DESTAQUES DO BLOG

DR. ELENÍLSON LIBERATO

sexta-feira, 27 de março de 2015

Teatro de Pernambuco perde Zácaras Garcia, e nós perdemos um amigo-irmão

Mais um Grande Amigo que se vai...
Faleceu agora a pouco, em Recife,
Zácaras Garcia, meu irmãozinho do coração e de arte.
O teatro do nordeste ficou sem uma Luz.
Bastante comovido com a partida de Noel (Xaxado),
o coração agora dilata-se para acolher, pra sempre, mais uma saudade... saudade que dói.

Carlos Janduy

AGORA COMIGO: Conheci Zácaras há mais de quinze anos, talvez se aproximando de vinte, apresentado por Janduy, Sandra, Nivaldo e Dorvalina. Amizade imediata. 

Zácaras era presidente da FETEAPE - Federação de Teatro Amador de Pernambuco, e vinha sempre a Garanhuns. Participava ativamente das seletivas do teatro do FIG, inclusive na organização, na época com nossa cultura em ebolição produtiva, e discutia a interiorização das atividades culturais. Tinha um olhar crítico, e era simples, afetuoso e inteligente. 

Há mais de dez anos deixara as atividades na FETEAPE, mas continuava no mundo da cultura popular, como produtor, ator e arte-educador. Estava agora em Limoeiro, dando sua contribuição à arte.

Todo ano estava com a gente no Festival. Uma amizade pura e verdadeira. Tratava meus filhos como seus sobrinhos, e tenho certeza que também aos de Nivaldo e Dorva, Janduy e Sandra.

Poxa! Depois de perder Noel, outra perda desta. 

Quando estive bem doente, Zácaras foi imprescindível, mostrando a imensidão de sua amizade. 

O Teatro de Pernambuco perde um lutador, desprovido de vaidades. A arte de Garanhuns perde um embaixador. E nós perdemos um grande amigo, um irmão enviesado que Deus colocou em nosso caminho. Um laço afetivo que a morte não destrói.

Zácaras, obrigado por tudo, e que Deus permita que um dia nós nos encontremos de novo, pois não estávamos preparados para despedidas.

Um beijo, de tanta gente que te quer tão bem!

Sou seu fã!




Texto de Sandra Albino. 

Que saudade meu amigo. Meu amigo das artes, meu morador especial durante o FIG, sempre preocupado com nossa correria...eita...nossas peças de teatro que estávamos sempre juntos, logo após um cafezinho, de preferência com seu cuzcuz especial e os comentários do que tinhamos assistido. 

Você, sempre muito inteligente e muito crítico, me deixando grandes ensinamentos. Teatro, cultura popular, circo, a dança eram os palcos que mais nos encontrávamos...o FIG vai ficar com um espaço vazio sem você, meu caro Zácaras Garcia. E o Feteag Caruaru? A sua cara amigo, não é Fabio Pascoal? 

O que me conforta nessa hora é saber que você descansou, não queríamos ver seu sofrimento. Descansa em paz e que você esteja sempre presente em nossas vidas através de sua luz. 

Vai com Deus, Zácaras, um beijo em seu coração.

BLUENET PROVEDOR DE INTERNET

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.