segunda-feira, 6 de abril de 2020

CIÚME DE HOMEM / Bolsonaro volta a ameaçar demissão de Mandetta

Em novo capítulo de seu atrito com o ministro da Saúde, o presidente afirmou neste domingo que "algo subiu na cabeça" de alguns membros do governo e ameaçou "usar a caneta" contra integrantes que viraram "estrelas". 

Jair Bolsonaro tem divergências com Luiz Henrique Mandetta sobre as estratégias para combater o coronavírus e é contra o isolamento social, apoiado pelo titular da Saúde. Os dois chegaram a discutir por telefone, conforme revelou a coluna Radar

Apesar da ameaça velada, o presidente já disse que não pretende demitir auxiliar "no meio da guerra". Mesmo assim, o ex-ministro Osmar Terra se movimenta de olho no cargo. Ausente na coletiva do Ministério da Saúde no sábado, Mandetta deve reaparecer nesta segunda-feira, 6, e pode rebater mais uma provocação do chefe.

AGORA COMIGO: Dizem que ciúme de homem pra homem é pior que ciúme de mulher. Neste caso, o ciúme de Bolsonaro à boa aprovação de Mandetta pode colocar em risco o bom trabalho que vem sendo realizado no Ministério da Saúde.

O Ministério da Economia é que vem emperrando ações como o pagamento do auxilio de R$ 600,00 e, de forma paralela, incentivando o retorno precoce dos estabelecimentos comerciais no país.

Na gíria popular, Bolsonaro emprenha pelos ouvidos, e tem quem veja as teorias conspiratórias em tudo que rodeia o presidente, que dá mais atenção a estas coisas dos filhos e das redes sociais que de uma boa assessoria especializada nos assuntos da pauta do dia.

DESTAQUES DO BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.