GOVERNO DO ESTADO

segunda-feira, 8 de novembro de 2021

Prefeitura de Garanhuns inicia pagamentos da Lei Aldir Blanc

 



A Prefeitura de Garanhuns iniciou nesta segunda-feira (08) os pagamentos dos premiados pelos editais da Lei Aldir Blanc 2021. A seleção dos artistas foi realizada pela Secretaria Municipal de Cultura e dividida em dois editais. A previsão é de que todos os pagamentos sejam feitos até a próxima sexta-feira (12).

Mais de R$770 mil serão injetados à economia da cidade, valor remanescente da parcela única recebida por Garanhuns em 2020. Mais de 175 pessoas do setor cultural vão receber valores de 3 a 20 mil reais.

Os candidatos que foram aprovados devem aguardar o recebimento, pois o valor será depositado nas contas bancárias indicadas no processo seletivo. A Secretária de Cultura de Garanhuns, Sandra Albino, agradeceu a participação de todos. “Esta é a última fase do processo de seleção. Parabenizo aos que foram contemplados, que fazem parte e elevam a cultura de Garanhuns para o mundo inteiro. Acreditamos que o valor pago também ajuda a fortalecer a cadeia produtiva da nossa região, já que os aprovados poderão investir na articulação de projetos”.

Nesta edição, puderam concorrer pessoas que desenvolvem trabalho como produtor ou técnico nas diversas linguagens de arquivos e museus, artes visuais, artesanato, audiovisual, cultura afro-brasileira, dança, design, fotografia, gastronomia, literatura, música, teatro, entre outros. Também participaram do chamamento público os Espaços Culturais sediados no Município de Garanhuns. Todas as informações sobre o processo seletivo estão disponíveis no site da Prefeitura de Garanhuns (garanhuns.pe.gov.br).

Transporte público pode ser novo vilão da inflação em 2022




A alta no preço do diesel, a redução de passageiros transportados na pandemia e a demanda por reajustes salariais de motoristas e cobradores pressionam prefeituras e governos estaduais a decidir se elevam as passagens do transporte público ou concedem subsídios a empresas de ônibus, trens e metrô. O cenário faz do transporte público candidato a vilão da inflação em 2022, ano eleitoral.

A Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos (NTU) afirma que o déficit das companhias foi de R$ 17 bilhões durante a pandemia. Segundo estimativas, repassar os custos para a tarifa paga pelos passageiros significaria aumentos de 40% a 50% — o que é considerado inviável. O reajuste, estima o economista Cláudio Frischtak, da Inter.B, deve ficar acima de 10%. O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), declarou que o reajuste é “inevitável”. A prefeitura do Rio já anunciou que as empresas receberão subsídios.

Paulo Câmara anuncia maior pacote de ações ambientais da história de Pernambuco durante a COP26




GLASGOW – O governador Paulo Câmara anunciou neste domingo (07.11), durante seu discurso na Assembleia Geral da Under 2 Coalition, na COP26, o maior pacote de ações ambientais da história de Pernambuco. Serão investidos R$ 75 milhões em reflorestamento, na preservação de mil nascentes de rios e no tratamento de resíduos sólidos de 43 municípios. Ao lado da CEO do Climate Group e coordenadora do Under 2, Ellen Clarkson, Paulo Câmara assinou ainda o compromisso pela neutralidade do Carbono, reafirmando a disposição de zerar as emissões no Estado até 2050.


"Não viemos aqui apenas para reafirmar promessas, nem para apontar as contradições daqueles que não respeitam a natureza. Estamos fazendo a nossa parte e, por isso, anuncio hoje o maior aporte de recursos para a agenda da sustentabilidade em Pernambuco. Vamos investir R$ 75 milhões no reflorestamento da nossa principal área de Mata Atlântica, a APA Aldeia-Beberibe, na recuperação de mil nascentes de rios em 50 municípios e no tratamento de resíduos sólidos em 43 cidades, que não contam com aterros sanitários", detalhou Paulo Câmara.


Para o projeto de restauração de bacias hidrográficas serão investidos R$ 12,5 milhões. A implantação do corredor ecológico da Área de Preservação Ambiental Aldeia-Beberibe vai mobilizar recursos da ordem de R$ 48 milhões. Já o tratamento de resíduos sólidos consistirá na instalação de galpões para separação do material reciclável. A estimativa de custo para esse último projeto fica em torno de R$ 15 milhões.


Além das ações anunciadas durante o evento, o Governo de Pernambuco está finalizando o 1º Inventário de Emissão de Gases de Efeito Estufa e o Plano Estadual de Descarbonização. A Under 2 Coalition reúne líderes de mais de 60 países mobilizados em ações de sustentabilidade em todo o mundo.

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.