PERNAMBUCO CONTRA O CORONAVÍRUS

sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

SAÚDE / Quando procurar um Infectologista?

UPAE Garanhuns oferece especialidade para pacientes de 21 municípios da V Regional de Saúde



Algumas especialidades médicas pelas suas nomenclaturas não são tão populares, mas isto não quer dizer que são menos importantes. É o caso da Infectologia, que salva vidas. Certamente em algum momento da vida você ou alguém de sua família pode precisar de um diagnóstico que possibilite tratamento e cura de diversas patologias, objetos de estudo desta especialidade.

Segundo a Sociedade Brasileira de Infectologia, a especialidade congrega médicos que estão inseridos em diferentes campos da assistência à saúde, podendo contribuir atualmente nas áreas hospitalar e clínica, na vigilância em saúde, no diagnóstico e enfrentamento das epidemias, no estudo das doenças emergentes e reemergentes, entre outras frentes. Trata-se de um profissional com uma abrangência de conhecimento muito diversificada, que vai além da clínica médica e cobre aspectos da epidemiologia, imunologia e as várias interfaces relacionadas aos processos infecciosos.

Especificamente, do que ela trata?

A infectologia é a especialidade responsável por estudar, diagnosticar e tratar as doenças infecciosas e parasitárias. Desde as doenças causadas por vírus, bactérias, até fungos, protozoários ou outros microorganismos.

E quais são as mais comuns?

A infectologia pode tratar de condições como febre amarela, caxumba, AIDS, os vários tipos de gripe e influenza, malária, tuberculose, meningite, rubéola, sarampo, dengue, o vírus da Zika, catapora, hepatites, doenças sexualmente transmissíveis e herpes.

Essa especialidade médica ainda pode servir como grande auxílio para pacientes que foram, por exemplo, mordidos por animais peçonhentos ou que entraram em contato com água insalubre, como aquela que advém de enchentes e alagamentos.

Como se consultar com um Infectologista pela Rede SUS?

A porta de entrada para o atendimento especializado é a Unidade Básica de Saúde de sua região. O clínico deverá encaminhar o paciente ao suspeitar de algum sintoma que remeta a estas infecções. Na V Regional de Saúde, os 21 municípios podem contar com a UPAE Garanhuns, com as marcações feitas pelas secretarias municipais de saúde através da regulação regional.

A UPAE Garanhuns é unidade de Rede SUS da Secretaria Estadual de Saúde, sob Gestão IMIP.


DESTAQUES DO BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.