GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

terça-feira, 19 de janeiro de 2021

PREFEITURA DE GARANHUNS INICIA VACINAÇÃO CONTRA A COVID-19 NESTA QUINTA (21). CONFIRA MAIS INFORMAÇÕES.

Município recebeu 2880 doses da Coronavac que serão destinadas inicialmente aos grupos prioritários







A Prefeitura de Garanhuns, por meio da Secretaria de Saúde, divulga nesta quarta-feira (20) as estratégias do Plano Municipal de Vacinação Contra a Covid-19, que começa na quinta-feira (21). Com a chegada de 2880 doses da Coronavac, o município poderá inicialmente vacinar 1440 pessoas, de acordo com os grupos prioritários pactuados para este primeiro momento de imunizações.

Seguindo as recomendações da Secretaria Estadual de Saúde (SES), receberão a primeira dose trabalhadores de saúde atuantes em UTIs e enfermarias de atendimento à Covid-19, além dos vacinadores; idosos em instituições de longa permanência; pessoas com deficiência institucionalizadas e indígenas aldeados. A gestão municipal está cumprindo todos os protocolos oficiais para garantir a vacinação sem maiores problemas.

Hoje o prefeito Sivaldo Albino recebeu as doses disponibilizadas para Garanhuns na sede da V Gerência Regional de Saúde (Geres), que serão armazenadas na sala de vacina da Unidade de Tratamento Covid-19 (UTC). O município está preparado para garantir a logística de vacinação. Atualmente, contamos com equipamentos e insumos para os profissionais de saúde que vão ter a missão de imunizar as pessoas durante esta primeira fase. Logo assim que recebermos mais doses vamos ampliar o público-alvo e os pontos de vacinação na cidade”, completou o gestor municipal.

A secretária municipal de Saúde, Catarina Tenório, também participou de uma capacitação voltada para os profissionais do município, que serão exclusivamente responsáveis pela campanha. A vacinação vai acontecer in loco nos serviços de saúde e instituições de longa permanência, indo ao encontro do público-alvo. “Vamos levar a vacina até as pessoas, nos serviços onde trabalham, bem como em abrigos e outros espaços. A ideia é descentralizar a campanha até as unidades de saúde, conforme novas doses forem chegando”, pontuou a secretária municipal de Saúde.

Para se vacinar as pessoas devem estar portando o CPF ou cartão SUS. Uma equipe técnica já foi definida para garantir a execução do Plano de Vacinação Contra a Covid-19, com o intuito de assegurar o andamento da campanha, a ordem de prioridade e intervalo entre as doses. De acordo com orientações do Ministério da Saúde, a segunda dose deve ser aplicada entre duas e quatro semanas após a primeira.

Texto: Aquilles Soares
Fotos: Thomas Ravelly

DESTAQUES DO BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.