GOVERNO DO ESTADO

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Sociedade e governo discutem a educação em Pernambuco


Representantes da sociedade civil, sindicatos, movimentos sociais e líderes governamentais estão reunidos por três dias (14 a 16/10) no Centro de Convenções, para sugerir e debater propostas em prol do desenvolvimento educacional do estado. Este é o objetivo da II Conferência Estadual de Educação (Conepe), que traz como tema central “O PNE na Articulação do Sistema Nacional de Educação: Participação Popular, Cooperação Federativa e Regime de Colaboração”.

Durante a abertura oficial do evento, na noite da segunda-feira (14), a secretária executiva de Desenvolvimento da Educação, da Secretaria de Educação do Estado, Ana Selva, destacou a importância do momento para o diálogo entre as várias esferas ligadas à educação. “A Conepe é o espaço propício para o debate sobre políticas educacionais comportando grupos que já vieram das conferências municipais e que trazem suas experiências. É com grande satisfação que o governo do estado assume o compromisso de se fazer presente, sempre visando avanços para a educação”, declarou Ana. 

A coordenadora do Fórum Estadual de Educação, Márcia Ângela Aguiar, também ressaltou a contribuição das 35 representações de entidades educacionais e movimentos sociais. “Este momento representa mais um passo na luta por uma educação democrática que abranja todos os brasileiros. É a oportunidade da sociedade intervir nas decisões para educação no estado”.

Representando a Federação dos Trabalhadores da Agricultura do Estado de Pernambuco (Fetape), a professora Sônia Maria dos Santos, esteve entre os 600 delegados eleitos durante as conferências municipais. Para ela, a colaboração de diversas “mãos” para compor uma educação de qualidade, amplia horizontes que enxergam as particularidades de cada grupo social, e suas necessidades. “Acreditamos que a educação, como direito universal, deve considerar especificidades. Os representantes da educação no campo possuem demandas que devem ser ouvidas”, explicou Sônia, relembrando os avanços alcançados desde 2010, quando aconteceu a I Conepe. “Desde 2010 estamos pautando a educação no campo nos fóruns e conferências. Já conseguimos vitórias como a aprovação do marco regulatório para a educação no campo, formação de professores e livros didáticos voltados para a realidade dos que vivem e estudam nas zonas rurais. Este ano estamos com novas propostas para o fortalecimento dessa área de educação em Pernambuco”.

Dentro da pauta da conferência estadual estiveram a votação das propostas que subsidiarão o Plano Nacional de Educação (PNE),e a eleição dos delegados e delegadas que seguirão para a Conferência Nacional de Educação – Conae 2014, que acontecerá em Brasília- DF.


Fonte: SEE

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.