DR. ELENÍLSON LIBERATO

DESTAQUES DO BLOG

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Desabafo angustiado de uma Professora da Rede Municipal de Educação de Garanhuns

Foto: Blog VeC Garanhuns

"Do alto de suas Land Rovers a maioria dos vereadores não teve coragem de olhar para o povo que deveria representar. A maioria deles não sabe o que se passa dentro de uma escola, especialmente a escola pública, onde os recursos são escassos, as realidades extremamente difíceis, mas a vontade de fazer o diferencial é enorme. 

Para nós, professores que fazemos parte da rede municipal de educação em garanhuns, que contamos com profissionais extremamente qualificados - professores com especialização, mestrado e doutorado - ver seus direitos sendo complemente dissolvidos foi muito duro! MUITO DURO! 

Hoje vi e vivi das cenas mais difíceis na minha vida profissional. Não entendo como tanta gente pode compactuar com tanta canalhice. Reduzir carga horária de professor, além de uma questão legal e financeira, é um crime. Haverá um prejuízo sem tamanho no trabalho docente daqui para a frente. Hoje não tem um professor neste município que consiga trabalhar em paz. 

Não sei mais quantas horas vou trabalhar neste mês, nem sei quanto irei receber por meu trabalho, tenho contas, e os nossos representantes dentro dos poderes executivo e legislativo não têm interesse de discutir isso. 

Convido quaisquer dos senhores vereadores e o senhor prefeito a virem me substituir na minha sala de aula de escola rural quilombola. Tem que fazer trabalho de qualidade, viu!? Fazer planejamento, preencher fichas de monitoramento mensal e receber o "salário" sem reclamar. Antes disso os senhores devem cursar uma licenciatura, eu cursei Pedagogia, 4 anos, 9 disciplinas por semestre e no final apresentei um TCC. Antes disso devem se preparar fortemente para o ENEM, vaga em instituição de ensino superior pública tá difícil. Depois, façam especialização por 1 ano e meio e mestrado por mais 2 anos, como eu fiz. Depois de tudo isso, venham conversar comigo sobre educação.

Prefiro a tristeza momentânea dessa derrota, do que a vergonha da covardia de me calar e acatar os desmandos em nossa cidade como os senhores fizeram!

Danielle Ferreira
Professora da Rede Pública de Educação do Município de Garanhuns"

Barragens de Garanhuns que abastecem também São João e Angelim recuperam nível, afirma COMPESA

Barragem de Cajueiro, maior manancial do Agreste Meridional


Os três mananciais que atendem as cidades de Garanhuns, Angelim e São João, no Agreste Meridional, tiveram boa recuperação dos níveis de acumulação com as chuvas que caíram na região, na última semana. A maior beneficiada foi a Barragem de Inhumas, que estava em colapso. Com capacidade de armazenar 6,9 milhões de metros cúbicos de água, a barragem aumentou 62% do seu volume e registra 67% de reservação de água. A Barragem do Cajueiro - o maior reservatório do sistema - tem condições de armazenar até 14,5 milhões de metros cúbicos de água - passou de 43% para 55% de sua capacidade total, enquanto que Mundaú recebeu um incremento de 38,23% no seu nível e apresenta agora 88,4% de acumulação.

Embora os níveis dos mananciais tenham melhorado, o calendário de abastecimento de água em Garanhuns permanece. "Precisamos ser cautelosos, porque ainda iremos enfrentar o período de estiagem, e as previsões de chuvas para 2017 é que serão abaixo da média histórica. Se, até o final de junho, as barragens alcançarem 100% de acumulação, podemos pensar em retirar a cidade do rodízio no mês de julho", explica Igor Galindo, gerente de Unidade de Negócios da Compesa. De toda forma, segundo o gerente, a população de Garanhuns já deve sentir uma mudança no abastecimento, pois a melhora dos níveis das barragens possibilita aumentar em 25% a vazão para a distribuição de água. Isso significa que nos três dias de abastecimento previstos no calendário para cada área, o cliente receberá um volume maior de água no período.

