BLUENET - PROVEDOR DE INTERNET

DESTAQUES DO BLOG

sexta-feira, 30 de agosto de 2019

GRE Agreste Meridional desenvolve projeto de fortalecimento da educação dos municípios

Proposta inclui considerações sobre a BNCC, Censo Escolar, Matrícula, Credenciamento, Adequação Escolar entre outras




A Gerência Regional de Educação (GRE) Agreste Meridional iniciou um trabalho para fortalecer a educação dos 22 municípios jurisdicionados à gerência. O projeto “GRE nos Municípios” está pautado numa proposta de trabalho em equipe, envolvendo as coordenações gerais da gerência regional, no que diz respeito às ações ligadas diretamente às redes municipais de ensino. Sua realização traz uma proposta de formação em formato de reunião com apresentação de resultados educacionais, seguida de oficinas com temas administrativos e pedagógicos.

Esta ação atenderá dois critérios de prioridade para atendimento: baixos indicadores nas avaliações externas e municípios com maior impacto nos resultados do Ensino Médio da Rede Estadual. De acordo com a gestora da GRE, Adelma Elias, o projeto surgiu porque o Ensino Fundamental Anos Finais das Redes Municipais não apresenta o mesmo nível de evolução apresentado pelo Ensino Médio nas avaliações externas.

“No Agreste, mais de 90% da oferta do Ensino Fundamental é de responsabilidade dos municípios. Então, é de total interesse de nossa gerência fortalecer a integração com esses municípios para a melhoria do ensino desta etapa. Vamos apoiar, técnico e pedagogicamente, as equipes das secretarias e mostrar a experiência da Rede Estadual como um modelo de gestão modernizado e focado em resultados. Com isso, podemos contribuir para uma mudança significativa dos indicadores educacionais”, explicou.

Nesta proposta, de formação in loco, será apresentado considerações sobre a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), Censo Escolar, Matrícula, Credenciamento e Adequação Escolar. “Avaliamos como muito valioso este projeto. Estaremos sempre à disposição e seremos sempre receptivos ao que vem para nos acrescentar. Nós já estávamos nos organizando com os resultados que já tínhamos e com a contribuição que foi dada pela gerência regional iremos avançar mais ainda nas nossas estratégias”, ponderou a Diretora de Ensino de Garanhuns, Cláudia Oliveira.

GARANHUNS / Colinas Motos Honda e Autoescola Agreste lançam Promoção do Mês dos Pais




saiba mais: 

SAÚDE PÚBLICA / Pernambuco abre novas turmas de formação de sanitaristas em Garanhuns

Trabalhadores do SUS passaram por seleção e vão fazer curso de especialização em 13 meses




Aconteceu na última semana, da quarta à sexta-feira (23), no auditório da FUNASA, em Garanhuns, o Módulo inicial do Curso de Especialização Lato Sensu em Saúde Pública, desenvolvido pela Escola de Governo em Saúde Pública de Pernambuco (ESPPE), em parceria com as Gerências Regionais de Saúde e municípios do estado. A coordenação local foi da equipe da V GERES. A Secretaria Executiva de Gestão do Trabalho e Educação em Saúde, Ricarda Samara, representou o secretário de saúde, André Longo, na abertura do curso.

De acordo com Célia Borges, diretora da ESPPE, o curso de especialização destina-se aos trabalhadores que estejam atuando no âmbito de gestão estadual ou municipal do Sistema Único de Saúde em Pernambuco, tem o período de 13 meses (agosto de 2019 a agosto de 2020), com módulos mensais, sempre realizados na V Região de Saúde. "A seleção para as vagas contou com mais de 600 inscritos o que mostra que temos ainda demanda para novas turmas futuramente." Juliana Siqueira, diretora de educação em saúde da Secretaria Estadual de Saúde afirmou que o estado chegou a ampliar a oferta, com três novas turmas, buscando fortalecer a rede de assistência no interior do estado. "É uma retomada para garantir a formação de novos sanitaristas. Pernambuco sai na frente, pois outros estados ainda não conseguem descentralizar e interiorizar estas políticas de formação, com apoio das gerências regionais, a exemplo de Garanhuns, com a gestora Catarina Tenório".

A Turma Agreste contempla 45 trabalhadores da gestão estadual e municipal das IV, V e VI Regiões de Saúde, (Caruaru, Garanhuns e Arcoverde, respectivamente) tendo como objetivo formar sanitaristas comprometidos com a ética e politicamente com a transformação das condições de saúde a partir da formação em serviço no SUS, de forma regionalizada, interdisciplinar e interprofissional. 

A execução do curso é financiada pela Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco e pelo Ministério da Saúde, através de termo de cooperação celebrado junto à Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca da Fundação Oswaldo Cruz (ENSP/Fiocruz)

COMPARTILHE

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.