GOVERNO DO ESTADO

quarta-feira, 23 de junho de 2021

Municípios do Sertão avançam no Plano de Convivência





O Governo de Pernambuco, após análise do Comitê de Enfrentamento à Covid-19, anunciou em coletiva online, que a partir da próxima segunda-feira (28.06) a Macrorregião 3 – que engloba parte do Sertão e tem como sedes as cidades de Arcoverde, Afogados da Ingazeira e Serra Talhada – vai avançar no Plano de Convivência. As atividades econômicas podem voltar a funcionar até às 20h, tanto nos dias de semana como aos sábados e domingos. Os comércios de bairro e de rua e os escritórios terão horário especial, podendo funcionar até às 19h nos finais de semana. A capacidade permitida nos estabelecimentos será de 50% do total.

A secretária executiva de Desenvolvimento Econômico, Ana Paula Vilaça, alertou que apesar da flexibilização, todos precisam manter os cuidados e a atenção máxima no cumprimento dos protocolos. “Durante as festas juninas, devemos evitar as aglomerações, restringindo as comemorações apenas aos núcleos familiares. Essa é uma fase essencial para que o governo consiga manter o suporte na saúde e que a economia não precise sofrer novas restrições”, apontou. Ela relembrou a recomendação do Ministério Público de Pernambuco, em vigor desde o ano passado, sobre a proibição de fogueiras e queima de fogos de artifício.

Ana Paula reforçou ainda as medidas válidas nas demais macrorregiões do Estado. “No Grande Recife, nas Zonas da Mata Norte e Sul, no Agreste e nos demais municípios do Sertão, no geral, o horário de funcionamento das atividades pode se estender até às 22h durante a semana e 21h nos fins de semana”, explicou. Segundo ela, a exceção são as academias de ginástica, que devem fechar às 22h durante a semana e às 18h nos sábados e domingos. Museus, teatros e cinemas podem funcionar, mas com limite de 30% da capacidade, e os eventos corporativos podem ser realizados com até 50 pessoas.

ANÁLISE EPIDEMIOLÓGICA – De acordo com o secretário estadual de Saúde, André Longo, na análise da última Semana Epidemiológica (SE 24), pela 3ª semana consecutiva, Pernambuco observou uma redução nos indicadores da Covid-19, configurando uma tendência clara de desaceleração. “Em relação aos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), foram 1.395 registros – o menor patamar desde meados de março. E na comparação com a Semana 23, houve redução de 21%. Em 15 dias, a queda foi de 28,5%”, informou.

Já em relação às solicitações de leitos de UTI, Pernambuco teve uma redução de 15%. Com isso, pela primeira vez em sete meses – desde novembro do ano passado – a taxa de ocupação dos leitos de terapia intensiva está na casa dos 80%. Até na 3ª Macrorregião, a mais preocupante, também houve queda nos casos de SRAG – de 21% em uma semana e 23% em 15 dias, justificando o avanço no Plano de Convivência.

SÃO JOÃO – Apesar da tendência de queda nos indicadores, André Longo ressaltou que a população precisa ficar atenta para evitar um novo recrudescimento da doença, e alertou para os cuidados durante os festejos juninos. “Apesar de animadores, os indicadores não significam que vencemos a pandemia. O vírus continua entre nós e, neste momento, 1.750 pessoas estão internadas, lutando pela vida em leitos de UTI das redes pública e privada. Assim como já vimos em outros momentos, o comportamento negligente no São João poderá cobrar seu preço. Comemore com segurança, porque só protegendo a vida poderemos superar a pandemia e seguir em frente”, completou o secretário.

Boletim Covid-19 – 22/06/2021 | Prefeitura de Garanhuns

.



A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, informa que foram notificados 59 casos positivos da Covid-19. Outros 21 casos que se encontravam em investigação pela Vigilância Epidemiológica, junto às unidades notificantes, foram inseridos no sistema de informação. Até hoje, 47621 pessoas foram vacinadas com a primeira dose e 13844 pessoas foram vacinadas com a segunda dose contra a Covid-19.

Mais 51 pessoas estão recuperadas, após cumprir o período de isolamento, e não apresentar mais sintomas da doença. Outros 18 óbitos estão em investigação.

Ao todo, já foram confirmados 13556 casos da Covid-19 em Garanhuns. Deste total, 257 pessoas vieram a óbito, 10329 estão recuperadas após cumprir o período de isolamento domiciliar e não apresentar mais sintomas; e 310 pessoas que foram confirmadas com a Covid-19 estão em monitoramento. Já foram realizados 15098 testes pela rede municipal.

Atualmente, Garanhuns conta com 58 leitos clínicos de enfermaria, entre leitos municipais e estaduais. Sendo 22 destes na Unidade de Tratamento Covid-19, 18 na Unidade Covid-19 Palmira Sales e 18 no Hospital Regional Dom Moura. Os leitos clínicos de enfermaria estão com 31% de ocupação.

O município conta ainda com 40 leitos de UTI; considerando os 10 leitos na Unidade de Tratamento Covid-19, 10 leitos no Hospital Regional Dom Moura e 20 leitos no Hospital Perpétuo Socorro. A taxa de ocupação dos leitos de UTI está atualmente em 75% da capacidade.

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.