terça-feira, 17 de março de 2020

Governo de Pernambuco anuncia medidas mais rigorosas de combate à Covid-19

Novo decreto proíbe eventos com mais de 50 pessoas e determina o fechamento do aeroporto de Fernando de Noronha, além de cinemas, teatros, museus, academias e similares


O governador Paulo Câmara anunciou, nesta terça-feira (17.03), um novo pacote de medidas preventivas com o objetivo de intensificar as ações de enfrentamento ao coronavírus no Estado, que contabiliza atualmente 19 casos confirmados. O novo decreto determina a suspensão de eventos com público superior a 50 pessoas, além da interrupção de operações de pouso e decolagem de aeronaves no Aeroporto de Fernando de Noronha, onde foi identificado um novo caso suspeito.

O secretário estadual de Saúde, André Longo, explicou que o novo paciente notificado configura um estágio comunitário, quando não se identifica a transmissão de origem. “A nossa vigilância epidemiológica e a aceleração na testagem dos exames foi fundamental para que pudéssemos detectar o mais rápido possível a situação, o que nos permitiu adotar medidas mais adequadas para a nossa realidade”, afirmou. O 19ª caso em Pernambuco é de uma mulher de 63 anos, moradora do Recife, que não tem histórico de viagem para área de transmissão da doença nem contato com paciente suspeito ou positivo.

Sobre a suspeita de contaminação em Fernando de Noronha, André Longo destacou que as medidas iniciais de isolamento já foram adotadas, além de reforçar que a recomendação de fechamento do aeroporto local visa resguardar os moradores da ilha. “O aeroporto será fechado a partir do próximo dia 21 para os turistas, de forma que todos eles tenham condições de voltar em voos que serão disponibilizados pelas companhias aéreas onde adquiriram suas passagens”, informou.

O Governo de Pernambuco determinou ainda o fechamento de teatros, museus, centros de artesanato, cinemas, academias de ginásticas e similares, evitando ao máximo as aglomerações. Outra determinação é a de que passageiros e tripulantes de voos vindos do exterior cumpram, obrigatoriamente, isolamento domiciliar ao desembarcarem no Aeroporto Internacional do Recife. Como anunciado posteriormente, a suspensão das aulas em toda a rede estadual de educação, pública e privada, inicia a partir de amanhã (18), por tempo indeterminado.

REUNIÃO – Antes do anúncio das novas medidas, o governador Paulo Câmara reuniu prefeitos e representantes de 58 municípios do Agreste pernambucano. O encontro serviu para dialogar sobre o cenário atual na região e atualizar os gestores das novas iniciativas de combate ao Covid-19. Anteriormente, o chefe do Executivo já havia se reunido com prefeitos da Região Metropolitana e da Zona da Mata.

Paulo Câmara reúne prefeitos da Zona da Mata para discutir combate à Covid-19

Panorama atual e cenário com os próximos passos foram apresentados para os representantes das matas Norte e Sul. À tarde, será a vez dos gestores do Agreste, e amanhã, os do Sertão






Dando continuidade ao diálogo com os diversos entes do Estado sobre o combate ao coronavírus, o governador Paulo Câmara recebeu, na manhã desta terça-feira (17), prefeitos dos municípios das regiões da Zona da Mata Norte e Sul do Estado, além de representantes do Ministério Público Estadual, no Palácio do Campo das Princesas. Na reunião, foram apresentados o panorama atual da Covid-19 e os próximos passos a serem dados no sentido de minimizar os impactos para os pernambucanos. Ontem, o governador já havia se reunido com os prefeitos da Região Metropolitana do Recife (RMR), e ainda na tarde de hoje estará com os gestores dos municípios do Agreste.

Para amanhã (18), o Governo anunciou que promoverá uma reunião por vídeo conferência com os prefeitos das cidades do Sertão do Estado. A medida atende ao protocolo sanitário adequado contra aglomerações, para evitar proliferação do vírus. Segundo Paulo Câmara, a aparição do primeiro caso fora da RMR, no município de Belo Jardim (Agreste), alertou para a necessidade de serem adotadas medidas que abrangessem todas as regiões do Estado, como a suspensão das aulas nas escolas da rede estadual, públicas e privadas, decretada ontem.

“Estamos aqui para tirar dúvidas, seja na área da saúde, seja quanto à necessidade de outras ações. Os próximos passos vão ensejar planejamento. Vamos realizar ações conjuntas e as medidas já estão sendo tomadas, como a questão dos eventos de grande porte, das escolas e das restrições de funcionamento de alguns setores, principalmente voltados para pessoas idosas, que são grupo de risco”, disse o governador.

Ainda de acordo com Paulo Câmara, o intuito das reuniões é justamente passar essas informações iniciais aos prefeitos e manter um canal permanente de discussão com os municípios. “A instituição de um comitê já foi publicada em Diário Oficial para tratar das áreas de saúde, social e econômica das cidades, dentro de várias câmaras setoriais nas quais vamos buscar respostas para pontos importantes a serem esclarecidos, como a questão do Tratamento Fora de Domicílio, o TFD”, argumentou.

O presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), José Patriota, enumerou pontos que podem representar gargalos para as prefeituras durante a crise, como a distribuição de merenda aos estudantes mesmo com as aulas suspensas, além do impacto na economia dos municípios. “Nós estimulamos que toda prefeitura que tiver condições econômicas continue distribuindo merenda, para assegurar a nutrição das crianças”, argumentou Patriota, que é prefeito de Afogados da Ingazeira.

