GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

segunda-feira, 17 de agosto de 2020

Economia listou 81 imóveis para hospitais de campanha, mas Saúde só respondeu 3 meses depois. Acreditam? Pois foi.

 

O Ministério da Saúde demorou mais de três meses para responder sobre a possibilidade de usar imóveis da União para a instalação de hospitais de campanha destinados a pacientes com Covid-19. A pasta recebeu ofício do Ministério da Economia, assinado em 21 de abril, que listou 81 imóveis nos 26 estados e no Distrito Federal. O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, respondeu somente no dia 31 de julho.

Quando ofício foi encaminhado pela Economia, a pandemia havia matado 2,7 mil brasileiros. Na data da resposta de Pazuello, o Brasil havia superado 91 mil mortes por Covid-19.

MORO E DALLAGNOL NA MIRA DA JUSTIÇA

 


LAVA JATO NA MIRA

Após mais de seis anos desde que foi deflagrada, a Operação Lava Jato voltará aos holofotes nesta semana com o julgamento no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) que pode tirar o procurador Deltan Dallagnol do comando da força-tarefa em Curitiba. Como mostra a coluna Radar , o julgamento é interpretado por aliados de Deltan como uma vingança de seus desafetos. 

Para poderosos em Brasília – e até para defensores da Lava Jato –, o combustível das ações, porém, foi dado por ele próprio, ao testar o limite de suas funções como integrante do MPF e assumir o papel de personagem nas redes sociais. O julgamento está marcado para esta terça-feira.

AGORA COMIGO:  O ex-juiz Sérgio Moro, que deixou a magistratura para entrar na política, também terá sua atuação nos inquéritos contra Lula julgada, pois há um pedido de sua suspeição quando estava à frente dos processos, seu engajamento nas investigações e perseguição ao réu.

DESTAQUES DO BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.