CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

EVENTOS, CONCURSOS, FESTAS..

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Izaías não comparece a outro debate



Aconteceu na noite desta segunda-feira (26), mais um debate com os candidatos a prefeito de Garanhuns, realizado pela Thr3ap, Hbioss e Gerberar, com apoio da TEC Jr e Universidade de Pernambuco, que cedeu o auditório. As empresas são da área de tecnologia em redes sociais.

Compareceram Claudomira Andrade (DEM), Paulo Camelo (PCB), Sivaldo Albino (PPS) e Valter Couto (PDT). A ausência, mais uma vez, foi do atual prefeito Izaías Régis (PTB), o que motivou críticas por parte dos presentes e da comunidade acadêmica, principalmente dos estudantes presentes no debate, que foi transmitido pelo Facebook e estará em outras plataformas das mídias sociais.

Os candidatos debateram os temas Geração de Emprego e Renda, Educação, Acessibilidade, Cultura e Juventude. Além das perguntas de candidato para candidato, foi sorteada uma pergunta pré-estabelecida pelos realizadores, e a que acabou destinada a Izaías, que não foi respondida, seria: "Visto que a profissão de professor precisa ser valorizada, nacionalmente falando, como prefeito de Garanhuns, o que o candidato pretende fazer para melhorar as condições de trabalho dos nossos professores?"

DEBATES

O debate desta segunda-feira foi o segundo de um total de três que devem acontecer nesta campanha eleitoral. O primeiro foi realizado pelo Sindacs - Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e de Endemias. O terceiro será na Rádio Jornal, na próxima quinta-feira, às 20h. E cresce a expectativa sobre a participação, ou não, do atual prefeito de Garanhuns.

ENTREVISTAS

A TV Jornal fez entrevistas com os candidatos e a Rádio Jornal também, cedendo uma hora da programação a cada candidato, sob o comando do radialista Eduardo Peixoto. A TV Asa Branca cedeu um minuto para cada candidato fazer considerações, que foram ao ar nesta segunda-feira, no ABTV 2ª Edição. Izaías esteve presente às entrevistas, evitando os debates.

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Prefeitura antecipa Feiras Livres de Garanhuns



A Prefeitura de Garanhuns, por meio da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, informa que em decorrência das eleições municipais, que serão realizadas no próximo domingo (02), as feiras livres da Cohab I, Cohab II e do Magano serão antecipadas para o sábado (01).

Se liga, fera: Campanha do Governo do Estado visa diminuir acidentes de moto

Lançado, nesta segunda-feira (26.09), o programa pretende alcançar 1,2 milhões de pernambucanos, com orientações sobre pilotagem segura e 
respeito às normas e regras de trânsito
  


Para estimular a cultura de paz no trânsito e a prática da pilotagem segura, o Governo de Pernambuco lançou, nesta segunda-feira (26.09), a campanha “Se liga, fera” de segurança para motociclistas. Em parceria com a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), a iniciativa vai promover, até o próximo mês de novembro, atividades de conscientização e avaliação de risco, que visam reduzir o número de acidentes de trânsito no Estado. Em uma cerimônia realizada no Palácio do Campo das Princesas, no Recife, foram apresentados os principais enfoques e as áreas de atuação do programa, que pretende atingir 1,2 milhões de pernambucanos, através de campanhas publicitárias, blitzes educativas, palestras, avaliação de itens de segurança, entre outras ações.

O governador Paulo Câmara reforçou que a prevenção de acidentes de trânsito é uma das ações prioritárias da gestão. "Nós estamos conseguindo diminuir o número de mortes de acidentes de trânsito, mas temos que reduzir cada vez mais. Precisamos conscientizar as pessoas dos perigos de cometer excessos quando estão na direção de motocicletas ou de outros veículos automotores. Então, essa campanha é muito importante, porque vai abranger regiões estratégicas de Pernambuco e, ao mesmo tempo, vamos avançar na redução do números de acidentes", declarou. 

Além do Recife, o programa vai atuar em outras seis cidades pernambucanas do Agreste e do Sertão, onde foram registrados os maiores índices de acidentes envolvendo motociclistas nos últimos anos. São elas: Caruaru, Garanhuns, Arcoverde, Salgueiro, Araripina e Petrolina.