Outra boa notícia é que o Sistema de Abastecimento de Garanhuns já está operando com as três barragens novamente. No último sábado (27), o sistema foi paralisado em função das fortes chuvas que danificaram equipamentos das unidades operacionais do Cajueiro e Inhumas. Cajueiro e Mundaú - que atua de forma integrada aos demais - já voltaram a funcionar com 100% da capacidade, enquanto que Inhumas está operando com apenas um conjunto de motorbomba. A Compesa ainda trabalha para recuperar um motor e duas bombas para que o funcionamento desta unidade seja normalizado. Além de Garanhuns, o sistema atende Angelim, São João e o distrito de São Pedro.

Dia dedicado à Imprensa na 231ª Festa de Santo Antônio em Garanhuns


Famílias atingidas pelas enchentes recebem pães produzidos no Sistema Prisional do Estado



Numa iniciativa da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), por meio da Executiva de Ressocialização (Seres), pelo menos 35 detentos, que já trabalham nas cozinhas das unidades prisionais, irão produzir diariamente, a partir desta quinta-feira (01/06), pães franceses para serem distribuídos aos desabrigados e desalojados de pelo menos dez municípios do Agreste e Zona da Mata Sul atingidos pelas chuvas nos últimos dias. A Ceasa e Defesa Civil irão definir os primeiros municípios que irão receber os pães, por ordem de necessidade e emergência. 

O alimento está sendo produzido nas três unidades prisionais do Complexo Prisional do Curado (Pjallb, Pamfa e PFDB); no Centro Regional do Agreste (CRA), em Canhotinho; no Presídio Romildo da Rocha Leão (PRRL), em Palmares; e no Presídio Juiz Plácido de Souza (PJPS), em Caruaru. Os detentos que estão trabalhando na ação, apesar de já atuarem na cozinha das unidades, consideram este trabalho especial. “A gente faz isso todo dia mas agora é com mais amor ainda porque a gente está ajudando a quem precisa”, destaca Emerson Francisco da Silva, 20 anos, há três meses trabalha na padaria do Pjallb. 

A iniciativa faz parte do conjunto de ações que o governador Paulo Câmara vem comandando pessoalmente para reestabelecer a normalidade e amenizar emergencialmente os danos causados pelas enchentes nas 24 cidades mais afetadas pelas chuvas. A parceria entre a SJDH, a Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe) e o Centro de Abastecimento Alimentar (Ceasa) na produção dos alimentos seguirá até que a situação nos municípios se normalize.

​Fotos: Fernando Portto/SJDH​

ENCHENTES E SOLIDARIEDADE Pernambucanos já doaram quase 50 toneladas de alimentos

Até o momento, foram doados mais de 47 toneladas de alimentos, 25.461 litros de água, 5.735 kits dormitório, 5.665 colchões, 47 kits de lonas, 1.040 kits de limpeza e 5 toneladas de roupas.



SIRINHAÉM, RIO FORMOSO, ÁGUA PRETA, GAMELEIRA - O governador Paulo Câmara deu continuidade, nesta quinta-feira (01.06), às visitas aos municípios da Mata Sul que foram atingidos pelas fortes chuvas do final de semana. Desta vez, o gestor foi às cidades de Sirinhaém, Rio Formoso, Água Preta e Gameleira. Paulo acompanhou a situação e as medidas que vêm sendo tomadas para minimizar os prejuízos causados à população e observou também a chegada das doações enviadas por milhares de pernambucanos engajados na causa. 

“Quero agradecer aos pernambucanos e pernambucanas que não têm medido esforços para se solidarizar com essas pessoas, fazendo doações. Estamos arrecadando muitas toneladas de roupas, de kits de limpeza. E isso é fundamental. Este é um momento de união, de solidariedade. Pernambuco está unido pela reestruturação da Mata Sul”, afirmou o governador Paulo Câmara. 

