BLUENET - PROVEDOR DE INTERNET

DESTAQUES DO BLOG

terça-feira, 26 de junho de 2018

GARANHUNS, Mudanças no trânsito em ruas do bairro de Heliópolis

Av. Simoa Gomes vira mão única a partir deste ponto no sentido dos hospitais


A Autarquia Municipal de Trânsito em Garanhuns promoverá, a partir da próxima segunda-feira (02/07) uma mudança de sentido de algumas avenidas localizadas entre a Avenida Rui Barbosa e a Rua Ernesto Dourado, no bairro Heliópolis, onde está localizado o polo médico. Aliás, em algumas ruas, até o asfalto também precisa dos cuidados da municipalidade. 

Mudanças — Os trechos que serão alterados estão apenas entre a Rui Barbosa e a Ernesto Dourado. a) A Avenida Idelfonso Lopes continuará mão dupla.
b) A Av. Simoa Gomes terá sentido único para o Dom Moura.
c) A Av. Gonçalves Maia terá sentido único para a Ernesto Dourado. 
d) A Av. Frei Caneca será sentido único para Rui Barbosa. 
e) Na Av. Oliveira Lima será proibido estacionar às quintas-feiras entre às 5 horas da manhã e às 14 horas.

Estão sendo instaladas mais de 90 placas nas avenidas Idelfonso Lopes, Simoa Gomes, Gonçalves Maia, Frei Caneca, Oliveira Lima e Avenida Rui Barbosa, além da Rua Ernesto Dourado.

Ações educativas serão desenvolvidas no intuito de conscientizar os condutores que passarem pelo local com agentes de fiscalização de trânsito e também outros profissionais capacitados e contratados pela prefeitura esse período de adaptação dos condutores de veículos.

ALERTA: Governo paralisa campanhas de vacinação e ameaça país com volta de doenças, diz Humberto

Ministro Marcelo Barros teria negligenciado campanha de vacinação, investindo R$ 500 milhões em seu estado


 
Primeiro ministro da Saúde do presidente Lula, o líder da Oposição ao governo Temer no Senado, Humberto Costa (PT-PE), afirmou, nesta terça-feira (26), que o abandono de campanhas de vacinação de crianças e adolescentes promovido pela atual administração federal poderá fazer com que doenças já erradicadas no país, como a poliomielite e o sarampo, voltem a atingir bebês e crianças.

O parlamentar ressaltou que, pela primeira vez, todas as vacinas indicadas a menores de 1 ano ficaram abaixo da meta do Ministério da Saúde, que prevê imunização de 95% do público. Além disso, em 2017, foi registrado o pior índice de vacinação de bebês e crianças dos últimos 16 anos.

“Os dados são do Programa Nacional de Imunização, reconhecido internacionalmente pelo controle de doenças no país. Infelizmente, é mais uma ação exitosa dos nossos governos destruída pelo atual presidente, a exemplo de outras, como Farmácia Popular e o Mais Médicos. É puro descaso, incompetência e desrespeito com a população”, declarou.

Entre as vacinas com redução de cobertura, estão poliomielite, sarampo, caxumba, rubéola, difteria, varicela, rotavírus e meningite. Para o senador, o cenário é muito grave e exige que o governo se mobilize urgentemente para retomar as campanhas educativas de conscientização. Ele lembra que o programa de imunização, aperfeiçoado por Lula e Dilma, é um exemplo para o mundo, mas que foi relegado a segundo plano por Temer. 

“Ter 70% de cobertura é ter 30% de suscetíveis, com chance de várias doenças prosperar. Propagados os vírus, pode-se perder imediatamente o controle deles. Por isso, não vou estranhar que comecem a surgir casos de poliomielite e sarampo. Um absurdo. É o retrato do slogan do governo: o Brasil voltou 20 anos em dois. E, nesse aspecto, regrediu até mais”, detonou.

Humberto citou que a vacinação contra sarampo, por meio da tríplice viral, que já chegou a quase 100% de cobertura, hoje, está em 83%. Já a tetra viral caiu para 70%, sem que esse quadro caótico tenha qualquer explicação por parte do Ministério da Saúde.

O líder da Oposição ressaltou que, enquanto as campanhas de vacinação eram negligenciadas, o então ministro da Saúde, deputado federal Ricardo Barros (PP-PR), utilizava a pasta em seu proveito político-eleitoral. Ontem, a imprensa noticiou que ele usou R$ 500 milhões de reais de sobras do orçamento da pasta para aplicar no seu Estado, com a finalidade de viabilizar sua candidatura ao Senado.

“Primeiro, ele tentou retirar a Hemobrás de Pernambuco para levar a Maringá, no Paraná, seu reduto eleitoral. Depois de uma batalha, que tenho orgulho de ter participado, ele desistiu. Agora, imagine esses R$ 500 milhões sendo aplicados em Estados pobres, principalmente do Nordeste, onde a situação da saúde é calamitosa, inclusive pela contribuição direta que ele deu para que esse quadro desolador se instaurasse lá”, observou.

Ainda dá tempo de se inscrever para concorrer a mais 64 vagas do Programa Ganhe o Mundo, do Governo de Pernambuco

Inscrições encerram nesta quarta, 27

A Secretaria de Educação do Estado (SEE), por meio do Programa Ganhe o Mundo (PGM), abriu processo seletivo para preenchimento de 64 vagas para participar do programa de intercâmbio. Serão selecionados 63 estudantes para língua espanhola e uma para língua alemã. Podem participar estudantes que participaram do processo seletivo para o PGM 2017, sob portaria Nº 10256/2017, e que não conseguiram ser classificados.

No Agreste Meridional, só há turmas disponíveis para língua espanhola. As inscriçõesiniciaram no último dia 20 e seguem até amanhã, quarta-feira, 27 de junho. O estudante pode preencher o formulário que estará disponível no site da Secretaria de Educação. 

Os estudantes selecionados cursarão o equivalente a um semestre letivo em escola de nível médio nos países correspondentes, com embarques previstos para o período de julho a setembro de 2018 e janeiro a março de 2019.

O Programa Ganhe o Mundo conta com um call center (0800 286 0086) que a partir desta terça-feira (19) vai poder tirar todas as dúvidas em relação a seleção.

Confira aqui o Edital.

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.