GOVERNO DE PERNAMBUCO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG DO RONALDO CESAR

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG DO RONALDO CESAR

quarta-feira, 27 de abril de 2011

AESGA e ATMO realizam Campanha de Medula Óssea


A Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns (AESGA) entra na luta pela doação de medula óssea e realiza a Campanha de Doação Voluntária de Medula Óssea, que este ano é destaque com o lema: “Dar de si antes de Pensar em si”.

A Campanha é uma realização da Central de Transplantes e da Associação Amigos do Transplante de Medula Óssea (ATMO). “Estamos confiantes nesta Campanha em Garanhuns, especialmente por ser este o Município de melhor aceitação do nosso trabalho. Desta forma, continuamos a promover esta jornada de sensibilização e doação voluntária”, destacou a Diretora de Educação e Capacitação da ATMO, Liliane Peritore.

A equipe da ATMO estará em Ação nas dependências da Autarquia nesta quarta-feira, 27, e quinta-feira, dia 28 de abril, das 14 às 21 horas. “Cientes da nossa responsabilidade como cidadãos, além de apoiar esta atuação junto à presidência da Instituição, por meio da professora Eliane Simões, solicitamos a participação de alunos, professores e demais funcionários da nossa Autarquia para esta Campanha”, informou o Coordenador Geral da AESGA, professora Adriano Maurício de Sena.

Expectativa do garanhuense para a segunda gestão do governo Eduardo Campos



No entusiasmo que a cidade sentiu com a passagem do seminário TODOS POR PERNAMBUCO em Garanhuns, resolvemos consultar nosso e-leitor sobre sua expectativa para este segundo governo, já que a ideia do evento era justamente ouvir a população sobre diretrizes e prioridades a serem implementadas.

As opções que oferecemos eram as tradicionais: Ótima, boa, regular, ruim e péssima, com explicações correlatas. No início da enquete tivemos percentuais somados de ótimo e bom que ultrapassavam 50%, chegando a dar 55%, depois, com a poeira baixando do seminário esse percentual foi diminuindo e acabamos com quase 10 pontos percentuais a menos nessas opções. Creio que por dois motivos, passado o entusiasmo, a cidade volta ao normal, e a esperança de que o governador pudesse anunciar alguma grande intervenção, que não aconteceu, a duplicação da BR, por exemplo, foi colocada como prioridade para incluir no PAC. Vai sair, mas não se tem a certeza de quando.

O resultado do seminário foi muito positivo, pois se trata de uma ação democrática em que os governantes vão diretamente à sociedade ouvir seus reclames.

O resultado reflete a esperança por uma Garanhuns melhor. Ou seja, tirando o regular, que não é nem pra cima nem pra baixo, ficamos com 46% de ótimo e bom, contra 22% de ruim e péssimo.

Vamos aos números finais, com excelentes 255 votos dos nossos e-leitores.

Como você acredita que será esta segunda gestão do governo Eduardo Campos para Garanhuns?

Ótima, nossa cidade conseguirá grandes investimentos 43 votos (16%)
Boa, Garanhuns terá muitos avanços 79 votos (30%)
Regular, continuaremos com o de sempre 75 votos (29%)
Ruim, o governo não olha pra Garanhuns 32 votos (12%)
Péssimo, era melhor no tempo de Jarbas 26 votos (10%)
.
A diferença que falta para os 100% são as dismas.

Prefeitura e UPE reativam Núcleo Acadêmico de Educação em Saúde


A Prefeitura de Garanhuns, através do Programa de Educação em Saúde, reativou neste mês de abril, o Núcleo Acadêmico de Educação em Saúde da Universidade de Pernambuco (UPE) - Campus Garanhuns. Trata-se de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Saúde e a UPE, com o objetivo de realizar ações preventivas por meio de atividades lúdicas, palestras, vídeo-debate, teatro de bonecos, entre outras atividades.

