PERNAMBUCO CONTRA O CORONAVÍRUS

BLUENET - PROVEDOR DE INTERNET

DESTAQUES DO BLOG

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

V GERES convoca população para Campanha de Vacinação contra o Sarampo

Nesta etapa o público prioritário é de crianças e jovens de 5 a 19 anos de idade



A V Gerência Regional de Saúde, com sede em Garanhuns, convoca a população dos 21 municípios de sua abrangência para participar da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo. A campanha iniciou na segunda-feira (10.02) com atenção especial para imunização do público entre 5 e 19 anos. Nas campanhas anteriores foram priorizadas as populações de 6 meses a 4 anos e 20 a 29 anos. 

Esta nova etapa de vacinação contra o sarampo segue até 13 de março, contudo este próximo sábado, 15 de fevereiro, é o DIA D da vacinação, quando os postos estarão abertos para atender as pessoas e realizar a vacinação. Não deixe para depois.

A gestora regional de saúde, Catarina Tenório, tem acompanhado a distribuição das vacinas através do Programa Nacional de Imunização - PNI, que funciona na V GERES. "Estamos disponibilizando a vacina tríplice viral, que protege contra o sarampo, rubéola e caxumba para todos os municípios da região, e contamos com a participação de todos, da população, gestores e profissionais de saúde para fazer desta campanha um sucesso, batendo as metas de vacinação estipuladas pela Secretaria Estadual de Saúde e Ministério da Saúde" - afirmou a gestora.

Aqueles que não puderem comparecer aos postos de saúde no sábado, DIA D, terão a vacina na rotina dos Postos de Saúde. Outra dica importante é manter a caderneta de vacinação em dia. ´

Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco abre seleção simplificada para contratação de professores

Processo irá preencher 2.938 vagas de nível superior e médio; prazo para inscrição termina no dia 9 de março



Estão abertas as inscrições para seleção pública simplificada para 2.938 professores de nível superior e médio para atuação nas áreas de Educação Profissional, Educação Básica e Programas e Projetos no âmbito da Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco. O processo seletivo será realizado em uma única etapa - eliminatória e classificatória - denominada Avaliação de Experiência Profissional e de Títulos, realizada pelo Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (IDIB). A inscrição custa R$ 24 e deve ser realizada até do dia 9 de março, exclusivamente pelo site http://www.idib.org.br. A solicitação de isenção da taxa de inscrição nos casos previstos no edital deve ser realizada até esta sexta-feira (14).

A inscrição consiste no preenchimento de um formulário eletrônico e será validada após o pagamento da taxa de inscrição, que pode ser feito através de boleto em qualquer agência bancária no prazo de até 24 horas. Os salários variam de R$ 1.464,22 a R$ 2.932,96.

Do quantitativo geral de vagas, 2.405 são para a Educação Básica, 106 são para Educação Profissional e 427 para Programas e Projetos. Para participar é preciso que o candidato seja brasileiro ou goze das prerrogativas previstas no Art. 12 da Constituição Federal; tenha idade mínima de 18 anos, ou ser emancipado civilmente; esteja em dia com as obrigações eleitorais; esteja quite com o serviço militar (para os candidatos do sexo masculino); esteja apto, física e mentalmente, para o exercício das atribuições da função; não acumule função, emprego ou cargo público em qualquer esfera de governo ou em qualquer Poder, salvo nos casos constitucionalmente permitidos; dentre outros requisitos que constam no edital.

A portaria é válida por dois anos, prorrogáveis por igual período, a partir da data de homologação do seu resultado final. O documento estabelece ainda o prazo de vigência para contratos temporários provenientes da seleção, que é de doze meses, prorrogável por igual período. Os candidatos classificados serão convocados por meio de telegrama enviado para o endereço cadastrado na ficha de inscrição do candidato.

Resultado de imagem para gre am

SES/PE abre inscrições para a II seleção de residência médica 2020



Estão abertas as inscrições para o II processo seletivo do Programa de Residência Médica 2020 da Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco. As inscrições devem ser efetuadas no endereço eletrônico www.upenet.com.br até o dia 27 de fevereiro. A seleção será realizada pelo IAUPE, Instituto de Apoio à Universidade de Pernambuco.

Estão sendo ofertadas 141 vagas para Residência Médica, remanescentes do primeiro edital e novas vagas aprovadas pela Comissão Nacional de Residência Médica. Entre estas, destaque para a especialidade de cardiointensivismo no Hospital Dom Helder Câmara (HDHC), no Cabo de Santo Agostinho. A área é voltada para os cuidados especiais na terapia intensiva cardiológica.

