GOVERNO DO ESTADO

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Enfim, Rua da APAE está sendo pavimentada


Não tem explicação lógica algumas ruas de Garanhuns não serem calçadas, ou pavimentadas, como tem sido feito ultimamente. Claro, muitas outras ruas de bairros da periferia precisam deste investimento, mas tem umas artérias na cidade, ruas e avenidas, que são imprescindíveis e urgentes como a Rua José Ferreira Leal, a famosa Rua da APAE, no bairro de Heliópolis. Além de sua localização estratégica e que tem toda infraestrutura pronta, é uma rua que tem uma demanda de pessoas que utilizam aquela instituição para tratamentos de saúde, e que prescindem desta ação pública, pois muitas chegam em cadeiras de rodas, numa buraqueira só, sujeitas a poeira e lama.

Chegavam. 

Começaram as obras de pavimentação asfáltica da Rua da APAE, e com ela outras intervenções do governo municipal através da empresa vencedora da licitação, a Construtora Ancar Ltda. Serão também pavimentados o trecho da Jornal do Comércio, Ruas João da Silva Souto, José de Alencar, Antônio Alves da Cunha Pedrosa e 31 de março, todas localizadas no bairro Heliópolis. O serviço deve ser concluído em torno de 120 dias. A obra está orçada em, aproximadamente R$ 300 mil.

Entre as ruas que não se explicam ainda não serem pavimentadas estão as que circundam o Hospital Regional Dom Moura. Um verdadeiro absurdo o maior hospital de referência do Agreste Meridional, com mais de dez mil atendimentos por mês, ainda estar sujeito à lama e à poeira. Nas ruas por trás do hospital, encontram-se clínicas, o Hemope, a Casa das Balas, residências, Além dos investimentos que estão sendo pelo governo do estado na ampliação do hospital.

Outra. A segunda entrada da Vila do Quartel, que diminuiria o trânsito na rodovia em frente à Coca-Cola (A Travessa leva o nome de minha irmã, Sílvia Raquel). Querem outra? Aquela por trás do Sete de Setembro, que passa pela São Cristóvão, Jotude, Café Ouro Verde, IFPE e futuramente o Atacadão Assaí. Cuidar daquela passagem tiraria grande parte do tráfego da frente do Estádio do Sete e do CAIC, aliás, uma travessia muito perigosa para as crianças. Caminhões pesados passam constantemente por ali, deveriam ser recambiados para o acesso que mencionamos, mas se fosse devidamente pavimentado.

Bem, poderia também falar das imediações da UPE, mas ali começam nos próximos dias as obras do binário, que vai beneficiar diversas ruas, e consequentemente todo o bairro. 

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.