Dividido em três eixos de atuação, o “Se liga, fera” envolve ampla campanha em rádio, jornal, outdoor, mídia-táxi, blitzes educativas, ações de rua e redes sociais, com alertas e dicas sobre o comportamento correto no trânsito e tendo como público-alvo os motociclistas e condutores de ciclomotores das classes socioeconômicas C, D e E. Em paralelo, o programa vai promover, também, ações de avaliação de mais de 20 itens de segurança das motocicletas, orientações sobre pilotagem segura e frenagem eficiente, além da importância de respeitar as normas e regras de trânsito, com a participação direta das redes de concessionárias de motocicletas das marcas associadas à entidade privada.

Para o presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian, o envolvimento da população é essencial para que se alcance uma conduta consciente e responsável no trânsito. "Essa campanha prevê uma linguagem de fácil entendimento, que tem como objetivo conscientizar o consumidor para que o trânsito se torne mais amigável. Por meio das nossas redes de concessionárias, de todas as marcas, vamos expandir os mini motocheckup por todo o território de Pernambuco. De forma gratuita, o usuário poderá fazer o checkup com mecânicos especializados, que orientarão sobre a manutenção que precisa ser realizada na motocicleta", explicou.

Outro ponto da campanha será focar em palestras de especialistas, especificamente criadas para conscientizar adolescentes e jovens de 15 a 18 anos, que serão ministradas em escolas de Ensino Médio das cidades atendidas, para mostrar de forma descontraída e interativa como se deve conduzir com segurança os veículos de duas rodas, tanto bicicletas quanto motocicletas. O programa se completa com o percurso de um caminhão-carreta no roteiro destes municípios para ministrar treinamento itinerante sobre técnicas de pilotagem.

IDENTIDADE VISUAL - Além da gíria “Se Liga, fera”, utilizada no slogan para aproximar e facilitar o entendimento do pedido por mais atenção no trânsito, o público poderá conferir, ainda, outras mensagens do cotidiano nas peças utilizadas durante a campanha, como: “Cuidado para não se abestalhar no trânsito”; "Vamos falar sem arrodeio? Motociclista que é massa respeita a vida”; “Não se aperreie! Pode pilotar com segurança”; “Tá com a gota. Pra quê essa pressa toda?”; “Motociclista que é arretado usa capacete”; “Não seja metido a cavalo do cão. Respeite o trânsito”; e “Motociclista, bota o capacete e pilota com segurança”.

Foto: Edmar Melo | SEI

Servidores do Ministério Público podem paralisar atividades

Eles irão se mobilizar no térreo da sede do MPPE, para, a partir de um posicionamento do procurador-geral, decidir se paralisam atividades.



Os servidores do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) se reúnem hoje, no final da tarde, em mais uma assembleia para deliberar sobre a paralisação das atividades. Isso porque a categoria aguarda desde maio um parecer do procurador-geral de Justiça Carlos Augusto Guerra sobre o reajuste salarial referente ao ano de 2016. A assembleia está marcada para acontecer por volta das 17h30, no edifício Roberto Lira, após sessão especial dos procuradores referente à votação orçamentária 2017. “Toda a categoria, em todo o Estado, estará mobilizada esperando a nossa decisão em relação à paralisação ou não das atividades. Tudo vai depender de como o procurador-geral irá se posicionar”, explica Fernando Ribamar, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Pernambuco (Sindsemppe).

Na última segunda, foi a primeira vez na história do Sindicato que os trabalhadores paralisaram as atividades, por duas horas, em busca de respostas para os pleitos levados e discutidos com o órgão nos últimos meses. Fernando ressalta que as informações do MPPE no Portal da Transparência indicam que ainda há dinheiro no orçamento 2016 que permitiria o reajuste salarial, direito que é garantido por lei. “Se, de fato, esse dinheiro não existe, nós queremos que seja provado que não há recursos. Mas as informações que nós temos, inclusive com números expostos no Portal da Transparência, mostram que há, sim, dinheiro para atender o nosso pleito”, explica Fernando.

Historicamente, o reajuste acontece no mês de maio. Durante assembleia organizada pela Federação Nacional dos Trabalhadores dos Ministérios Públicos Estaduais (Fenamp), há quatro meses, os sindicatos presentes elaboraram um ofício solicitando o reajuste. Estados como o Piauí, Paraíba, Paraná e Rio Grande do Sul já tiveram a demanda atendida. O reajuste é garantido pela Constituição Federal, de acordo com a resolução número 53 do Conselho Nacional do Ministério Público, que determina a reposição da inflação anual. “No ano passado, nós tivemos um reajuste de apenas 8%, quando a inflação foi de quase 11%, ou seja, ficou negativo para os trabalhadores”, diz Fernando Ribamar. Ele explica que o procurador-geral de Justiça Carlos Augusto Guerra afirmou não ter condições de se posicionar sobre o assunto. “Já entregamos o ofício e recebemos a resposta de que estavam esperando uma melhora nas contas do Estado para que houvesse uma disponibilidade orçamentaria para o reajuste”, continuou Fernando.

