GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

quarta-feira, 27 de maio de 2020

VEJA ESSE VIDEO / A Batalha contra o coronavírus está sendo vencida em Pernambuco



A batalha contra o Coronavírus tem que ser vencida diariamente, com ações integradas. O esforço é coletivo. Na luta de cada um, todos ganham. Faça parte, fique em casa. O resultado de hoje vai preparar o amanhã.

#FiqueEmCasa 
#PEContraCoronavirus
#GovernodePernambuco

Mandetta, Aldir Blanc, Barroso, Espanha, Paraguai, Reino Unido, Covid... Breves notas do Jornal O Globo


O vírus e as urnas: novo presidente do TSE, Barroso afirmou que mandatos de prefeitos e vereadores podem ser prorrogados por “alguns dias ou semanas”.
Gestão de vagas: o projeto que obriga hospitais privados a ceder leitos desocupados a pacientes do SUS com Covid-19 foi aprovado no Senado.
Acordo por socorro: a Câmara aprovou projeto que permite auxílio de R$ 3 bilhões ao setor cultural, batizado de “Lei Aldir Blanc”.
Semestre de espera: o governo impôs quarentena remunerada ao ex-ministro Luiz Henrique Mandetta por seis meses.
Novo decreto: Crivella prorrogou até terça-feira as medidas de isolamento no município do Rio, que registrou 147 mortes em 24 horas.
Além da fronteira: o Paraguai, que tem 865 casos e 11 mortes pela Covid-19, reabriu lojas e retirou restrições à circulação durante o dia.
Revisão: a Espanha retirou 1.918 casos da lista de mortes ligadas ao coronavírus após recontagem. País contabiliza 26.834 óbitos.
Terapias: o Reino Unido vai liberar o uso do antiviral remdesivir para pacientes com Covid-19, após teste mostrar aceleração na recuperação.
Contagiante: com adesão de personalidades, ação criada a partir de desenho de menina de 11 anos distribuiu quatro toneladas de alimentos.

Wanderson também deixa Ministério da Saúde.

Wanderson chegou a entregar o cargo no final da gestão de Mandetta, mas foi convencido a continuar no governo 


'PEDRAS NO CAMINHO'
Um dos responsáveis pela estratégia de combate ao surto de coronavírus no país, o agora ex-secretário de Vigilância em Saúde Wanderson Oliveira citou "pedras no caminho" de seu trabalho em carta de despedida. Oliveira lembrou os ex-ministros Mandetta e Teich, com quem disse ter boa relação, apesar do pouco convívio, e pediu que o interino Eduardo Pazuello tenha diálogo com os secretários estaduais. 

Mandetta, em entrevista a VEJA , se disse perplexo com a decisão da Comissão de Ética da Presidência para que ele cumpra os seis meses de quarentena remunerada antes de voltar a trabalhar. O ex-ministro tem sido consultado por empresas na pandemia e afirma que gostaria de ajudar. "Estou abismado."

João Campos articula criação Frente Parlamentar Mista em Defesa da Renda Básica

Grupo suprapartidário defenderá a instituição de uma renda básica que inclua entre 30 a 40 milhões de brasileiros que não estão no Bolsa Família e que não têm emprego formal



O deputado federal João Campos (PSB-PE) articula a criação da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Renda Básica. O objetivo é acompanhar as discussões sobre a prorrogação do Auxílio Emergencial e trabalhar pela manutenção do valor em R$ 600, mas, para além disso, o foco é debater a extensão de uma renda básica que seja permanente, para ajudar os brasileiros na superação da crise gerada pela pandemia do novo coronavírus e, com base nessa discussão, apresentar uma proposta concreta deste projeto à sociedade.

Para instalar a Frente, o socialista já conta com o apoio de parlamentares de diversos partidos e estados. “Estamos avançando rapidamente nas conversas, pois o tema mais importante para o brasileiro nos dias atuais é, sem dúvida, a implantação de uma renda que assegure o mínimo necessário”, afirma João.

“A essa altura, muitas pessoas estão se perguntando como será o dia seguinte após o auxílio emergencial. É preciso revisitar e reforçar o Bolsa Família para pensar no público que não faz parte do programa social e nem do mercado formal”, esclarece. Dentro deste grupo, estão os trabalhadores informais precarizados que não são protegidos pelo sistema de seguridade social, mas até antes da pandemia tinham uma renda familiar um pouco acima das faixas máximas dos programas sociais, cerca de 30 a 40 milhões de brasileiros que fizeram o Brasil bater o recorde da informalidade no final de 2019 e que, historicamente, passam por invisíveis aos olhos deste Governo Federal.

“O nível de desemprego deve crescer e não haverá condições objetivas para qualquer alívio da situação econômica”, diz João, acrescentando que a expansão da faixa de trabalhadores informais a entrar na Renda Básica deverá considerar pelo menos o total de famílias inseridas no CadÚnico, aquelas que recebem menos de meio salário mínimo per capita mensal (R$ 522,50) - podendo estar em estudo até a inclusão de todos os beneficiados pelo auxílio emergencial. A Frente Parlamentar também estudará a extensão do benefício para outras faixas de renda e propostas que criem uma renda básica universal.