No Hospital da Mulher do Recife, que recentemente inaugurou o setor de alto risco, o Programa de Residência Médica abriu três vagas para neonatologia, quatro vagas para obstetrícia/ginecologia e duas vagas para radiologia e diagnóstico por imagem. Os outros postos aprovados contemplam ramos que vão desde a área básica cirúrgica até transplante de medula óssea.

Os interessados devem realizar o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ R$ 490,00, preferencialmente em casa lotéricas, até o dia 28/02. A seleção será realizada em única fase, constituída de prova escrita, de caráter eliminatório e classificatório. O candidato só poderá se inscrever em uma única área de concentração.

As provas escritas serão aplicadas no dia 08/03/2020. A divulgação do resultado final está prevista para o dia 16 de março de 2020. Os aprovados deverão iniciar as atividades já no dia 18/03 nas instituições de saúde. Aos residentes será paga uma bolsa mensal no valor de R$ 3.330,43.

Outras informações 
Site do Conupe: www.upenet.com.br
Telefones: (81) 3033-7394 / 7397.

I EPICS / Alternativas terapêuticas são temas de encontro na V GERES em Garanhuns



Gestores e profissionais de saúde dos municípios do Agreste Meridional da abrangência da V GERES, com sede em Garanhuns, participaram do I ENCONTRO DE PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES EM SAÚDE DA V REGIÃO DE SAÚDE DO ESTADO DE PERNAMBUCO (I EPICS) que foi realizado no auditório da FUNASA, nesta quarta-feira (12), durante todo o dia. A realização foi da V GERES/SES em parceria com a Escola de Governo de Saúde Pública de Pernambuco, Hospital Regional Dom Moura e Residência Multiprofissional do HRDM. O evento contou com a participação da coordenadora estadual do PICS, Silvana Monteiro.

O Ministério da Saúde elenca em seu site 29 práticas integrativas e complementares, sendo algumas das mais conhecidas a aromaterapia, biodança, cromoterapia, hipnoterapia, homeopatia, meditação, shantala, ventosaterapia, florais de bach, osteopatia, fitoterapia (plantas medicinais), yoga e pintura gestacional. São práticas que cada vez mais se integram e complementam tratamentos tradicionais, e que têm mostrado resultados na evolução de pacientes, utilizadas de acordo com suas patologias.

O encontro desta quarta-feira proporcionou a troca de conhecimentos, inclusive com a realização de diversas oficinas e rodas de conversa, com ênfase à importância do cuidado e promoção à saúde por métodos terapêuticos e recursos naturais, estimulando a realização das modalidades no sistema de saúde pública da região. O coordenador regional de atenção à saúde, Daniel Barboza, comentou sobre o encontro. "Apresentamos e debatemos estas práticas com garantia à segurança, eficácia e efetividade sem desvalorizar a cultura, a tradição e a saúde popular. Saímos muito satisfeitos e adiantamos que teremos o segundo encontro."

A gestora regional de saúde, Catarina Tenório, que presidiu a mesa de abertura, comemorou a realização do I EPICS. " Consideramos fundamental a participação de usuários da comunidade interessados no tema, na ampliação do cuidado utilizando diversas formas de tratamento, e neste caso, as Práticas Integrativas e Complementares de Saúde. O encontro serviu para ampliar e incentivar a implantação no âmbito do SUS nos municípios da V Região de Saúde do estado de Pernambuco." - registrou.

As Práticas Integrativas e Complementares (PICS) são tratamentos que utilizam recursos terapêuticos baseados em conhecimentos tradicionais, voltados para prevenir diversas doenças como depressão e hipertensão. Em alguns casos, também podem ser usadas como tratamentos paliativos em algumas doenças crônicas.

Atualmente, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece, de forma integral e gratuita, diversos procedimentos de Práticas Integrativas e Complementares (PICS) à população. Os atendimentos começam na Atenção Básica, principal porta de entrada para o SUS.

Evidências científicas têm mostrado os benefícios do tratamento integrado entre medicina convencional e práticas integrativas e complementares. Além disso, há crescente número de profissionais capacitados e habilitados e maior valorização dos conhecimentos tradicionais de onde se originam grande parte dessas práticas.

Ministério da Saúde 

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.