PE CONTRA O CORONAVÍRUS

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Comunidade de São Lourenço de Tejucupapo, distrito de Goiana, recebe igreja restaurada‏



Uma região rica em paisagens notáveis, ponteadas por edificações antigas, sedes de engenhos e povoados, no estuário do Rio Goiana. Nesta localidade, num plano mais alto, avista-se a Povoação de São Lourenço de Tejucupapo. É neste povoado que está a igreja de São Lourenço de Tejucupapo que, neste sábado, a partir das 14h, será entregue à população após passar por obras de restauração com recursos do Governo do Estado. A Igreja de São Lourenço de Tejucupapo sobressai-se pela simplicidade e austeridade de suas linhas construtivas, apresentando características da arquitetura jesuítica, seguindo a mesma linha da Igreja de N. Sra. da Graça de Olinda, referência fundamental da arquitetura portuguesa no Brasil.

A igreja é considerada uma das mais antigas de Pernambuco. Fundada no século XVI, na então Capitania de Itamaracá, a igreja foi elevada à matriz em 1555, data de criação da Freguesia de São Lourenço. Além do tombamento da Igreja, a Povoação de São Lourenço de Tejucupapo está inserida na Área de Preservação Ambiental de Santa Cruz (APA), criada por lei estadual, que envolve os municípios de Itamaracá, Itapissuma e Goiana, visando à preservação integrada do patrimônio ambiental, natural e cultural dessa região.

As obras de restauração da igreja foram iniciadas em 2009 em duas etapas, totalizando um investimento de R$ 345.057,10, feito pelo Governo de Pernambuco, através da Fundarpe. Na reforma, foram recuperados os valiosos elementos arquitetônicos em cantaria como o arco-cruzeiro, a pia batismal, cornijas, cunhais e cercaduras, bem como a estucaria dos altares com adornos em argamassa tradicional. Os trabalhos de restauração foram acompanhados de prospecção arquitetônica que evidenciou técnicas e elementos construtivos que marcam a trajetória do edifício, o que subsidiou o retorno do assoalho da sacristia e dos pisos em tijoleiras à sua forma original.

A população recebe a Igreja em festa com atividades voltadas para a valorização da cultura local. Haverá apresentação de documentário fotográfico dos trabalhos realizados e vídeo das entrevistas com personagens representativos da comunidade, jogos educativos, danças e Coral das Crianças da Igreja. A Banda Curica, que é Patrimônio Vivo de Pernambuco, encerrará as festividades.

Fonte: Secretaria da Casa Civil / Secretaria de Cultura de Pernambuco
Foto: acervo/Secult-PE

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.