GOVERNO DO ESTADO

segunda-feira, 5 de julho de 2021

GARANHUNS | Após quase três meses, chega ao fim Operação Feira Livre Segura

 



Aconteceu neste domingo (04), a última edição da Operação Feira Livre Segura, em Garanhuns. O fim da ação, dar-se por conta do baixo índice de casos de Covid-19 na cidade.

A força tarefa educativa e de fiscalização é uma idealização do prefeito Sivaldo Albino, contou com a coordenação da AMSTT e apoio de outras secretarias.

Para Rodolpho Almeida, presidente da Autarquia, a Operação obteve excelentes resultados e colaborou muito para que o município diminuísse a contaminação pelo vírus. "A Operação buscou proteger e incentivar a população que frequentava as sete feiras da cidade, sobre a importância de tomar os cuidados contra a disseminação da Covid-19", pontua.

A Prefeitura de Garanhuns esclarece que, caso seja necessário no futuro, a Operação Feira Livre Segura pode voltar a ser implantada a fim de manter o controle nas medidas essenciais de combate ao novo coronavírus.

Paulo Câmara prestigia posse do diretor-presidente do ITEP



O governador Paulo Câmara prestigiou, na manhã desta segunda-feira (05.07), a cerimônia de posse do diretor presidente do Instituto de Tecnologia de Pernambuco (ITEP), Antonio Vaz de Albuquerque Cavalcanti. Atual gestor da instituição, ele foi selecionado pelo Conselho Administrativo para continuar como diretor presidente no quadriênio 2021-2025. O ato, realizado por videoconferência, foi transmitido no Youtube do ITEP.

“Tenho certeza que Antonio Vaz continuará fazendo o que precisa ser feito, com seu jeito transparente, democrático e muito profissional. Sabemos que é preciso olhar para o futuro. Temos focos relevantes na área de meio ambiente, sustentabilidade e boas práticas. Isso também define o futuro do mundo para as novas gerações que virão. Vamos seguir trabalhando e fazendo o que tem que ser feito para ajudar Pernambuco a avançar e se desenvolver”, destacou Paulo Câmara.

O secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Lucas Ramos, ressaltou que a recondução, a partir da seleção pública feita pelo Conselho Administrativo, só certifica a capacidade do diretor-presidente de estar à frente do instituto. “É o momento de ampliar e oferecer ainda mais prestação de serviço, formar pessoas em habilidades do futuro e fomentar o desenvolvimento de tecnologias, para que possamos construir agora o que esperamos para Pernambuco daqui há alguns anos”, afirmou Ramos.

Antonio Vaz, por sua vez, enfatizou a honra de ter sido selecionado para continuar à frente do ITEP por mais um quadriênio. “Nesse período, iremos reforçar o papel de referência que o nosso instituto tem na prestação de serviços tecnológicos e retomaremos a rota de desenvolvimento de inovações estratégicas para nossa sociedade”, disse.

O ITEP deu início a uma série de discussões com foco no planejamento estratégico, avaliando o plano anterior e promovendo a construção e atualização do novo plano, que norteará as ações do instituto nos próximos anos. Os encontros contam com a participação da diretoria, dos gerentes e técnicos de diversos setores do instituto. O diretor de marketing do Itep, Osiris Luis da Cunha Fernandes, também continuará no cargo. Segundo Vaz, ele terá o desafio de fortalecer o posicionamento de mercado e a imagem do ITEP, para que os objetivos estratégicos sejam atingidos com precisão, em curto espaço de tempo, com menos gastos e mais esforços e ferramentas.

Também participaram da posse o secretário estadual de Sustentabilidade e Meio Ambiente, José Bertotti; o secretário executivo de Ciência, Tecnologia e Inovação, Leonildo Sales; o presidente do Conselho de Administração do ITEP, Josias Inojosa Filho; o presidente da Facepe, Fernando Jucá; e o reitor da Universidade de Pernambuco (UPE), Pedro Falcão.