Paulo reforçou, ainda, que se compromete com cada pernambucano a trabalhar incansavelmente para restabelecer a normalidade nas cidades afetadas pelas chuvas. “Estamos vendo e constatando que muito precisa ser feito. Vamos tratar, primeiro, de limpar as cidades, restabelecer os serviços e garantir às pessoas toda a estrutura necessária e nos prepararmos para o futuro para que tenhamos condições de avançar”, pontuou.

Sivaldo Albino acompanha entrega de duas novas ambulâncias no Hospital Dom Moura



Por Marcos Antônio / Blog Falando com o Agreste

O Hospital Regional Dom Moura em Garanhuns,alguns anos atrás era ironicamente apelidado de " Dom Morra", pela péssima estrutura e mau atendimento, aliado a um escasso quadro de profissionais da saúde e com deficiência em vários setores, incluindo o de transporte. Hoje, o Hospital é uma referência boa para os 21 municípios que compõem a V Gerência Regional de Saúde ( Geres), com seus mais de 500 mil habitantes.Desde 2010, no governo de Eduardo Campos, o hospital adquiriu novos aparelhos como o de ultra-som que faz 120 exames por dia, há ainda 2 outros aparelhos de ultra-sonografia e um de eletro-encefalograma.Já realiza cirurgias ortopédicas que antes só eram realizadas em Caruaru.O ambulatório contabiliza 3 mil atendimentos mensais, destacando-se os trabalhos em cardiologia e os núcleos de fisioterapia e psicologia.O Dom Moura também é um hospital de ensino, disponibilizando 14 vagas residência multiprofissional e 3 vagas em residência médica. 

E, dentro dessa enorme engrenagem que começou a funcionar com mais coordenação e responsabilidade no governo pessebista, o atual governador Paulo Câmara, dá prosseguimento ás ações do seu padrinho politico Eduardo Campos e entende que saúde é um ponto nevrálgico de qualquer governo, que tem que ser visto com bons olhos e mais boa vontade. Nesta quinta-feira (01), o hospital Dom Moura ganhou mais 2 ambulâncias.Uma básica e uma USA (Unidade Móvel de Suporte Avançado).A USA conta conta com equipamentos para realizar transferências de pacientes graves e a básica para realização das demais transferências, sendo disponível para que seja aparelhada com demais equipamentos dependendo de cada paciente.

As viaturas foram recebidas pelo Gerente da Casa Civil, ex- vereador Sivaldo Albino que foi o responsável pela vinda das viaturas junto com o governo do estado, Dr Johnny Albino, o Gestor do HRDM; Dr Luiz Melo, a Gestora da V Geres, Dra Catarina Tenório; o Secretário de governo dá cidade de São João, Fá Albino; e o gestor da Funase, ex- vereador Joacir Laurindo.

O Gerente da Casa-Civil Sivaldo Albino falou com entusiasmo da chegada das viaturas e sobre outras conquistas que virão para Garanhuns em seu livre e bom trânsito com o governo do estado.Na ocasião ele agradeceu as suas reivindicações que foram atendidas, em nome do povo de Garanhuns e do Agreste Meridional, ao Governador Paulo Câmara; ao Secretário da Casa Civil, Antônio Figueira; ao Chefe da Casa Civil,João Campos; ao Secretário de Saúde do estado,Iran Costa. 

A população de Garanhuns e região agradece ao ex- vereador pelo seu empenho em prol das coisas boas para Garanhuns e das cidades circunvizinhas, inclusive um pedido já feito por Sivaldo ao governo estadual, referente a novas viaturas para polícia e efetivo para ajudar na segurança que é um dos grandes gargalos do governador Paulo Câmara. È bem verdade que em poucos meses em sua nova função, o ex-edil já fez bem mais por Garanhuns do que alguns vereadores que são verdadeiros " comédias". Alguns já estão no segundo mandato no legislativo municipal e nem ao menos conseguem nominar placas de ruas a alguma personalidade que foi importante para Garanhuns no passado, quanto mais emplacarem algum projeto útil para cidade e para o cidadão que paga seus vencimentos.

