HIPER TODODIA

HIPER TODODIA

GASTROMED GARANHUNS

ZERONE SISTEMAS

ZERONE SISTEMAS
Clique na imagem

DESTAQUES DO BLOG

CLINLAB DIAGNÓSTICOS

CLINLAB DIAGNÓSTICOS

sábado, 16 de junho de 2018

Centro de Ressocialização de Itaquitinga recebe presos até o final de junho


O Centro Integrado de Ressocialização (CIR - unidade 1), em Itaquitinga, Agreste do Estado, receberá os primeiros 50 presos na próxima semana, dando início, assim, à distribuição da população carcerária para desafogar as unidades prisionais da Região Metropolitana do Recife. A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH) apresentou a unidade prisional, nesta sexta (15.06), à imprensa numa visita que durou um pouco mais de duas horas e contou com a presença dos secretários de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, e Executivo de Ressocialização, Cícero Rodrigues.

A unidade 1 do CIR, abrigará 1.000 presos, do gênero masculino, sob o regime fechado em uma área construída de 13 mil metros quadrados. Na visita, foram percorridos diversos setores como saúde, salas de aula, central de videomonitoramento, cozinha, celas e área de convivência coletiva. O secretário Pedro Eurico explica que o Governo de Pernambuco tem hoje o maior programa de criação de vagas da história. “Até o final da gestão Paulo Câmara pretendemos ter aumentado em mais de seis mil o número de vagas no Estado. A unidade prisional de Itaquitinga é uma das mais modernas do país e deverá ser exemplo de ressocialização para todos os estados da federação”, acrescenta.

O projeto segue um novo conceito de arquitetura prisional com paredes internas construídas em gesso e toda a área externa e demais áreas de concreto. A unidade possui celas de vários tamanhos, administração e recepção de visitantes, pavilhão destinado aos concessionados (presos que trabalham), 12 salas de aula, áreas jurídica e de saúde, refeitório, três pavilhões de vivências coletivas, instalações para a Polícia Militar, oito guaritas e muros com alambrados, além de uma sala de videomonitoramento com cinco monitores. A cozinha já conta com 22 reeducandos concessionados à disposição, sendo 14 na cozinha e oito na padaria. A obra custou ao Governo de Pernambuco aproximadamente R$ 10 milhões.

OUTRAS OBRAS - Encontra-se em execução a construção do Presídio de Araçoiaba, dividido em sete unidades (02 femininas e 05 masculinas), com 2.754 vagas. Também está em andamento o edital para ampliar o Presídio de Palmares, com a construção de mais três pavilhões de Vivência Coletiva, dois com capacidade para 200 vagas, cada, e uma com capacidade de 132 vagas, totalizando a ampliação em 532 vagas.

​Fotos: Márcia Galindo/Seres​

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.