DR. ELENÍLSON LIBERATO

DESTAQUES DO BLOG

terça-feira, 5 de agosto de 2014

Boa Notícia >>> DUPLICAÇÃO DA BR-423: Izaías participa de reunião em Brasília





O prefeito Izaías Régis deve se encontrar amanhã (06) com o Ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos e com o Gestor do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), acompanhado de dois senadores pernambucanos, Douglas Cintra(PTB) e Humberto Costa(PT) para tratar sobre a duplicação da BR-423. O foco da conversa é a publicação do Edital de Concorrência e a pré-aprovação de uma proposta de alteração do traçado de acesso da BR-423, ao ambiente urbano de Garanhuns.

A proposta de novo traçado, trabalho elaborado pela Secretaria de Planejamento de Garanhuns, traz rebatimentos de grandes impactos para a cidade. Estes impactos podem ser positivos se adotado o trajeto alternativo por fora da área urbana e, definitivamente negativos, se a obra for realizada pelo mesmo trajeto da atual BR-423, ou seja, por dentro da Cidade.

“De tão evidentes os benefícios da adoção do modelo que privilegia o traçado por fora da Cidade, somado aos fatos revelados pela força da vontade e da argumentação do Prefeito Izaías, pelas manifestações de apoio das Entidades representativas da sociedade civil de Garanhuns e, ainda, das vantagens de natureza construtivas, financeiras e de tempo de execução da obra, não se pode esperar, por uma simples questão de bom senso, que a proposta sofra qualquer restrição”, explicou o Secretário de Planejamento de Garanhuns, Fernando Nunes.

As vantagens do novo traçado, passando pelo espaço conhecido como “Papa-Terra”, alcançando a BR-424, a três quilômetros do “Giradouro do Magano”, podem ser resumidas como a seguir:

*Reduz a distância do trajeto em 1,1, km;

*Reduz o investimento, em valores atualizados, em algo em torno de R$12 milhões, sobretudo pelo custo das desapropriações;

*Mesmo reduzindo o investimento ainda duplica 3 Km de outra Rodovia, a BR-424;

*Abrevia o tempo de execução em mais de dois anos;

*Evita um odioso “apartheid” entre duas importantes partes da Cidade;

*Eliminam, em grande medida, os incômodos causados pela presença de uma rodovia de longo curso no perímetro urbano. Esses incômodos são sentidos diariamente, por exemplo, a quem precisa acessar a UPA-E;

*Minimiza problemas com inúmeras atividades econômicas existentes na área de construção.

“Nós estamos confiantes de que esse novo traçado seja adotado pelo DNIT, bem como que o Departamento possa anunciar o início dessa obra tão representativa para Garanhuns e todo o Agreste Meridional. Portanto a nossa expectativa é que durante esse encontro tenhamos essas duas metas alcançadas: a licitação da obra e a adoção do novo traçado, para o bem de Garanhuns”, pontuou o Prefeito Izaías Régis.

Texto: SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO DE GARANHUNS
.
AGORA COMIGO: É ótimo que o prefeito tenha se convencido da necessidade da duplicação por fora da cidade, principalmente agora com o cargo que ocupa, tendo uma representatividade ainda maior que na época de deputado quanto a este assunto. No início era contra, provavelmente para ver a obra começada, mesmo com o percalço de ser por dentro da cidade.

Sou testemunha que foram alguns baluartes que desde o início precisaram quase brigar para mostrar os malefícios da duplicação por dentro da cidade, e citarei somente um deles, Ivan Rodrigues. Em reuniões, eventos, textos e até diante o então governador Eduardo Campos e o Secretário de Transportes, Isaltino Nascimento, diante o apoio de amigos como Francisco Alencar e Eraldo Ferreira.

Ficamos felizes deste blog ter sido a tribuna que mais bradou, oferecendo espaço aos argumentistas deste problema que se transformaria em um caos.

Que venha a duplicação, pois a BR-423 não suporta mais a quantidade de veículos e por isto está travando nosso desenvolvimento regional, e ceifando vidas. Curiosamente no último domingo um leitor cobrava notícias da duplicação, e transformamos em post aqui no blog. Tony Neto havia comentado que Izaías estaria esta semana em Brasília para tratar do assunto. 

E que todos aqueles que contribuíram de alguma forma para que esta obra saia do papel e transforme a realidade local sejam reconhecidos em sua luta, a exemplo do ex-prefeito Luis Carlos e Eudson Catão, um na prefeitura e outro na CODEAM.

Izaías Régis tem todas as condições de ser o capitão deste momento, sem desmerecer o restante da equipe. E não transformar uma conquista suada de anos em um objeto político-eleitoral.

Que venha a duplicação, logo!

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.