GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO
CLIQUE E SAIBA MUITO MAIS

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

UNOPAR GARANHUNS
CLIQUE NA IMAGEM

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Mandato de Izaías Régis fechou mais empresas que segundo mandato de Luiz Carlos - Por Wagner Marques



"Sobre os questionáveis dados os quais a Prefeitura de Garanhuns anda estampando através de peça publicitária no formato “back bus”, acerca do crescimento de empresas no município, que teria gerado mais de 3.600 empresas na cidade, entre os anos de 2013 a 2016, existem muitos aspectos a serem analisados e que põem em xeque essa realidade numérica. Nesta postagem, vou trazer apenas o primeiro aspecto:

De acordo com o site Empresômetro MPE http://empresometro.cnc.org.br, que foi a fonte que o governo municipal julgou de caráter oficial, que trata exclusivamente de empresas MPEs (Micro e Pequenas Empresas), quem der uma olhada rápida, e fizer um comparativo nos números de empresas ativas, vai perceber que os números não batem de acordo com os apresentados pela Prefeitura. Todavia, não vou tratar disso agora. Fica para uma outra postagem.

Chamou-me atenção o número de fechamento de empresas (mortalidade). Para se ter uma ideia, no ano de 2012, fecharam 96 empresas em Garanhuns. No ano em que o prefeito Izaías Régis (PTB) assumiu o governo municipal, portanto em 2013, foram fechadas 79. Em 2014, fecharam 74. Sim, parecia ser uma tendência que esses números caíssem. No entanto, no ano de 2015, esses números saltaram para a surpreendente marca de 336 empresas fechadas na “cidade das flores”. Em 2016, foram fechadas mais 166 empresas no município. Portanto, de 2013 a 2016, foram fechadas 655.

Wagner Marques
Esses dados apontam que no primeiro governo do prefeito Izaías Régis fecharam mais empresas do que no segundo governo do prefeito Luiz Carlos (PDT), que foi considerado um governo péssimo por esmagadora parcela da população. Durante os quatro anos do segundo governo de Luiz Carlos, foram fechadas 448 empresas. Ou seja: no governo Izaías fecharam 207 empresas a mais do que no governo anterior.

Até agora, no ano de 2017, em pouco mais de 4 meses, já foram fechadas 31 empresas. Isso equivale, no momento, a um número de praticamente 7 empresas sendo fechadas por mês em Garanhuns. Esses são dados do Empresômetro MPE.

*Wagner Marques é escritor 

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.