PERFIL – Antonio Vaz é diretor-presidente do ITEP desde 2016. Especializado em Engenharia Elétrica e Eletrônica pela UFPE e em Geografia, já atuou como professor universitário, analista em Ciência e Tecnologia (Ibict/MCTI), além de outros cargos. Em uma passagem anterior pelo ITEP, foi diretor de Tecnologia.

Boletim Covid-19 – 04/07/2021 | Prefeitura de Garanhuns




A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, informa que foram confirmados três óbitos por Covid-19 neste domingo (14), em Garanhuns. Os três óbitos ocorreram em unidade da rede pública, nos dias 01, 25 e 30/06, sendo de pessoas com 46, 101 e 49 anos, respectivamente.

Também foram notificados 17 casos positivos da Covid-19. Mais 45 pessoas estão recuperadas, após cumprir o período de isolamento, e não apresentar mais sintomas da doença. Outros cinco óbitos estão em investigação.

Até hoje, 72.630 doses da vacina contra a Covid-19 foram aplicadas em Garanhuns. Deste total, 51.004 foram primeiras doses, 15.380 segundas doses, e outras 6246 doses únicas.

Ao todo, já foram confirmados 13911 casos da Covid-19 em Garanhuns. Deste total, 273 pessoas vieram a óbito, 11469 estão recuperadas após cumprir o período de isolamento domiciliar e não apresentar mais sintomas; e 306 pessoas que foram confirmadas com a Covid-19 estão em monitoramento. Já foram realizados 15432 testes pela rede municipal.

Atualmente, Garanhuns conta com 58 leitos clínicos de enfermaria, entre leitos municipais e estaduais. Sendo 22 destes na Unidade de Tratamento Covid-19, 18 na Unidade Covid-19 Palmira Sales e 18 no Hospital Regional Dom Moura. Os leitos clínicos de enfermaria estão com 22% de ocupação.

O município conta ainda com 40 leitos de UTI; considerando os 10 leitos na Unidade de Tratamento Covid-19, 10 leitos no Hospital Regional Dom Moura e 20 leitos no Hospital Perpétuo Socorro. A taxa de ocupação dos leitos de UTI está atualmente em 60% da capacidade.

Números atualizados Covid-19




Até o momento, a pandemia do novo coronavírus já deixou 183.825.470 contaminados e 3.977.903 mortos no mundo. No Brasil são 18.769.808 contaminados e 524.417 mortos. Os dados são da Universidade Johns Hopkins.

O número de doses de vacina aplicadas no planeta chegou a 3,19 bilhões. No Brasil são 104.884.931 de unidades administradas. Os dados são da Bloomberg (mundial) e de VEJA (nacional).


Áudios inéditos indicam envolvimento do presidente Bolsonaro nas rachadinhas





Gravações inéditas apontam o envolvimento direto do presidente da República, Jair Bolsonaro, no esquema ilegal de entrega de salários de assessores na época em que ele exerceu seguidos mandatos de deputado federal (entre os anos de 1991 e 2018). Os áudios podem ser ouvidos no vídeo que aparece nesta reportagem.

Em março passado, o UOL revelou que quatro funcionários do gabinete de Jair Bolsonaro fizeram saques atípicos e que sua ex-mulher ficou com todo o dinheiro existente na conta da irmã que estava nomeada para o gabinete do então deputado federal.

Mas nenhum assessor tinha dito até então que era obrigado a devolver parte do salário quando estava nomeado no gabinete de Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados.

As declarações indicam que Jair Bolsonaro participava diretamente da rachadinha: nome popular para uma prática que configura o crime de peculato (mau uso de dinheiro público).

O peculato é um crime contra a administração pública e se caracteriza pela subtração ou apropriação indevida de valores ou bens cometida por um servidor público, a exemplo de parlamentares e membros do governo.

UOL

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.