DR. ELENÍLSON LIBERATO

DESTAQUES DO BLOG

quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Estados podem se unir pela Amazônia, já que Governo Federal nada faz - Afirma deputado pernambucano



Os incêndios da Amazônia e de toda a região Norte do País levaram o deputado estadual Romário Dias (PSD) à tribuna da Assembleia Legislativa (Alepe), na manhã desta quinta (22). O parlamentar propôs que todas as 27 Assembleias do País se unam em um “pacto” para elaborar um documento para ser levado ao Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e ao presidente da República, Jair Bolsonaro.
“Este é um assunto de todos nós e não podemos mais esperar. Vamos mostrar que, independentemente do local onde moramos, todos estamos muito preocupados com a Amazônia. Temos a obrigação de fazer com que as pessoas tomem conhecimento do desastre que está acontecendo no Brasil”, explicou o deputado.
Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), apenas em 2019 foram registrados milhares de focos de incêndio no País. Destes, foram 38,228 na Amazônia, 21.942 no Cerrado, 7.943 na Mata Atlântica, 2.491 no Pantanal, 1.507 na Caatinga e 732 nos Pampas. 

“Quando esses incêndios acontecem, são afetados a fauna, a flora e todos nós. Além disso, contaminam todos os mananciais que temos para atender a população. Como ficam os animais que não têm forma de proteção? Como ficam as camadas mais pobres que nem casa têm para morar? Como ficam os jovens e as crianças vendo seu país ser destruído e aqueles que participam do processo político nada fazendo? Nós estamos passando uma das grandes dificuldades de sobrevivência no Planeta Terra”, argumentou Romário.

Ainda de acordo com o deputado, “o mundo está com os olhos voltados para o Brasil” e é preciso saber o que está ocasionando tamanho desastre. “Estamos nas páginas de todos os jornais do mundo como assassinos da natureza e isso não pode continuar. Precisamos saber se é porque não tem chovido permanentemente nessas áreas, se esses incêndios são criminosos ou se foi falta de atenção na hora das queimadas. É lamentável que o Governo Federal ainda não tenha tomado uma atitude”, destacou.

O discurso de Romário recebeu apartes dos deputados Cleiton Collins (PP), Simone Santana (PSB), Tony Gel (MDB), Alberto Feitosa (SD), Wanderson Florêncio (PSC), João Paulo (PCdoB) e Priscila Krause (DEM).

MARINA DENUNCIA HOLOCAUSTO DA AMAZÔNIA E CLAMA POR ESTADO DE EMERGÊNCIA AMBIENTAL

O holocausto da Amazônia põe a civilização em alerta

A floresta está sendo queimada por uma mistura de ignorância com interesses truculentos. A reação a esta barbárie ambiental para evitar que cheguemos ao lugar sem volta. Declare-se o Brasil em estado de emergência ambiental





O que é Rinite alérgica? Dr. Elenílson Liberato responde




A rinite alérgica é uma reação imunológica do corpo a partículas inaladas que são consideradas estranhas. Essas substâncias são chamadas de alérgenos. Os principais sinais apresentados são obstrução nasal, coriza, espirros e coceira no nariz. - O que provoca rinite?

Várias substâncias presentes no meio ambiente são alergênicas, mas predominam a poeira, o pólen e alguns alimentos. A poeira doméstica é a principal responsável pela rinite em boa parte do Brasil. Esta poeira tem vários componentes, como restos de pelos de animais, descamação da pele humana e de animais e restos de insetos, bactérias, fungos e ácaros. Os ácaros são microrganismos que se adaptam muito bem ao ambiente domiciliar e proliferam com facilidade em temperatura ambiente e locais úmidos. - Quais os sintomas da rinite alérgica?

Alguns sintomas da rinite alérgica surgem logo após entrar em contato com o alérgeno. Os principais sintomas da crise de rinite alérgica são: • Irritação no nariz, na boca, nos olhos, na garganta, na pele ou em qualquer outra região

• Problemas com odores
• Coriza
• Espirros
• Lacrimejamento nos olhos.
• Alguns sintomas da rinite alérgica se apresentam ao longo de horas:
• Congestão nasal
• Tosse
• Diminuição da audição e diminuição do olfato
• Dor de garganta
• Olheiras
• Olhos inchados
• Fadiga e irritabilidade
• Cefaleia - Buscando ajuda médica

Marque uma consulta médica caso você manifeste sintomas persistentes de rinite. Testes alérgicos podem ser necessários para definir o tratamento. O tratamento melhora a respiração nasal, evita crises de rinite e infecções como sinusite e otite.

