GOVERNO DO ESTADO

sexta-feira, 21 de maio de 2021

Paulo Câmara empossa novo secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação




O governador Paulo Câmara empossou, nesta sexta-feira (21.05), em cerimônia no Palácio do Campo das Princesas, o novo secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Habitação, o advogado Tomé Barros Monteiro da Franca. Ele substitui o ex-secretário Marcelo Bruto, que vai assumir a Secretaria Executiva de Parcerias e Estratégias da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag).

“O novo secretário chega com a missão de concluir ações importantes na área fundamental de desenvolvimento urbano, em interface com os municípios que têm muitas necessidades em infraestrutura, apoio, e soluções inteligentes para os problemas”, destacou Paulo Câmara.

Tomé Franca ressaltou que está assumindo um grande desafio, levando em consideração, sobretudo, os grandes trabalhos já realizados anteriormente na pasta. “Marcamos uma reunião na tarde desta sexta-feira para que possamos ter conhecimento das ações que já estão em andamento na secretaria, e para poder dar continuidade aos projetos que vem sendo desenvolvidos ao longo desses anos”, observou.

Prestigiaram a posse do advogado Tomé Franca os secretários estaduais José Neto (Casa Civil), Carlos José (Casa Militar), Alexandre Gabriel (Chefe da Assessoria Especial do Governador) e Alexandre Campelo (Chefe de Gabinete do Governador), além do desembargador do TRT-PE Eduardo Pugliesi, do secretário-geral do Partido Republicanos em Pernambuco, vereador Samuel Andrade, e do padre Luciano Brito.

PERFIL – Tomé Franca é formado em Direito, com mestrado em Gestão Pública pela UFPE. Há 18 anos atua no serviço público, com passagens pelos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. Foi secretário-executivo de Turismo de Pernambuco, de 2007 a 2009, no primeiro governo de Eduardo Campos. Também foi assessor jurídico do Tribunal Regional do Trabalho, e antes de assumir a pasta exercia o cargo de secretário executivo de Saneamento da Prefeitura do Recife.

EFICÁCIA DA CORONAVAC

Insumos para vacina CoronaVac chegam ao Brasil dia 26 de maio


Um estudo realizado no Chile revelou que a CoronaVac, vacina contra a Covid-19 mais utilizada no Brasil até o momento, tem efetividade de 65,3% contra casos sintomáticos da doença em um período de catorze dias após a aplicação da segunda dose. No que diz respeito a casos graves, o desempenho foi melhor ainda: 87% de efetividade na prevenção de hospitalizações, 90,3% contra internações em UTI e 86% de efetividade na prevenção de mortes. Os dados foram obtidos a partir da análise das informações de 10,2 milhões de pessoas no país andino.

Veja

Governo de Pernambuco prorroga restrições até o dia 06 de junho




Após análise do Comitê de Enfrentamento à Covid-19, o Governo de Pernambuco anunciou, nesta quinta-feira (20.05), durante coletiva de imprensa online, a prorrogação das medidas restritivas até o próximo dia 06 de junho. A iniciativa contempla todas as regiões do Estado, exceto a 2ª Macrorregião, no Agreste, da qual fazem parte as IV e V Gerências Regionais de Saúde (com sede em Caruaru e Garanhuns), que conta com decreto específico vigente até o dia 31 deste mês.

Segue valendo o funcionamento das atividades de maneira geral nos finais de semana até as 18h, para quem iniciar às 10h. Os estabelecimentos que abrirem às 9h só poderão funcionar até as 17h. Nos dias de semana, as atividades econômicas em geral continuam com permissão para funcionar das 10h às 20h. O comércio de praia, de segunda à sexta-feira, das 9h às 16h, mantendo a proibição nos finais de semana.

A secretária-executiva de Desenvolvimento Econômico, Ana Paula Vilaça, destacou que Pernambuco ainda continua em uma fase bastante crítica, o que motivou o comitê a estender as medidas restritivas. “Essas medidas são extremamente necessárias para que a gente possa conter o avanço da pandemia no nosso Estado. É importante ressaltar que estamos tratando de um plano de convivência com a Covid-19 e que ele pode ser revisto a qualquer momento. Tudo depende da evolução dos números que são acompanhados em tempo real pelo comitê”, disse, reforçando que as decisões e medidas tomadas são pontuais e específicas para cada região de Pernambuco e de acordo com a evolução da pandemia em cada município.

