. Esta opinião foi compartilhada por um amigo dentro da prefeitura, Silvino seria o candidato. Contudo, pode não ser bem assim, pois o martelo ainda não foi batido.

Outro amigo afirma que não tem definição ainda, e que Haroldo continua firme e forte, participando de eventos e com o grupo unido em torno de seu nome, e segundo pesquisas internas estaria realmente crescendo no eleitorado.

Acho natural este crescimento, afinal é o candidato da prefeitura, é cordial e tem o apoio de Izaías.

Um candidato apoiado pelo prefeito tem a obrigação de estar bem posicionado, e mais ainda, deveria liderar, principalmente diante da exposição que vem tendo na agenda oficial do município. Mas segundo a informação que recebemos, até dezembro novas pesquisas vão mostrar este crescimento e Haroldo vai firme e forte para a eleição. A dificuldade de repassar votos pode ser também de Izaías, como vimos em 2018 com seus deputados.

Silvino também pode ser candidato, mas aí como terceira via, mesma situação de 2012. E não deu certo. Por isto, espera o apoio de Armando, Izaías, Haroldo e o grupo da prefeitura.

Aí fica outra impressão, independente de pesquisas, se Izaías escolher o candidato, será Haroldo, se for Armando, ele iria com Silvino. E o desafio será unir sem traumas e perdas.

E a visita do senador acabou somente por dar prazos e fazer Izaías reconhecer publicamente que Silvino pode ser o candidato do grupo.

RECADASTRAMENTO E BIOMETRIA DO SASSEPE PARA SERVIDORES DO ESTADO



Os beneficiários do Sistema de Assistência à Saúde dos Servidores do Estado de Pernambuco (Sassepe) devem ficar atentos ao período de recadastramento e biometria, que se inicia em 4 de novembro. O agendamento para Região Metropolitana do Recife já está disponível no site do IRH (www.irh.pe.gov.br), juntamente com o formulário que deve ser impresso e preenchido. No interior, as datas serão diferentes dependendo da localidade. Os usuários interioranos devem ficar atentos ao período e pontos de atendimento de sua região. É importante destacar que o recadastramento é obrigatório para todos, independente da região.

O agendamento é individual, ou seja, cada beneficiário deve marcar data e horário específico, pois a documentação necessária para atendimento é diferente para cada categoria (titular, dependente e suplementar), sendo essencial o comparecimento de todos que utilizam a assistência médica. 

Já no caso da biometria, os usuários abaixo de 4 anos e acima de 75 não precisam realizar a coleta. Para aqueles que possuem problemas com a digital, é indicado procurar um dermatologista a fim de apresentar no dia agendado um documento comprovando falha.

Em casos de dificuldade de locomoção, o representante legal deverá apresentar a curatela do beneficiário no dia e horário agendado.

Pescadores prejudicados. Seguro defeso não atende todos os prejudicados pelas manchas de óleo em Pernambuco



As medidas anunciadas pelo Ministério da Agricultura para mitigar os prejuízos dos pescadores atingidos pelo derramamento de óleo no Litoral de Pernambuco são insuficientes, segundo a Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Estado (SDA). Na última terça-feira (22), o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) anunciou o pagamento de uma parcela do seguro defeso, equivalente a um salário mínimo, aos pescadores inscritos no Registro Geral da Atividade Pesqueira (RGP), quem em Pernambuco representa um universo de 7.714 pessoas.

De com o secretário de Desenvolvimento Agrário de Pernambuco, Dilson Peixoto, a medida é bem-vinda, mas não atende o universo dos pescadores prejudicados pelo derramamento de óleo no litoral do Estado. “Normalmente esse benefício é pago durante o período em que a pesca de algumas espécies fica proibida. Esse foi o mecanismo encontrado pelo Governo Federal para mitigar as perdas financeiras dos pescadores, mas em Pernambuco mais de 20 mil pescadores não terão direito ao benefício por não possuírem RGP”, explicou.

Segundo dados do Instituto Oceanário da UFRPE, cerca de 30 mil pessoas vivem da pesca no Litoral pernambucano e menos de um terço tem inscrição no RGP. “A medida deve ter um alcance ainda menor se for confirmada a informação de que uma Portaria da Presidência da República restringirá o pagamento do benefício aos pescadores que já recebem o seguro defeso, que em Pernambuco se limita a quem se dedica à pesca da lagosta, um universo ainda mais restrito”, acrescentou o secretário.

Dilson sugere uma medida mais ampla, de caráter indenizatório, como previsto no Plano Nacional de Contingência para Incidentes de Poluição por Óleo em Água (PNC). “Colocamos uma equipe em campo, sob coordenação da Secretaria Executiva de Agricultura Familiar, para levantar junto a prefeituras e colônias de pescadores o total de pessoas ligadas à atividade e os impactos já sofridos pelo óleo”, detalhou.

“Após a conclusão do levantamento, vamos encaminhar os dados e também estamos colocando toda a estrutura da Secretaria à disposição da Secretaria de Aquicultura e Pesca para auxiliar no trabalho de identificação dos pescadores prejudicados, caso o Ministério julgue necessário”, complementou Dilson.

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.