GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO
CLIQUE E SAIBA MUITO MAIS

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

UNOPAR GARANHUNS
CLIQUE NA IMAGEM

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

sábado, 2 de julho de 2016

MORRE DOM IRINEU ROQUE SCHERER




O bispo da Diocese de Joinville, no Norte de Santa Catarina, foi encontrado morto em casa por volta das 11h deste sábado (2). A suspeita inicial, segundo a assessoria da Mitra Diocesana, é de que ele tenha sofrido um infarto.

Dom Irineu Scherer, de 65 anos, tinha o hábito de acordar muito cedo para trabalhar. Os demais religiosos da casa onde morava, ao lado do Seminário Divino Espírito Santo, estranharam que a manhã avançasse sem que ele saísse do quarto. Como não receberam resposta a mensagens de texto e a telefonemas, resolveram entrar no dormitório de Scherer e o encontraram caído no chão já sem vida.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) do município para uma autópsia que deve apontar as causas da morte. “Inicialmente, suspeitamos de um infarto. Até onde sabemos, era um homem de boa saúde. Estamos muito surpresos com o falecimento que provavelmente deve ter ocorrido durante a noite”, disse o padre Ivanor Macieski.

Padre há 38 anos

Conforme Ivanor, Dom Irineu era padre há cerca de 38 anos. Natural de Cerro Largo, no Rio Grande do Sul, foi criado e ordenado padre em Toledo, no Paraná.

Scherer descobriu a vocação para o sacerdócio ainda na infância e entrou para o seminário aos 13 anos, para ordenar-se padre Diocesano em 1978. Foi bispo em Garunhuns, no Agreste Pernambucano, por uma década. Em Joinville, atuava há oito anos.

Extrema bondade

“Dom Irineu foi um grande pastor, acolhia a comunidade e a nós, padres, como um grande pai. Certamente, será lembrado como um bispo de extrema bondade”, contou o padre Ivanor Macieski.

Segundo a Mitra Diocesana, quando o corpo for liberado do IML, deve ter início o velório na Catedral de Joinville. Uma missa solene será presidida pelo Cardeal de São Paulo Dom Odilo Scherer, primo de Dom Irineu, às 15h de domingo (3). Na sequência, ocorre o sepultamento na Cripta da Catedral, onde estão enterrados outros bispos.

Conforme a assessoria da Diocese, Irineu era o maior representante da igreja católica em Santa Catarina. Ele respondia por 18 municípios, o que equivale a cerca de 1 milhão de fiéis.


POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.