MINISTÉRIO PÚBLICO – O procurador-geral de Justiça do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Francisco Dirceu Barros, participou da reunião desta manhã e disse ter informado aos prefeitos que, a partir de agora, eles vão receber algumas recomendações que têm que ser cumpridas à risca da lei, sob pena de o gestor ser responsabilizado criminalmente por improbidade e até sofrer intervenção na prefeitura. O procurador explicou ainda que foi feita uma recomendação para que cada município faça seu próprio plano de contingenciamento, além da restrição de eventos públicos ou privados com mais de 500 pessoas, já decretada por Paulo Câmara. “Apesar de o governador ter colocado a restrição para o máximo de 500 pessoas, cada procurador vai ter que diminuir, de acordo com o tamanho do município", concluiu.

Fotos: Hélia Scheppa/SEI

CORONAVÍRUS / Prefeitura de Garanhuns anuncia novas medidas de prevenção ao Covid-19

Portaria n° 001/2020 do Comitê de Operações de Emergências em Saúde Pública é válida a partir desta quarta-feira (18)



A Prefeitura Municipal de Garanhuns, por meio do Comitê de Operações de Emergências em Saúde Pública (COE), adota, a partir desta quarta-feira (18), novas medidas preventivas, visando a prevenção ao contágio do novo coronavírus (Covid-19).

- Ficam suspensos os atendimentos ambulatoriais de odontologia, as coletas de material para citologia e exames laboratoriais de rotina, com exceção para situações de emergência, e a realização de perícias médicas na Junta Médica da Prefeitura. Além das medidas contidas na portaria, a pasta de Saúde também decidiu pela suspensão das viagens do Tratamento Fora de Domicílio (TFD) para atendimentos ambulatoriais de especialidades, exceto em urgências e casos de quimioterapia, radioterapia, hemodiálise e outros tratamentos contínuos.

- Também serão suspensas as aulas em todas as instituições públicas e privadas, no período de 18 de março a 01 de abril, podendo este prazo ser prorrogado. Além das atividades esportivas, culturais e corridas que concentrem um grande número de pessoas. Estão suspensas as atividades dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV’s), reuniões com pessoas acima de 60 anos, atividades de grupos com adolescentes que cumprem medida socioeducativa no Centro de Referência em Assistência Social (Creas), e reuniões de Conselho Sociais do Município de Garanhuns.

- Ainda com o intuito de evitar a aglomeração de pessoas, ficam suspensos os eventos nos Parques Euclides Dourado e Ruber van der Linden (Pau Pombo), e a realização do evento da ‘Paixão de Cristo’ no Magano; durante o período da Semana Santa. Bem como o funcionamento de museus privados, emissão do Cartão do Idoso e Deficiente (estacionamento); autorização para interdição de vias públicas em eventos; vistorias nos sistemas de transporte individual (táxi, mototáxi e escolar), e a abertura de processos de licitação de forma presencial, nos termos da Lei n° 8.666/93.

- A portaria determina também que os servidores públicos municipais com mais de 60 anos, desempenhem suas atividades remotamente; e que as empresas e entidades privadas sejam notificadas para seguir as recomendações do Ministério da Saúde relacionadas à higienização dos transportes públicos de passageiros coletivos e individuais, regulamentados pela Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT). Já a Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH) poderá adquirir cestas básicas, de forma emergencial, para pessoas em situação de vulnerabilidade, pela suspensão de atividades de atendimentos e programas diante do Covid-19. 

- A Comissão Permanente de Licitação também fica autorizada a usar videoconferências para julgamento de habilitação e julgamentos de propostas. Podendo para tanto, usar redes sociais disponíveis ou outros meios de comunicação para resguardo do julgamento e interesse público, devendo para tanto salvar os arquivos e possibilitar o total e irrestrito acesso e manifestação dos interessados em prazo razoável e proporcional.

-  Fica recomendado aos cidadãos que regressem de viagem internacional ou de locais onde hajam casos comunitários do Covid-19 o isolamento domiciliar durante sete dias, independente de demonstração de sintomas relacionados à doença. Já aos setores privados; a liberação de colaboradores acima de 60 anos para trabalhar remotamente; as concessionárias, a análise de lotação dos transportes públicos em horários de pico pelos usuários; e ações de prevenção junto às empresas terceirizadas responsáveis por serviços essenciais do município.

- A portaria recomenda ainda, tanto quanto possível, no âmbito das Secretarias Municipais, exceto a Secretaria Municipal de Saúde, a adoção de trabalho remoto, bem como, rodízio de servidores, desde que não haja prejuízo à prestação de serviço público de natureza essencial.

Para os abrigos privados de idosos (instituições de longa permanência); a recomendação é a restrição de visitas. Além da recomendação de suspensão por 15 dias das atividades de academias de ginástica, bem como a suspensão de sessões de cinemas e teatros localizados no município.

Bomboniere arrombada em Canhotinho pede auxílio à população para encontrar criminosos



Na noite da última terça, 16 de março, criminosos invadiram a bomboniere da Casa do Doce, na cidade de Canhotinho, Rua Vieira Rabelo, próximo à rodoviária local, e furtaram uma uma GRANDE quantidade de mercadorias, entre outras coisas.

Os proprietários buscaram auxílio da polícia, mas até agora sem sucesso.

Pedimos  o auxílio da população para que não comprem mercadorias de procedência duvidosas, e se puderem, informem qualquer suspeita, ajudando assim na identificação dos envolvidos.

DESTAQUES DO BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.