Porém, de acordo com Sindsemppe, o reajuste salarial não iria inviabilizar financeiramente o MPPE já que apenas 30% da folha são recursos destinados aos servidores. “Seria um acréscimo de apenas 4% na folha. Ressaltamos que não se trata de aumento salarial. Existe uma determinação constitucional que garante o reajuste, que é a reposição inflacionária para que seja mantido o poder de compra. Nós vamos apresentar o levantamento de dados com o real impacto nas contas e provar que é viável autorizar o reajuste”, afirma.

Até o final do dia, em assembleia que acontece no edifício-sede Roberto Lira, na Rua Imperador Dom Pedro II, no bairro de Santo Antônio, os trabalhadores vão decidir se paralisam ou não os trabalhos no MPPE.

JORNAL DO COMMERCIO, FOLHA E DIARIO DE PERNAMBUCO - CAPAS E MANCHETES DO DIA!









Pernambucano vai presidir Comissão Nacional de Reforma Política da OAB



Coube ao ex-presidente da OAB-PE, Pedro Henrique Reynaldo Alves, encarar o desafio de presidir a Comissão Especial de Elaboração de Proposta para Reforma Política no Brasil da OAB Nacional, onde exerce o cargo de conselheiro federal. Com a experiência de mais de 25 anos de atuação, irá coordenar uma equipe de cinco notáveis de diversas partes do país, sendo dois deles juízes eleitorais: Ary Raghiant Neto (secretário geral da OAB-MS e juiz do TRE-MS) e Luciana Nepomuceno (Juíza do TRE-MG).

O resultado dos estudos, que devem ser finalizados em outubro, será submetido ao pleno da entidade e pode se tornar um Projeto de Lei. Na bagagem, Reynaldo Alves traz sua experiência como procurador e também do período em que foi presidente da Comissão Nacional de Acompanhamento Legislativo da OAB Federal, entre 2010 e 2012. Foi neste período, aliás, que a OAB Nacional conseguiu levar a termo no Congresso Nacional, a Lei da Ficha Limpa.

Para Pedro Henrique, o desafio urge no momento histórico atual. “A OAB tem como missão institucional representar a sociedade. O Conselho Pleno terá como missão elaborar propostas concretas e factíveis, que tenham aderência ao espírito republicano”, enfatiza.

ENQUETE: Você acha que Lula era o comandante do esquema de corrupção na Petrobras?

Dilma, João Santana e Lula. Corrupção acabou com governo do PT


O Ministério Público Federal (MPF) denunciou na quarta-feira (14) o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a mulher dele, Marisa Letícia, e mais seis pessoas no âmbito da Operação Lava Jato. O procurador Deltan Dallagnol afirmou que, segundo provas do MPF, Lula era o "comandante máximo do esquema de corrupção identificado na Lava Jato". 

Agora, vamos saber sua opinião:




Você acha que Lula era o comandante do esquema de corrupção na Petrobras?
Claro, um esquema daquele só podia partir do chefe!
Não, mas ele sabia e participava!
Não. Lula está sendo perseguido pelo MPF para impedir sua volta à política.

HOJE TEM DEBATE EM GARANHUNS


Nesta segunda-feira, 26, os candidatos a prefeito de Garanhuns se encontram novamente frente a frente para um debate. Desta vez será na UPE  às 20h.

Radio Jornal: Com a presença de representantes dos cinco candidatos que disputam a prefeitura de Garanhuns, a Rádio Jornal realizou uma reunião para aprovação das regras do debate que promove na próxima quinta-feira (29), às 20h, no estúdio da emissora.

Claudomira Andrade, Paulo Camelo, Sivaldo Albino, Valter Couto e Izaías Régis terão mais uma oportunidade para mostrarem suas propostas para a cidade, e com o tempero do enfrentamento olho no olho, quando os candidatos podem perguntar diretamente aos seus adversários, diferentemente dos modelos de entrevistas.

A Rádio Jornal passa a ser o único veículo de comunicação de Garanhuns a promover debate na campanha de 2016. O mediador será o jornalista Igor Maciel, que virá de Caruaru.

