GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

segunda-feira, 29 de junho de 2015

SIGHFIRTS: Tem início projeto que vai beneficiar 900 pessoas em Garanhuns



O projeto SighFirts – Visão para Todos – “Caminhando com autonomia, independência e desenvolvimento”, que irá beneficiar 900 pessoas que sofrem de baixa visão ou cegueira, iniciou hoje (29), em Garanhuns. 

A iniciativa é da Fundação Altino Ventura, em parceria com o Lions Internacional, Secretaria Municipal de Saúde e Secretaria Municipal de Educação e Esportes. O projeto, que irá alcançar 12 cidades de Pernambuco, segue, em Garanhuns, até o dia 2 de julho.

O objetivo do projeto é ampliar os serviços de baixa visão e cegueira para crianças, a partir de 6 anos, e para adultos em qualquer idade. O assistente social da Fundação Altino Ventura, André Cavalcante, fala sobre a relevância do projeto para Garanhuns. “As pesquisas indicam que 4% da população está acometida de cegueira ou baixa visão. Então, além de estarmos atendendo essas pessoas, estaremos identificando pessoas com outros problemas de visão e as encaminhando para o atendimento adequado. É uma oportunidade ímpar para essas pessoas”, comenta o profissional.

A garanhuense Joyce Pessoa acompanhou o seu pai de 88 anos de idade para ser atendido nesta segunda-feira pela manhã. “Meu pai acabou de ser atendido e foi identificado com glaucoma e catarata. Por ele não se enquadrar nesses problemas de cegueira ou baixa visão, ele foi encaminhado para o serviço adequado ao problema dele. O bom é que estamos tendo essa oportunidade de uma forma bem mais rápida”, afirmou.

Uma das coordenadoras da Atenção Básica, Cleide Santos, afirma que esse projeto é uma ampliação dos serviços para as pessoas que sofrem com problemas de visão. “É uma grande oportunidade para esses pacientes, que por meio desse projeto receberão assistência, reabilitação, inclusão e concessão de órteses, por exemplo, de acordo com o problema identificado”, destaca.

Agentes de saúde, enfermeiros e professores da Rede Municipal de Ensino foram capacitados para identificar a situação de baixa visão e cegueira nos garanhuenses. Após essa triagem, as pessoas identificadas, passarão pela primeira etapa do projeto, que será o atendimento oftalmológico, e a partir disso, serão encaminhadas para um atendimento especializado. Posteriormente, as pessoas serão encaminhadas para um processo de aprendizagem de independência para o seu dia-a-dia, e receberão muletas, bengalas, lupas, entre outros aparelhos, de acordo com a sua necessidade.

O atendimento está sendo realizado no Centro Especializado de Saúde da Mulher e da Criança (Cesmuc), localizado na rua Simôa Gomes, n°345, ao lado da base do SAMU, das 7h às 17h. Para ser atendido, é imprescindível estar munido das xerox de CPF, RG, comprovante de residência e cartão do SUS. 

Para outras informações, entrar em contato com o Cesmuc por meio do telefone (87) 3762-0768. As inscrições podem ser feitas nas 35 Unidades Básicas de Saúde (UBS’s), com agendamento prévio, considerando a limitação de vagas.

SECOM GARANHUNS

DESTAQUES DO BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.