Audiência Pública sobre adequação à legislação de uso do solo dos empreendimentos da empresa Viana & Moura acontece em Garanhuns



A Prefeitura de Garanhuns, por meio da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), da Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente (SDRMA), e Procuradoria do Município, convida a população em geral e, em especial, os moradores do entorno dos empreendimentos da empresa Viana & Moura, para participarem de uma audiência pública, que tratará sobre adequação à legislação de uso do solo, com foco principal nos setores urbanísticos onde os mesmos estão inseridos, e que acontece no dia 05 de setembro, às 16h, na Área de Vivência da Empresa Viana & Moura, localizada no fim da avenida principal do Loteamento São Vicente, no bairro Dom Hélder Câmara, em Garanhuns.

COMPARTILHE.

Gabi da Pele Preta e Isadora Melo participam do Studio Tear

                   
                                                                   
A 7ª edição do Studio Tear, projeto idealizado pela produtora cultural Stephany Metódio, com incentivo do Funcultura 2016/2017 e parceria do Aldeia Tear, acontecerá no próximo sábado (24), em Garanhuns/PE, com a presença marcante de duas artistas da nova cena pernambucana: Gabi da Pele Preta e Isadora Melo.

Esse encontro não é inédito, já que as duas têm percorrido caminhos que se entrecruzam. A primeira vez que cantaram juntas foi no próprio Aldeia Tear, durante o Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) de 2018, em um after intitulado Gira de Mulheres. Depois disso, dividiram o palco no Reverbo e, em momentos distintos, estiveram em turnê com o Cordel do Fogo Encantado.

Gabi está gravando o seu primeiro álbum com direção de Juliano Holanda. Isadora prepara o seu segundo trabalho com músicas inéditas. Novidades que prometem embalar esta noite que conta ainda com os músicos Alexandre Revoredo e Rafael Marques.

SERVIÇO
Data: 24 de agosto (sábado)
Local: Aldeia Tear - Rua Antônio Penante, 480, Garanhuns/PE
Hora: 21h abertura do espaço | 22h início das apresentações
Ingressos: R$ 10 pelo Sympla https://www.sympla.com.br/studio-tear---ed7__611360

COMPARTILHE

Em Garanhuns, Gleide Ângelo e Priscilla Krause debatem Políticas Públicas para Mulheres

Conferência será realizada pela Secretaria Municipal da Mulher nos dias 28 e 29 deste mês, e faz homenagem a estudante garanhuense morta durante a ditadura 

A luta pela equidade de direitos é o principal assunto da II Conferência Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres, promovida pelo Governo Municipal de Garanhuns, por meio da Secretaria da Mulher. O evento acontece nos dias 28 e 29 de agosto, no Chalé Recepções II, e recebe a presença das deputadas Gleide Ângelo e Priscilla Krause, além de rodas de conversas com representantes de movimentos. A Conferência traz o tema “Mulher e democracia: uma agenda de luta por direitos iguais” e homenageia a garanhuense Ranúsia Alves, estudante universitária morta em 1973 durante o período militar. 

Ranúsia Alves, estudante morta em 1973
Na quinta-feira (28), o evento será aberto às 13h, com a palestra magna da deputada e delegada Gleide Ângelo (PSB), que trará sua vivência no combate à violência contra a mulher e elucidação de crimes de feminicídio durante mais de 15 anos na Polícia Civil de Pernambuco (PCPE). Ainda na quinta, a cordelista Edilene Soares fará uma participação artística com a declamação de cordéis. 

Já na sexta-feira (29), será a vez da deputada Priscila Krause, que participa ativamente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, na Assembléia Legislativa de Pernambuco (Alepe). A palestra será iniciada às 8h da manhã. O evento segue até às 18h, com intervenções culturais e artísticas, incluindo a apresentação do Grupo de Mulheres Negras Ubuntu, da comunidade quilombola garanhuense Estivas.

A secretária da Mulher, Walkíria Alves, destacou a importância de promover o diálogo sobre implementação de políticas públicas voltadas a mulher. “A discussão sobre a garantia de direitos da mulher é importante devido a necessidade de compreensão de que nós, mulheres, queremos exercer plenamente nossa cidadania. Atualmente, ainda não temos representatividade suficiente nos espaços públicos e precisamos pensar políticas públicas para que nossas demandas sejam devidamente atendidas”, comentou.

COMPARTILHE

BLUENET PROVEDOR DE INTERNET

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.