HIPER TODODIA

HIPER TODODIA
CLIQUE NA IMAGEM

FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS

FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS
TUDO SOBRE O FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS - FIG 2017

GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE E SAIBA MAIS

quarta-feira, 22 de março de 2017

CPI da Carne pode ser instalada na Câmara dos Deputados



O deputado federal Danilo Cabral assinou o requerimento para a instalação da CPI da Carne na Câmara dos Deputados. De autoria do deputado Ivan Valente (PSol-SP), também defendido por Julio Delgado (PSB-MG) e Carlos Zarattini (PT-SP), investigação parlamentar buscará investigar e punir os culpados por fatos que terão consequências para a saúde pública, políticas e econômicas.

“A CPI é uma oportunidade para que esclareçamos à população sobre o que realmente aconteceu neste episódio e quais os mecanismos que devem ser aprimorados”, justificou Danilo Cabral. Ele destacou que trata-se de um setor estratégico para o País. Só em 2016, o Brasil exportou US$ 13,49 bilhões em carnes, o equivalente a 7,3% de tudo que o País exportou no ano passado.

No total, exportamos carnes para 173 países e, desde a deflagração da operação da Polícia Federal, várias desses países suspenderam as compras de carnes brasileiras. “Temos que tratar o assunto com responsabilidade aos que empreendem e, sobretudo ao cidadão”, acrescentou.

Desde segunda-feira (20), os parlamentares recolhem assinaturas dos colegas para instalar uma Comissão Parlamentar de Inquérito sobre o objeto da investigação da megaoperação da Polícia Federal “Carne Fraca”.

Se aprovada, a CPI será composta por 34 deputados titulares e igual número de suplentes, para investigar, no prazo de cento e oitenta dias, irregularidades praticadas na fiscalização fitossanitária no país. Os recursos administrativos e financeiros, bem como os assessoramentos necessários ao funcionamento desta Comissão serão providos com recursos orçamentários da Câmara dos Deputados.

A operação deflagrada pela Polícia Federal investiga fraudes em vendas de carne. Segundo a PF, fiscais do Ministério da Agricultura recebiam propina para liberar licenças sem realizar a fiscalização adequada nos frigoríficos.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.