ALGUNS NÚMEROS DO HOSPITAL REGIONAL DOM MOURA

10,2 mil atendimentos por mês na emergência
3 mil atendimentos por mês no ambulatório
230 Exames por dia
683 Funcionários
119 Médicos
116 Leitos, sendo 10 de UTI
03 Ambulâncias

V GERES: Maio Amarelo é encerrado com grande ação em Garanhuns






O frio e a garoa de Garanhuns, nesta manhã de quarta-feira (31), não foram empecilhos para a ação do CRPAM – Comitê Regional de Prevenção a Acidentes de Moto e outros veículos terrestres, no encerramento da campanha MAIO AMARELO REGIONAL, muito pelo contrário, o clima, que é uma referência turística do município, tornou a campanha mais alegre e próxima das pessoas que trafegavam pelo centro da cidade.

Com participação de instituições como Polícia Rodoviária Federal, Operação Lei Seca, 9º BPM, Bombeiros, SAMU Garanhuns, Secretaria Municipal de Saúde, Hospital Regional Dom Moura, 71 BI Mtz, Ciretran, Honda Colinas Motor, Senac, Coordenações da V GERES (Gerência Regional de Saúde), entre outras, foram oferecidos diversos serviços no Espaço Colunata, centro comercial de Garanhuns.

Residentes do Hospital Regional Dom Moura e a da V GERES realizaram atividades educativas diretamente com pedestres e motoristas. Em um dos destaques, o SAMU simulou o atendimento a um acidentado de motocicleta, demonstrando de forma técnica como devem ser feitos os procedimentos do socorro à vítima. A Secretaria Municipal de Saúde fez testes de taxa de glicose e aferimento de pressão, além de outros serviços, todos de forma gratuita.

A gestora da V GERES, Dra. Catarina Tenório, presidente do CRPAM, esteve participando das ações, que foram coordenadas por Eliel Duarte, Coordenador de Educação em Saúde.

MAIO AMARELO REGIONAL: Durante todo o mês aconteceram atividades educativas, com participação das instituições, em escolas, com palestras, apresentações de vídeo, e muito mais, e teve também fiscalização ostensiva, com a Operação Lei Seca, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Detran-PE, AMSTT – Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transporte, entre outras instituições participantes do Comitê Regional de Prevenção a Acidentes de Moto.

PREFEITO DAS CORRENTES É DENUNCIADO POR SUPOSTOS DESVIOS DE RECURSOS DA EDUCAÇÃO

Edimilson da Bahia
FONTE: TCE.com.br

O atual prefeito do município de Correntes, Edimilson da Bahia de Lima Gomes, foi denunciado criminalmente por má aplicação e desvio de verbas federais do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e do Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar (Pnate).

A denúncia criminal foi apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF), perante o Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), pelo fato do prefeito ter foro privilegiado, após representação do Ministério Público de Contas de Pernambuco (MPCO), com base em auditoria do Tribunal de Contas.

Segundo o MPF, Edimilson da Bahia, na condição de prefeito e ordenador de despesas, é responsável pelo pagamento indevido de R$ 841.339,54, em valores históricos, referente ao superfaturamento de preços e à inexistência parcial de prestação dos serviços contratados para realização de transporte público escolar pela Roma Empreendimentos e Locações Ltda., vencedora de uma licitação realizada em 2013. Os fatos foram apurados em um processo julgado pelo TCE (Processo TC n° 1490302-7), que condenou o prefeito a devolver o montante aos cofres públicos.

