GOVERNO DO ESTADO

quarta-feira, 2 de junho de 2021

Pernambuco recebe novas doses da vacina Astrazeneca/Fiocruz




Pernambuco recebeu, às 11h desta quarta-feira (02.06), no Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre, mais 244 mil doses de vacinas contra a Covid-19 da Astrazeneca/Fiocruz. Esse quantitativo será utilizado para a primeira aplicação em pessoas com comorbidades e deficiências, além dos trabalhadores da área de educação, dos ensinos básico e superior.

“Continuamos com essa meta importante de seguir avançando cada vez mais na vacinação da população do nosso Estado. Temos todo um processo de logística eficiente e rápido, que garante a distribuição imediata das doses para todas as regiões, permitindo que as prefeituras também avancem com agilidade nesse processo. E continuamos reforçando as orientações para que a população também faça sua parte, comparecendo aos postos de saúde para tomar as vacinas, além de continuar cumprindo as medidas sanitárias, mantendo o distanciamento social e evitando aglomerações”, afirmou Paulo Câmara.

As doses recebidas pela manhã foram levadas ao Programa Estadual de Imunização (PNI-PE), para separação por município e posterior envio, já nesta tarde, para as 12 Gerências Regionais de Saúde (Geres), onde os gestores municipais fazem a retirada. O secretário estadual de Saúde, André Longo, reforçou a necessidade do planejamento das ações e da criação de estratégias diversas para otimizar o uso do insumo e assim, chegar à população contemplada. “Temos que dar velocidade à vacinação e fazer uso de todo o insumo que temos disponível”, ressaltou.

De acordo com a superintendente de Imunização do Estado, Ana Catarina de Melo, os municípios podem avançar para outros grupos prioritários, além das pessoas entre 50 e 59 anos, de acordo com a realidade local. “Não podemos deixar doses paradas e precisamos proteger o máximo de pessoas para evitarmos casos graves da Covid-19 e óbitos. É importante, ainda, que os gestores municipais fiquem atentos aos grupos que já estavam sendo atendidos, como as gestantes e puérperas e as pessoas com comorbidades, para fazer busca ativa e garantir a imunização de todos”, reforçou.

Somando esse novo lote, um total de 2.169.170 doses da Astrazeneca/Fiocruz foi entregue ao Estado. Além disso, já foram recebidas 1.959.160 doses da Coronavac/Butantan e outras 115.830 doses da Pfizer/BioNTech, totalizando 4.244.160 vacinas disponibilizadas à população pernambucana.

SEGUNDA DOSE – O Programa Estadual de Imunização também fará a distribuição de 3.950 doses da Coronavac/Butantan destinadas exclusivamente para a segunda aplicação. Ao todo, 82 cidades serão beneficiadas. Esse quantitativo foi devolvido pelos municípios do Cabo de Santo Agostinho e Sertânia, que receberam em troca o mesmo quantitativo da Astrazeneca/Fiocruz. Essa possibilidade de devolução foi pactuada pelo Estado e municípios na Comissão Intergestores Bipartite (CIB), com o intuito de auxiliar as cidades que estão com déficit da segunda dose.

Na segunda quinzena de maio, o programa já tinha encaminhado 58,6 mil doses extras do estoque estratégico para 129 municípios. Contudo, ainda faltaram pouco mais de 49 mil. Com essa entrega, ainda serão necessárias 45.330 doses, para 80 cidades, que já foram solicitadas ao Ministério da Saúde.

Paulo Câmara recebe novo comandante da Polícia Militar de Pernambuco





O governador Paulo Câmara recebeu, na manhã desta quarta-feira (02.06), no Palácio do Campo das Princesas, o novo comandante da Polícia Militar de Pernambuco, coronel José Roberto de Santana. Ele substitui o coronel Vanildo Maranhão, que entregou o cargo na última terça-feira (01.06). No encontro, foram pactuadas ações necessárias, tanto no âmbito do Pacto Pela Vida, como para a continuidade das investigações dos fatos ocorridos durante a manifestação do último sábado (29.05) no Recife.