Fica uma expectativa particular pelo comparecimento (ou não) de Izaías Régis, que teria afirmado em seus pronunciamentos que não participaria de debates, já faltando ao primeiro, realizado por servidores da prefeitura, na noite desta quarta-feira.

O debate da Rádio Jornal praticamente encerra a participação e inserções das candidaturas em rádio.

domingo, 25 de setembro de 2016

Convite - Universidade de Pernambuco


CONFIRA AS MUDANÇAS NO ENSINO MÉDIO BRASILEIRO

Alcançando o primeiro lugar nacional no IDEB, 
Ensino integral de Pernambuco vira referência para o Brasil




O governo divulgou nesta quinta-feira o texto da Medida Provisória que prevê uma ampla reforma do ensino médio, etapa da educação básica que enfrenta problemas como altas taxas de evasão (são 1,7 milhão de pessoas de 15 a 17 anos fora da escola) e baixos índices de proficiência. Uma das principais mudanças propostas pelo texto é a flexibilização do currículo. 

Os conhecimentos gerais, guiados pela Base Nacional Curricular Comum (BNCC), ainda em processo de definição, deverão ocupar no máximo metade das 2.400 horas obrigatórias do ensino médio atual. No tempo restante, os alunos poderão seguir diferentes “itinerários formativos”, com ênfase em cinco áreas do conhecimento: linguagens, matemática, ciências da natureza, ciências humanas e formação técnica e profissional. O Ministério da Educação (MEC) prevê que as mudanças afetem os alunos a partir de 2018.


CURRÍCULO

- O ensino médio, hoje, está dividido em 13 disciplinas obrigatórias, sem margem para flexibilização

- Com a reforma, 50% da carga horária de todo o ensino médio, ao longo de seus três anos, deverá seguir a Base Nacional Curricular Comum (BNCC), ainda em discussão no governo. A outra metade do currículo será mais flexível. O estudante poderá seguir diferentes “itinerários formativos”, com ênfase em cinco áreas de conhecimento: linguagens, matemática, ciências da natureza, ciências humanas e formação técnica e profissional.

DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS 

- O ensino de português, matemática, química, física, história, geografia, biologia, educação física, artes, filosofia, sociologia, espanhol e uma segunda línga estrangeira é obrigatório nessa etapa.

- Matemática, português e inglês são disciplinas fixas, mas o texto deixa educação física e arte como obrigatórias apenas do ensino fundamental. Segundo Ministério da Educação, porém, caberá à BNCC listar todas as disciplinas obrigatórias nessa etapa.

CARGA HORÁRIA

- De acordo com a Lei de Diretrizes e Bases (LDB), os alunos do ensino médio devem ter pelo menos 800 horas de aulas por ano, e cada ano deve ter 200 dias de aula.

- A MP informa que a carga horária deve ser progressivamente ampliada para 1400 horas. A meta é chegar a 2.024 com 25% dos alunos nesse regime.

IDIOMA ESTRANGEIRO

- Hoje, todas as escolas devem oferecer o ensino de ao menos uma língua estrangeira a partir do 6º ano do ensino fundamental, mas cada escola ou rede estadual define que idioma oferecer.

- Com a MP, o ensino de inglês passar a ser obrigatório, mas a comunidade escolar pode oferecer um segundo idioma estrangeiro.

FORMAÇÃO DE PROFESSORES

- Todo professor deve ser um profissional da educação com diploma na área pedagógica ou afim.

- A reforma abre espaço para “profissionais com notório saber reconhecido pelos respectivos sistemas de ensino para ministrar conteúdos de áreas afins à sua formação”. Já os currículos dos cursos de formação de docentes terão por referência a BNCC.

ENSINO TÉCNICO

- Já existe a possibilidade de ensino médio integrado ao ensino técnico ou profissionalizante

- Agora, porém, a formação técnica e profissional ganha destaque e poderá ser parte da carga horária. Terá o mesmo peso das outras quatro áreas de conhecimento.

SISTEMA DE CRÉDITO

- O ensino médio é dividido em três anos letivos, sem margem para flexibilização

- O texto da MP abre espaço para novos formatos. Será possível para uma rede estadual, por exemplo, organizar a etapa em módulos ou adotar o sistema de créditos adquiridos por disciplina, como acontece nas universidades.

VESTIBULAR- As universidades, hoje, têm liberdade para escolher o conteúdo cobrado na prova de ingresso de estudantes

- A Medida Provisória obriga as universidades a elaborar seus concursos com o conteúdo exigido pela BNCC

Leia mais sobre esse assunto em O GLOBO

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.