PE CONTRA O CORONAVÍRUS

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Bolsa-família oferta a base para o Nordeste crescer. Pernambuco se destaca.

Já falamos aqui que o Bolsa-Família é o maior programa social do mundo, que proporciona uma distribuição de renda direta à população de baixa renda, e que traz algumas exigências que multiplica oportunidades, principalmente para os jovens que estão na escola e depois têm acesso a formação profissional, coisa que muitos dos seus pais não tiveram no passado. 

Embora tenha falhas, elas são a exceção. A verdade é que o BF tem tirado as pessoas da miséria e aumentado as classes consumidoras, girando a economia como um todo e beneficiando até quem critica o programa.

O mundo está olhando atentamente o Bolsa-Família, pois o Brasil tem avançado no desenvolvimento social. O ex-presidente Bill Clinton, que está no Brasil, elogiou publicamente o programa. 

O Jornal do Commercio do domingo trouxe a informação que Pernambuco tem a segunda maior taxa de aprovação entre os estudantes do ensino médio que são beneficiados pelo programa. Além disso, estão mais assíduos na escola do que aqueles que não fazem parte do Bolsa-Família.

Vai continuar sempre precisando de ajustes, principalmente buscando irregularidades locais e possibilitando que mais pessoas ingressem no mercado de trabalho, deixando de receber o benefício. Entretanto, de um modo geral, o Brasil, e principalmente o Nordeste, têm avançado graças a esta distribuição de renda que paga a comida e possibilita os jovens estudarem.

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.