A empresa Roma Empreendimentos recebeu da prefeitura de Correntes por 43 rotas de transporte escolar, que foram contratadas na licitação. Entretanto, pelo menos dez desses trajetos não foram atendidos pela empresa, seja pela inexistência de veículos ou porque rota semelhante era realizada por automóveis pertencentes à prefeitura de Correntes. Além disso, dos 30 veículos utilizados para atender as 33 rotas terceirizadas restantes, 20 eram caminhões ou caminhonetes, ou seja, meios impróprios para o transporte de estudantes.

A empresa vencedora da licitação subcontratou o serviço prestado, atuando unicamente como interposta entre a prefeitura (de quem recebeu indevidamente o valor de R$ 1.572.641,91) e os efetivos prestadores de serviço (que receberam da contratada o montante de R$ 609.418,64).

As verbas do Fundeb e do Pnate repassadas aos municípios destinam-se à manutenção e ao desenvolvimento do ensino fundamental público e à valorização de seu magistério. Para o MPF, a utilização desses recursos para o pagamento de serviços que nunca foram prestados, ou que foram oferecidos de forma deficiente, caracteriza desvio e aplicação indevida de rendas ou verbas públicas, crime previsto no artigo 1º, III, do Decreto-Lei nº 201/67.

"O Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco exarou o Acórdão TC 1964/015, determinando ao Sr. EDIMILSON DA BAHIA DE LIMA GOMES, solidariamente com a Roma Empreendimentos e Locações LTDA, o ressarcimento da quantia de R$ 841.339,54 (oitocentos e quarenta e um mil, trezentos e trinta e nove reais e cinquenta e quatro centavos), considerando, como fundamento, dentre outros motivos, o pagamento de despesas com transporte escolar sem a devida comprovação da efetiva realização dos serviços e a constatação de superfaturamento de preços nos serviços de transporte escolar", escreveu na denúncia a procuradora Sônia Macieira, representante do MPF. 

Caso o TRF5 receba a denúncia, o prefeito passará a ser réu em ação penal. Se condenado, poderá receber pena de reclusão, de dois a doze anos, além de perder o cargo e tornar-se inabilitado, pelo prazo de cinco anos, para o exercício de cargo ou função pública, eletivo ou de nomeação, sem prejuízo da reparação civil do dano causado ao patrimônio público.

Gerência de Jornalismo (GEJO)/ MPCO, 01/06/2017

E AGORA? Vereadores decidem entre o prefeito e os professores em Garanhuns



O prefeito Izaías Régis conta com os 14 vereadores de Garanhuns em sua base de apoio, e espera fidelidade na votação do projeto que faz mudanças no contrato dos professores municipais. Corre à boca miúda que quem votar contra o projeto pode entregar os cargos que tem na prefeitura e seguir para a oposição. Desde o começo do ano que o tratamento tem sido assim, um convite constante ao rompimento. 

No outro lado da corda estão agora os professores municipais. São mais de mil deles na folha da Secretaria de Educação. Os bastidores estão inflamados, e podem acontecer cortes profundos.

O projeto prejudica os professores, segundo representantes da categoria, que mobiliza a classe para acompanhar a votação e pressionar os vereadores. Redução de carga horária, com efeito direto no contra-cheque, esta é a principal reclamação. A votação deve acontecer às 9h desta sexta-feira (02), e os professores devem ocupar toda a galeria do plenário da Casa Legislativa.

O governo municipal diz estar amparado pela legislação federal.

Definitivamente, em dois mandatos, o social nunca foi o forte da gestão Izaías. Chegamos ao meio do ano e a secretaria de saúde está sendo comandada por uma interina. Na educação, a relação da gestão com os professores sempre foi conturbada, mas vive o seu pior momento com esta questão. O projeto teria passado por cima das negociações que estavam em curso.

Fico com a impressão que não tem alternativa que não seja uma crise instalada na educação, na câmara ou na gestão municipal. Ou nas três.

BLUENET PROVEDOR DE INTERNET

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.