O Núcleo é composto por alunos do curso de Licenciatura em Biologia, sob a coordenação do professor da universidade, Petrúcio Morais, e sob a supervisão do coordenador de Educação em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde, Eliel Duarte. Os alunos e toda a equipe do Núcleo, orientados por profissionais da Secretaria de Saúde, deram início aos trabalhos no último dia 13 de abril, através de atividades de prevenção a esquistossomose, a popular doença do caramujo. A ação se deu nas Escolas Municipais Abdias Branco, Monsenhor Callou e José Ferreira Sobrinho, todas localizadas no distrito de São Pedro. Os alunos da Escola Municipal Oscar Francisco da Silva, no Sítio Cachoeirinha dos Franciscos; Abílio Camilo Valença e José Francisco de Barros, ambas localizadas no Sítio Papa-terra, também foram beneficiadas com a iniciativa conjunta.
O objetivo da ação é incentivar professores e alunos a trabalhar com saúde pública, além de orientar a comunidade a realizar os exames parasitológicos. “Nós queremos também despertar nas comunidades a importância de adquirir novos hábitos de higiene, cuidados para evitar contaminação, e alertar quanto a existência do serviço de tratamento a esquistossomose, oferecidos gratuitamente pela Prefeitura de Garanhuns através das visitas dos agentes de Endemias”, explica o coordenador de Educação em Saúde, Eliel Duarte.

A Secretaria de Saúde , além de capacitar a equipe, também oferece todo material educativo para a execução dos trabalhos. A prioridade é atender as comunidades da área rural, pontos em que a esquistossomose é mais comum, devido a precariedade do local, e já que a doença é característica da água doce de rios, lagos e barreiros.

De acordo com o cronograma de atividades, os próximos beneficiados serão os moradores da Comunidade Quilombola Castainho, na Escola Municipal Virgília Garcia Bessa; Comunidade Quilombola Estivas, na Escola Batista da Esperança; Sítio Lajes, na Escola Municipal Eline Campos de Siqueira; e Sítio Cágado, na Escola Municipal Luiz de Souza Cavalcante. A ação acontece na quarta-feira, 27 de abril.

Posteriormente os moradores dos Distritos de Iratama e Miracica, regiões com históricos de infecção pela doença, recebem a equipe com atividades prevenção a esquistossomose.

Professor Anísio Brasileiro, de Garanhuns, será o novo reitor da Universidade Federal de Pernambuco - UFPE

O doutor em Engenharia Civil Anísio Brasileiro (foto), 56 anos, natural de Garanhuns, é o novo reitor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) pelos próximos quatro anos. A votação foi realizada nesta terça-feira (26), nos três campi da UFPE, e ele obteve 60,08% dos votos. Em segundo lugar ficou o candidato Pierre Lucena, com 29,23% dos votos, seguido por Gilson Edmar, com 9,97%.

Do total de 37.926 eleitores aptos, entre alunos, professores e técnicos administrativos, o quórum final da eleição foi de 16.423 votantes - sendo 16.066 votos válidos, 184 nulos e 173 brancos.

O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco cedeu as urnas eletrônicas que permitiram a apuração tão ágil do resultado. Ao todo, foram 85 urnas distribuídas em 16 locais de votação nos campi da UFPE no Recife, Vitória de Santo Antão e Caruaru. Os três candidatos circularam pelos doze centros acadêmicos.

A assessoria de comunicação da UFPE informou que o resultado oficial da eleição deve ser entregue ao reitor Amaro Lins na próxima sexta (29). Cumprindo a formalidade, Lins convoca o Conselho Universitário para formar a lista tríplice, encabeçada por Anísio Brasileiro, que indica outros dois nomes para compor a relação. Essa lista é encaminhada ao Ministério da Educação. A cerimônia de posse do novo reitor deve acontecer até o dia 5 de outubro, quando termina o mandato de Lins.

Anísio ensina na UFPE há 33 anos, e relata seus planos para a gestão da Universidade. “O foco será o fortalecimento da graduação e da pós-graduação, em particular as políticas de assistência estudantil, além de consolidar pesquisas em grandes temas ligados ao interesse de Pernambuco e do Nordeste, do mesmo modo que fortaleceremos a relação entre a comunidade e a universidade”, disse.

Com informações do Portal PE360graus.com.br
.
Agora comigo: Na campanha de Anísio, foram gravados videos com personalidades defendendo o nome do garanhuense, como este, com o ex-ministro da Ciência e Tecnologia do governo Lula, Sérgio Rezende.


Aos amigos caminhantes do parque

Caminhada - Ela controla a pressão, diabetes, protege contra demência e ainda emagrece.
Por Fernando Menezes.


Você conhece algum exercício mais fácil de praticar do que a caminhada?

Ela não exige habilidade, é barata, pode ser feito praticamente a qualquer hora do dia, não tem restrição de idade e ainda pode ser feita dentro de casa se a pessoa tiver uma esteira.