Durante a coletiva, o secretário estadual de Saúde, André Longo, também fez a análise dos dados da última semana epidemiológica, que compreende o período entre 9 e 15 de maio, ressaltando que o Estado continua com uma situação de estabilidade, mas em patamares muito elevados. “O fato de estarmos neste platô de estabilidade não significa que estamos em uma situação de tranquilidade. Estamos muito atentos e monitorando de forma permanente os indicadores da doença. Ao menor sinal de uma aceleração fora do padrão sazonal, não hesitaremos em tomar as medidas necessárias. Pernambuco sempre resistiu ao negacionismo e sempre seguiu a ciência”, afirmou.

Longo também informou que o Agreste continua sendo a região que mais preocupa neste momento, já que vive um momento de aceleração que impactou na oscilação dos indicadores do Estado. Enquanto nas outras regiões os casos de SRAG tiveram queda ou oscilações abaixo de 5%, no Agreste o aumento foi acima dos 10%. Nas solicitações de leitos de UTI, a Central de Regulação detectou um aumento de 15% nas solicitações da 2ª Macrorregião na semana passada, enquanto o aumento no Estado foi de 3%.

Já nesta semana, do domingo (16.05) até a última quarta-feira (19.05) foram registradas 108 solicitações de internação a mais em todo o Estado, comparando com os primeiros quatro dias da semana passada, com um aumento de 12,7%. No Agreste, foram 64 solicitações a mais no período, um crescimento de 40%. Por conta destes dados, desde a última terça-feira (18.05) o Governo do Estado intensificou as medidas restritivas na região, reduzindo o horário de funcionamento das atividades durante a semana e permitindo somente as atividades básicas nos finais de semana.

Análise: Bolsonaro expõe e tritura generais com afagos e humilhações

Respondemos 'inúmeras vezes' à Pfizer em 2020, diz Pazuello | VEJA


Pelo segundo dia seguido, o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello foi ouvido pelos senadores da CPI da Covid. Segundo o colunista Tales Faria, o vexame pelo qual o general da ativa está passando na comissão não é a única mazela que o presidente submeteu seus antigos colegas de Exército.

"Aliás, não é a única humilhação pública que o capitão impôs ao general. Tem aquela cena histórica em que mandou desfazer o protocolo de intenções que Pazuello disse ter assinado para compra da Coronavac", escreveu Tales.

Bolsonaro já demitiu, sem maiores explicações, praticamente todo o comando militar: o então ministro da Defesa, general Fernando Azevedo e Silva, e os comandantes do Exército, general Edson Pujol, da Marinha, Almirante Ilques Barboza, e da Aeronáutica, Antônio Carlos Moretti Bermudez.

A maior diversão de Bolsonaro parece ser demonstrar publicamente a autoridade que exerce sobre os generais, muitos da mesma geração do presidente que chegou até o posto de capitão, foi para a reserva do Exército e chegou a ser chamado de "mau militar".

"Ninguém na história do Brasil foi tão danoso para a imagem dos militares como o presidente Jair Bolsonaro" Tales Faria

UOL

GARANHUNS / Sivaldo Albino anuncia Pâmela Azevedo como secretária interina de Desenvolvimento Rural e Abastecimento

WhatsApp Image 2021-05-20 at 20.10.26 (1).jpeg



Pâmela Rodrigues Azevedo foi anunciada nesta quinta-feira (20), em reunião no gabinete do prefeito Sivaldo Albino, como secretária interina de Desenvolvimento Rural e Abastecimento de Garanhuns, em substituição a Lucimar Oliveira, que pediu desligamento na quarta.
Pâmela Azevedo já vem desempenhando trabalho elogiado na Secretaria, sendo indicação da ex-secretária. Agora, assume a pasta com apoio do Partido dos Trabalhadores, inclusive é a atual vice-presidenta da legenda.

Além do prefeito Sivaldo Albino, o encontro pela manhã de hoje contou com a presença da co-vereadora Fany Bernal (Presidenta do PT no municipio) e Ivan Montebelo, diretor de abastecimento do município.

"Sabemos da importância da participação do Partido dos Trabalhadores no governo, e ficamos felizes de contar com esta jovem comprometida com a gestão e currículo que a credencia a um grande trabalho, neste período de transição na pasta" - Afirmou Albino, ao final do breve encontro.

Oportunamente, o diretório do PT em Garanhuns indicará um nome definitivo para a pasta.

Pâmela Rodrigues Azevedo é graduada em Agronomia pela Universidade Federal do Agreste de Pernambuco/ UFAPE; Técnica em Meio Ambiente pelo IFPE Garanhuns; Mestranda em Ciências Ambientais; Ex-presidenta do Diretório Acadêmico do curso de Graduação em Agronomia; Atualmente é vice-presidenta do PT Garanhuns. Atuou ainda no Núcleo Agrofamiliar, na AGROFEIRA e na rede de Agroecologia do Agreste de Pernambuco (REAGRO).

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.