DESTAQUES DO BLOG

DR. ELENÍLSON LIBERATO

segunda-feira, 22 de julho de 2019

VOCÊ É BREGA? O FIG tem uma noite para você!

Amigas do Brega


Alguns estilos musicais tiveram novas gerações, e chegam na atualidade com o novo e o antigo. É o caso da MPB, que tem muita gente boa chegando por aí, e que dialoga bem com quem estabeleceu o conceito de música brasileira de qualidade que conhecemos.

O Samba também tem o novo e o antigo, mais tradicional, que nem sempre é boa a relação. O Sertanejo já está em sua terceira geração, por assim dizer. A primeira era representada por Tonico e Tinoco, Cascatinha e Inhana, Matogrosso e Mathias, Milionário e Zé Rico... A segunda vai de hitãozinho e Xororó, Zezé di Camargo, João Mineiro e Marciano... A terceira é a sofrência que temos hoje com o que chamam de Universtário.

Com o brega também é assim. Temos os precursores como Waldick Soriano, Amado Batista e Reginaldo e chegamos ao gênero que toma conta da capital pernambucana, o novo brega das bandas Kitara e Musa. Os herdeiros do Rei não fazem a mesma coisa, mas o conceito está ali, traições, bebidas, cabarés... Agora com barracos, mimimis, e empoderamento feminino, já que é a expressão em voga.

A virada da mulher e do gênero musical é notória. O brega virou patrimônio pernambucano, assim como o frevo e o forró, e a mulher ganhou o microfone, é ela quem dita a história agora. Antes era o homem que cantava suas desilusões, agora é a mulher que canta o fim do relacionamento, saindo por cima.

Se você é dos bregas das antigas ou da nova cena pernambucana, o certo é que os dois públicos devem se encontrar esta noite no Festival de Inverno de Garanhuns, onde Priscila Sena, Kitara e Amigas do Brega vão colocar todo mundo para dançar, e beber. 

BLUENET PROVEDOR DE INTERNET

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.