Para uma pessoa que não pratica nenhum tipo de esporte, uma caminhada de 10 minutos por dia já provoca efeitos perceptíveis ao corpo, depois de apenas uma semana, explica o fisiologista do esporte Paulo Correia, da Unifesp. Além da melhora do condicionamento físico, as vantagens de caminhar para a saúde do corpo e da mente são muitas, e comprovadas pela ciência. O Minha Vida reuniu 11 benefícios que esse hábito pode fazer para você. Confira aqui e movimente-se:

1.Melhora a circulação

Um estudo feito pela USP, de Ribeirão Preto, provou que caminhar durante aproximadamente 40 minutos é capaz de reduzir a pressão arterial durante 24 horas após o término do exercício. Isso acontece porque durante a prática do exercício, o fluxo de sangue aumenta, levando os vasos sanguíneos a se expandirem, diminuindo a pressão.
Além disso, a caminhada faz com que a as válvulas do coração trabalhem mais, melhorando a circulação de hemoglobina a e oxigenação do corpo. "Com o maior bombeamento de sangue para o pulmão, o sangue fica mais rico em oxigênio. Somado a isso, a caminhada também faz as artérias, veias e vasos capilares se dilatarem, tornando o transporte de oxigênio mais eficiente às partes periféricas do organismo, como braços e pernas", explica o fisiologista Paulo Correia.

2.Deixa o pulmão mais eficiente

O pulmão também é bastante beneficiado quando caminhamos. De acordo com Paulo Correia, as trocas gasosas que ocorrem nesse órgão passam a ser mais poderosas quando caminhamos com frequência. Isso faz com que uma quantidade maior de impurezas saia do pulmão, deixando-o mais livre de catarros e poeiras.

"A prática da caminhada, se aconselhada por um médico, pode ajudar também a dilatar os brônquios e prevenir algumas inflamações nas vias aéreas, como bronquite. Em alguns casos mais simples, ela tem o mesmo efeito de um xarope bronco dilatador", explica.
3. Combate a osteoporose

O impacto dos pés com o chão tem efeito benéfico aos ossos. A compressão dos ossos da perna, e a movimentação de todo o esqueleto durante uma caminhada faz com que haja uma maior quantidade estímulos elétricos em nossos ossos, chamados de piezelétrico. Esse estímulo facilita a absorção de cálcio, deixando os ossos mais resistentes e menos propensos a sofrerem com a osteoporose.

"Na fase inicial da perda de massa óssea, a caminhada é uma boa maneira de fortalecer os ossos. Mesmo assim, quando o quadro já é de osteoporose, andar frequentemente pode diminuir o avanço da doença", diz o fisiologista da Unifesp.

4. Afasta a depressão
Durante a caminhada, nosso corpo libera uma quantidade maior de endorfina, hormônio produzido pela hipófise, responsável pela sensação de alegria e relaxamento. Quando uma pessoa começa a praticar exercícios, ela automaticamente produz endorfina.

Depois de um tempo, é preciso praticar ainda mais exercícios para sentir o efeito benéfico do hormônio. "Começar a caminhar é o inicio de um círculo vicioso. Quando mais você caminha, mais endorfina seu organismo produz, o que te dá mais ânimo. Esse relaxamento também faz com que você esteja preparado para passar cada vez mais tempo caminhando", explica Paulo Correia.

5. Aumenta a sensação de bem-estar
Uma breve caminhada em áreas verdes, como parques e jardins, pode melhorar significativamente a saúde mental, trazendo benefícios para o humor e a autoestima, de acordo com um estudo feito pela Universidade de Essex, no Reino Unido.
Comparando dados de 1,2 mil pessoas de diferentes idades, gêneros e status de saúde mental, os pesquisadores descobriram que aqueles que se envolviam em caminhadas ao ar livre e também, ciclismo, jardinagem, pesca, canoagem, equitação e agricultura, apresentavam efeitos positivos em relação ao humor e à autoestima, mesmo que essas atividades fossem praticadas por apenas alguns minutos diários.

"Caminhar diariamente é um ótimo exercício para deixar o corpo em forma, melhorar a saúde e retardar o envelhecimento."

6. Deixa o cérebro mais saudável

Caminhar diariamente é um ótimo exercício para deixar o corpo em forma, melhorar a saúde e retardar o envelhecimento. Entretanto, um novo estudo da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, mostra que esse efeito antienvelhecimento do exercício pode ser possível também em relação ao cérebro, ao aumentar seus circuitos e reduzir os riscos de problemas de memória e de atenção. "Os estímulos que recebemos quando caminhamos aumento a nossa coordenação e fazem com que nosso cérebro seja capaz de responder a cada vez mais estímulos, sejam eles visuais, táteis, sonoros e olfativos", comenta Paulo Correia.