“A Polícia Militar vai continuar cumprindo o seu papel, protegendo o cidadão e atuando firmemente contra a criminalidade, mas, acima de tudo, respeitando as ações democráticas. O coronel José Roberto tem grande experiência e já atua há muitos anos na corporação. Ele sabe o que tem que ser feito para que Pernambuco possa avançar, fazendo com que a cultura da paz predomine no nosso Estado”, afirmou Paulo Câmara.

De acordo com o novo comandante, serão dias de muito trabalho, e com o apoio da corporação, dos oficiais e dos praças, o desafio será cumprido. “Juntos, faremos com que o Pacto Pela Vida alcance todas as metas e objetivos. A instituição Polícia Militar continuará garantindo a segurança e a cidadania do povo pernambucano”, disse o coronel José Roberto.

Por sua vez, o secretário estadual de Defesa Social, Antonio de Pádua, reiterou que o novo comandante é um grande conhecedor do Pacto Pela Vida e vem trabalhando nos últimos anos com muita dedicação à redução dos números da criminalidade no Estado. “Além de oficial, o comandante também tem experiência anterior em planejamento e estratégia”, finalizou Pádua. O secretário estadual da Casa Civil, José Neto, também participou da reunião.

PERFIL – O coronel José Roberto de Santana vinha exercendo a função de diretor de Planejamento Operacional da Polícia Militar, tendo como responsabilidade coordenar as quatro diretorias operacionais da corporação (DIM, DIRESP, DINTER I e DINTER II), correspondentes a um total de 51 unidades operacionais, entre batalhões e companhias independentes, de área e especializadas. Ele tem 31 anos de efetivo serviço à Polícia Militar, tendo sido declarado aspirante a oficial PM em 1992, pela Academia de Polícia Militar do Paudalho. Possui os seguintes cursos na área de Segurança Pública: Especialização em Gestão Governamental, Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais e Curso Superior de Polícia.

O coronel foi chefe da Unidade de Segurança do Palácio do Campo das Princesas, sede do Governo de Pernambuco, no período de 2001 a 2004; foi ajudante de Ordem do governador de Pernambuco no período de 2005 a 2006; e foi assistente do Comando Geral da PMPE, no período de 2011 a 2017. Possui ainda 14 condecorações de mérito.

TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA PARA PRODUÇÃO DE VACINAS

 A Fiocruz assinou junto à AstraZeneca o contrato de transferência de tecnologia para que a produção da matéria-prima da vacina de Oxford seja realizada no Brasil. Em resumo, essa transferência é o segredo do desenvolvimento do imunizante. Agora, a Fiocruz deve produzir 110 milhões de doses, com insumos próprios, a serem entregues no último trimestre deste ano, conforme cronograma do Ministério da Saúde. Até o momento, foram enviadas ao Programa Nacional de Imunização 47,6 milhões de doses do fármaco. O quantitativo diz respeito a unidades produzidas com matéria-prima importada ou compradas totalmente prontas do exterior.

VEJA

Prefeitura de Garanhuns decreta ponto facultativo nesta sexta-feira (04)


A Prefeitura de Garanhuns informa que em virtude da comemoração alusiva ao feriado nacional de Corpus Christi nesta quinta-feira (03), o expediente na próxima sexta-feira dia 04 de junho será facultativo na Prefeitura, Secretarias e demais órgãos e entidades do Poder Executivo Municipal.

A decisão do prefeito Sivaldo Albino tem o objetivo de diminuir a circulação de pessoas nos próximos dias, contribuindo no combate à pandemia e evitando, assim, contágios que possam levar às internações, inclusive em leitos de UTI; situação já crítica em nossa cidade.

Cabe aos secretários municipais, em suas respectivas pastas, assegurar que os servidores preservem o integral funcionamento dos serviços considerados essenciais e observem os turnos de funcionamento dos órgãos.

