DESTAQUES DO BLOG

domingo, 16 de dezembro de 2012

CORINTHIANS CAMPEÃO MUNDIAL 2012 - Deu tudo certo dentro e fora de campo!!! PAPEL DE PAREDE


Este título mundial conquistado pelo Corínthians diante do poderoso Chelsea é o apogeu de um projeto construído ao longo dos últimos anos. Aliás, o próprio Chelsea é uma espécie de Corínthians inglês, que vem se montando recentemente com bastante investimento e contratações corretas. Foi assim que conquistou nesta temporada o seu primeiro título da Champions League, batendo o favorito Barcelona.

Se tivermos que anotar um ponto de partida para este novo Corínthians diríamos que a volta de Ronaldo, que levou uma visão empresarial para o clube fora de campo, grandes patrocinadores e investimentos começaram a ser feitos em uma visão macro do esporte. Ainda hoje Ronaldo tem participação efetiva dentro do clube. A importância do clube foi tamanha no Brasil nos últimos anos que deu o técnico (Mano Menezes) e jogadores para o selecionado brasileiro. Dividiu com o Santos a quase hegemonia nacional.

Paralelo a isto, o Corínthians aliou a formação da equipe com a permanência de jogadores-chave à formação de seus próprios craques. Manteve uma espinha dorsal nos últimos anos, mexendo somente no varejo, nunca no atacado. Mesmo na derrota da Libertadores do ano passado, a diretoria tinha um projeto e manteve a comissão com sua estrutura.

Tite é inteligente, e trabalhou nos últimos meses o time que iria levar para o Japão, focou na competição internacional. Tinha o time pronto mas foi ousado em mudar na véspera e na hora do jogo. Deu certo, colocou Guerreiro que fez todos os gols do time e mexeu para a final, colocando Jorge Henrique no lugar de Douglas. O time ganhou velocidade para o contra-ataque e impediu a principal jogada do Chelsea pela direita.

Vejam só o nome do jogador decisivo: Guerreiro. Estava escrito.

A marcação do Corinthians começa do centro-avante, e todos fazem gols. Aliás, a imprensa considera Paulinho o craque do time, ele que é cabeça-de-área. Eu acredito que o time é compacto, igual, e não tem craque, mas um grupo de alto nível equivalente, onde o volante é artilheiro e o meia avançado volta pra marcar na lateral.

O goleiro Cássio pegou tudo, defesas espetaculares. Faz por merecer um lugar de destaque na seleção. Não é de hoje que tem tranquilidade e competência para grandes jogos.

Voltando à discussão além do jogo. O Corínthians além de ter competência teve sorte. Começou com a decisão da Champions, quando o Chelsea tirou o Barcelona (que massacrou o Santos) e depois deu as contas de seu principal artilheiro, Drogba, ficando com o horrendo Fernando Torres. O Chelsea entrou em crise recentemente, não está bem no Campeonato Inglês, não vencia há 5 jogos, foi desclassificado da atual Champions League na primeira fase e o técnico caiu. Rafa Benitez assumiu agora e está remontando o time, aliás, colocou o time errado, deixando o craque Oscar no banco, levando para o campo o veterano Lampard e o inexpressivo Moses.

Mesmo que estivesse no auge, creio que o Chelsea poderia cair diante do time brasileiro. Deu tudo certo para o Corinthians, fez a coisa certa e todos erraram ao seu redor. Se o Chelsea errou, e errou muito, não é problema do Timão.

O Corínthians está organizado, tem apoio institucional do governo, com investimentos como o da CAIXA, que colocará, somente ela, R$ 40 milhões/ano no atual campeão mundial. O Corínthians é o time de Lula e seu crescimento coincide com a chegada do presidente ao poder. Lula autorizou o empréstimo do BNDES para a construção do Itaquerão e bancou Andres Sanches na CBF (que já caiu, junto com Mano).

Mas no Brasil, futebol e política sempre andaram de mãos dadas. É grande a influência de um no outro.

Não se faz futebol de alto nível sem dinheiro, e os investimentos no Corinthians vêm fundamentados numa torcida presente em todo o mundo, que se faz barulhenta e festiva, por isto é a fiel. É um time do povo. Todos querem vincular sua marca a um clube que tem esta torcida e que é campeão. Claro! O Corínthians não tem Neymar, mas tem o povo e jogadores com a cara de sua torcida.

Talvez tenha sido isto que faltou ao Chelsea, tinha jogadores mas não tinham raça e vontade, nem um bando de loucos gritando dentro e fora do estádio para ver seu time campeão.

Deu tudo certo para o Corínthians. E este título mundial vem sendo montado em um projeto bem alicerçado ao longo dos últimos anos.

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.