PRORROGAÇÃO DO AUXÍLIO NO VALOR INTEGRAL

Manicures, entregadores de aplicativo, trabalhadores da construção civil, vendedores ambulantes, microempreendedores informais e tantos outros viram sua fonte de renda se extinguir rapidamente e só foram amparados mediante o Auxílio Emergencial de R$ 600,00, que foi aprovado pelo Congresso Nacional. Porém, o benefício está com a terceira e última parcela programada para junho. Em que pese a prorrogação dessa renda em dois a três meses, a Frente Parlamentar criada por João Campos trabalhará pela manutenção do valor integral, ao contrário do que deseja o ministro da Economia, Paulo Guedes, que já fala em algo no patamar de R$ 200.

Foto: Rodolfo Loepert

CONFIRA OS NÚMEROS DE ISOLAMENTO SOCIAL NO AGRESTE



Confira o índice de isolamento social dos 10 melhores municípios que fazem parte da V Regional de Saúde, referente a terça-feira, 26 de maio. Os números estão sendo divulgados pela parceria do Ministério Público de Pernambuco com a InLoco Geolocalização, que utiliza dados de localização por telefonia celular, método usado em todo o país.

Se Terezinha tivesse no início de maio os resultados que vem obtendo agora seria líder no mês com certa margem para outros municípios. Ao lado de Brejão lideraram o isolamento social nesa terça-feira (26). Brejão é muito regular, está sempre entre os primeiros, liderou alguns dias no início deste mapeamento e mantém uma margem para Caetés que garante a liderança. 

Temos alguns empates nos percentuais, mas somente transcrevemos o site de gerorreferenciamento do MPPE, que deve ter seu sistema de desempate.

Vamos premiar a primeira colocada e as demais cinco cidades com melhor isolamento no mês, pela nossa apuração aqui e sistema de pontuação. 

Índice médio em PE nesta terça-feira: 46,7%. 

RANKING MAIO 
(Sistema de pontuação criado por nossa agência, conforme posição do município no ranking de isolamento diário. São pontuados os 10 melhores do dia, com 10 pontos para o primeiro, nove para o segundo, e assim sucessivamente). Em junho, zera tudo e vamos conferir o isolamento com o desafio do comércio voltando a funcionar.

1. Brejão - 127 pontos
2. Caetés - 121 pontos
3. Palmeirina / Terezinha - 110 pontos
5. Capoeiras - 98 pontos
6. Iati - 94 pontos
7. Itaíba - 81 pontos
8. Angelim - 79 pontos
9. Calçado - 64 pontos
10. Águas Belas - 60 pontos
11. Correntes - 50 pontos
12. São João / Garanhuns - 49 pontos


Agora vamos ao nosso resultado diário. Confira mais abaixo os dias anteriores.

TERÇA-FEIRA (26/05/2020)
1. Terezinha 48,3% (11° colocado no estado)
2. Brejão 48,3% (12°)
3. Caetés 48,1% (13°)
4. Iati 46,9% (23º)
5. Itaíba 46,9 (24°)
6. Capoeiras 46,4% (30°)
7. Correntes 44,9% (47°)
8. Calçado 43,0% (78°)
9. Garanhuns 42,1% (96°)
10. Águas Belas 41,8% (107°)

SEGUNDA-FEIRA (25/05/2020)
1. Palmeirina 47,8% (22° colocado no estado)
2. Correntes 46,5% (31°)
3. Capoeiras 45,7% (37°)
4. Paranatama 44,6% (51º)
5. Caetés 44,0 (57°)
6. Calçado 43,8% (61°)
7. Lagoa do Ouro 43,2% (77°)
8. Itaíba 42,2% (95°)
9. Jupi 41,9% (99°)
10. Terezinha 41,9% (100°)
11. Garanhuns 41,9% (101º)

DOMINGO (24/05/2020)
1. Palmeirina 58,8% (8° colocado no estado)
2. Garanhuns 53,8% (42°)
3. Bom Conselho 51,6% (71°)
4. Caetés 50,4% (87º)
5. Brejão 49,7% (95°)
6. Angelim 49,4% (96°)
7. Correntes 49,3% (102°)
8. Paranatama 48,8% (109°)
9. Terezinha 48,7% (111°)
10. Iati 48,7% (112°)

SÁBADO (23/05/2020)
1. Terezinha 55,6% (7° colocado no estado)
2. Caetés 49,9% (23°)
3. Palmeirina 47,5% (38°)
4. Paranatama 45,8% (59°)
5. Calçado 45,3% (66°)
6. Brejão 44,8% (75°)
7. Angelim 44,4% (84°)
8. Garanhuns 44,3% (85°)
9. Iati 43,5% (100°)
10. Capoeiras 43,4% (102°)

CONFIRA OS DIAS ANTERIORES

TRAGÉDIA BRASILEIRA - País tem o maior número de mortes no mundo em 24h por Covid-19

Até o momento, a pandemia do novo coronavírus já deixou 5.606.925 contaminados e 350.862 mortos no mundo. No Brasil são 391.222 contaminados e 24.512 mortos.

Pelo segundo dia seguido, o Brasil superou os Estados Unidos e foi o país do mundo com mais mortes por Covid-19 em 24 horas. De segunda para terça, foram 1.039 óbitos registrados, contra 592 em território americano. Além disso, houve o diagnóstico de mais 16.324 casos positivos. Os números escancaram que o Brasil se tornou o atual epicentro do coronavírus no planeta. O Ministério da Saúde informou que 1.536 municípios brasileiros já tiveram mortes pela doença  e 3.771 cidades possuem registros oficiais do vírus. A pasta afirma também que 158.593 pacientes estão recuperados e outros 208.117 seguem em acompanhamento. 

O QUE É NOTÍCIA NOS JORNAIS DO BRASIL - Quarta-feira, 27


DESTAQUES DO BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.