Paulo Câmara firma parceria com a Amazon para beneficiar pequenas empresas

Acordo disponibilizará cursos de capacitação e certificação para que empreendedores desse nicho possam vender na loja online da gigante multinacional


O governador Paulo Câmara anunciou, nesta quarta-feira (02.06), que o Estado e a Amazon vão viabilizar capacitação e suporte técnico no processo de acesso ao mercado de vendas online para micro e pequenas empresas de Pernambuco. A ideia é que, no fim do treinamento, os empreendedores pernambucanos tenham a certificação para vender no Amazon Marketplace, um ambiente de e-commerce que permite que empresas terceiras ofereçam produtos nos canais de vendas oficiais da Amazon. O memorando foi firmado em reunião virtual com a participação de executivos da multinacional.

“Essas oportunidades são muito importantes para gerar renda, empregos e condições de negócios. Todos os municípios pernambucanos, todos aqueles que empreendem, vão ter uma oportunidade importante nessa capacitação de, no futuro, serem parceiros dessa grande empresa que é a Amazon aqui em Pernambuco”, afirmou Paulo Câmara.

A interlocução para a parceria é fruto de ação conjunta da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado e da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper). Ficará a cargo do Estado selecionar as empresas e inserir os conceitos do mercado digital, em especial à atuação em marketplaces. Já a Amazon promoverá todo o treinamento e capacitação para ajudar a digitalizar os negócios a partir da sua plataforma, um ambiente digital que inclui novos canais de vendas, marketing, logística e gestão.
“Uma base importante da geração de emprego e renda nas cidades pernambucanas está diretamente conectada às micro e pequenas empresas. Boa parte, inclusive, tem uma estrutura organizada e qualidade do produto, mas tem dificuldade com o digital. São ações desse tipo, de conectar o pequeno empresário ao mercado, que fazem toda a diferença para turbinar os negócios, principalmente quando se fala de marketplace com a força das vendas online da Amazon”, destacou o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Geraldo Julio.
A intenção é conectar esses negócios à estrutura online da Amazon para vender de forma simples e com taxas diferenciadas, divulgando melhor seus produtos nas redes sociais. Os cursos serão divididos em dois módulos. O primeiro abordará, de forma prática, como vender na Amazon, promovendo uma série de aulas personalizadas para audiências e setores. O treinamento prático abrange questões como abrir uma conta na plataforma, informações sobre frete e logística e o cadastro dos produtos. Os treinamentos serão online, sendo realizados ao vivo e também gravados, além de contar com uma sessão de esclarecimento de dúvidas, por meio dos canais de comunicação da empresa.

Também em formato de seminário online, o segundo módulo de treinamentos ensinará como acelerar suas vendas na Amazon. O treinamento prático dessa etapa alcançará os seguintes tópicos: opções de logística; como ganhar visibilidade (anúncios e publicidade); como conquistar o consumidor; além de ensinar como criar relatórios e organizar as finanças.
“Sabemos que micro e pequenas empresas têm mais dificuldade para digitalizar suas operações, principalmente neste momento delicado da pandemia do novo coronavírus. Nossa meta é ajudar ao máximo as empresas com dificuldades em entrar para o digital. Marketplaces, como o da Amazon, são um caminho mais estruturado para as empresas que precisam começar a vender online”, ressaltou o diretor-presidente da AD Diper, Roberto Abreu e Lima.
AMAZON – A empresa iniciou suas operações no Brasil em 2012. Suas atividades se intensificaram a partir de 2017. A empresa já investiu mais de 3,3 bilhões e possui oito centros de distribuição no País, um deles em Pernambuco, no Cabo de Santo Agostinho. Ao todo, a Amazon possui mais de 15 mil empresas cadastradas em sua plataforma.

Além de Geraldo Julio e Roberto Abreu e Lima, também participaram da reunião online a secretária executiva Ana Paula Vilaça, o diretor de Marketplace da Amazon, Ricardo Garrido, e o Country Manager da Amazon no Brasil, Daniel Mazini.

Fotos: Hélia Scheppa/SEI

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.