Outro estudo feito pela Universidade de Pittsburgh, afirma que as pessoas que caminham em média 10 quilômetros por semana apresentam metade dos riscos de ter uma diminuição no volume cerebral. Isso pode ser um fator decisivo na prevenção de vários tipos de demência, inclusive a doença de Alzheimer, que mata lentamente as células cerebrais.

7. Diminui a sonolência

A caminhada durante o dia faz com que o nosso corpo tenha um pico na produção de substâncias estimulantes, como a adrenalina. Essa substância deixa o corpo mais disposto durante as horas subsequentes
ao exercício. Somado a isso, a caminhada melhora a qualidade do sono de noite.

"Como o corpo inteiro passa a gastar energia durante uma caminhada, o nosso organismo adormece mais rapidamente no final do dia. Por isso, poucas pessoas que caminham frequentemente têm insônia e, consequentemente, não tem sonolência no dia seguinte", completa o especialista da Unifesp.

8. Mantém o peso em equilíbrio e emagrece

Esse talvez seja o benefício mais famoso da caminhada. "É claro que caminhar emagrece. Se você está acostumado a gastar uma determinada quantidade de energia e começa a caminhar, o seu corpo passa a ter uma maior demanda calórica que causa uma queima de gorduras localizadas", afirma Paulo Correia.

E o papel da caminhada na perda de peso não para por aí. Pesquisadores da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, mostrou que, mesmo horas depois do exercício, a pessoa continua a emagrecer devido à aceleração do metabolismo causada pelo aumento na circulação, respiração e atividade muscular.

A conclusão foi de que os músculos dos atletas convertem constantemente mais energia em calor do que os de indivíduos sedentários. Isso ocorre porque quem faz um treinamento intensivo de resistência, como é o caso da caminhada, tem um metabolismo mais acelerado.

9. Controla a vontade de comer

Um estudo recente feito por pesquisadores da Universidade de Exeter, na Inglaterra, sugere que fazer caminhadas pode conter o vício pelo chocolate. Durante o estudo, foram avaliadas 25 pessoas que consumiam uma quantidade de pelo menos 100 gramas por dia de chocolate. Os chocólatras tiveram que renunciar ao consumo do doce e foram divididos em dois grupos, sendo que um deles faria uma caminhada diária.

Os pesquisadores perceberam que não comer o chocolate, juntamente com o estresse provocado pelo dia a dia, aumentava a vontade de consumir o doce. Mas, uma caminhada de 15 minutos em uma esteira proporciona uma redução significativa da vontade pela guloseima.

"Além de ocupar o tempo com outra coisa que não seja a comida, a caminhada libera hormônios, como a endorfina, que relaxam e combatem o estresse, efeito que muitas pessoas buscam compulsivamente na comida", afirma Paulo Correia.

10. Protege contra derrames e infartos

Quem anda mantém a saúde protegida das doenças cardiovasculares. Por ajudar a controlar a pressão sanguínea, caminhar é um fator de proteção contra derrames e infarto. "Os vasos ficam mais elásticos e mais propícios a se dilatarem quando há alguma obstrução. Isso impede que as artérias parem de transportar sangue ou entupam", diz Paulo.

A caminhada também regula os níveis de colesterol no corpo. Ela age tanto na diminuição na produção de gorduras ruins ao organismo, que têm mais facilidade de se acumular nas paredes dos vasos sanguíneos e por isso causar derrames e infartos, como no aumento na produção de HDL, mais conhecido como colesterol bom.

11. Diabetes

A insulina, substância que é responsável pela absorção de glicose pelas células do corpo, é produzida em maior quantidade durante a prática da caminhada, já que a atividade do pâncreas e do fígado são estimuladas durante a caminhada devido à maior circulação de sangue em todos os órgãos.

Outro ponto importante é que o treinamento aeróbico intenso produzido pela caminhada é capaz de reverter a resistência à insulina, um fator importante para o desenvolvimento de diabetes. Assim fica comprovado que os exercícios têm ainda mais benefícios contra o mal do que se pensava anteriormente.

"Quanto maior a quantidade de insulina no sangue, maior a capacidade das células absorverem a glicose. Quando esse açúcar está circulando livremente no sangue, pode causar diabetes", explica o fisiologista da Unifesp.
.
Agora comigo: Esta foi o Robson Faustino que mandou pra gente.

Eu gostaria de completar com mais duas vantagens que não são fisio-biológicas, mas sociais, as amizades que se fazem, que são mais sadias pelo ambiente, e o contato com a natureza!
.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

SIGA O BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.